Bateria Psicomotora (adaptada) de Vítor da Fonseca Nome:__________________________________________________ _ Sexo:______ Idade: ______ Data da Observação:_____/_____

/_____ Obs. TONICIDADE Extensibilidade dos membros superiores Passividade dos membros superiores EQUILIBRIO Imobilidade Marcha controlada NOÇÃO DE CORPO Reconhecimento DireitaEsquerda Auto-imagem Desenho do Corpo ESTRUTURAÇÃO ESPACIAL Organização Estruturação Dinâmica Representação Topográfica PRAXIA GLOBAL Coordenação óculo-manual 1/2/3/ 4

Coordenação óculo-pedal PRAXIA FINA Coordenação Dinâmica Manual Velocidade e precisão .

bloqueios e resistências moderadas. reequilibrações abruptas e instabilidade gravitacional significativa 2. provocando ligeiras oscilações. com alguns sinais de esforço reconhecíveis 4. com sinais claros de hipertonia ou hipotonia 2. sem sinais de esforço relevantes Passividade dos membros superiores : capacidade de relaxação voluntária dos membros perante mobilizações induzidas exogenamente 1. com raras manifestações emocionais 4.Boa flexibilidade ligamentar e boa extensibilidade muscular. gesticulações 2. instabilidade. facilidade de auto-relaxação e auto-descontração.COTAÇÃO TONICIDADE Extensibilidade dos membros superiores: grau de mobilização e amplitude de uma dada articulação 1.Descontracção muscular e ligeira insensibilidade no peso dos membros.Acusa resistência e rigidez na mobilização dos segmentos. com sinais frequentes de esforço.Movimentos passivos e de regular pendularidade. sinais de distonia e movimentos coreiforme e atetiformes 3.Mantem-se imóvel entre 15 a 25 segundos.Revela sinais óbvios de resistência muscular ou laxidão.Mantêm-se imóvel menos de 15 segundos com sinais disfuncionais bem marcados. agitação. sem manifestações emocionais EQUILIBRIO Imobilidade: capacidade de inibir voluntariamente todo e qualquer movimento durante um determinado espaço de tempo 1. com insegurança gravitacional .Incapacidade de descontracção.Revela alguma resistência na mobilização e rigidez muscular. Sinais distónicos evidentes 3.Total insensibilidade ao peso dos membros e dificuldade óbvia de descontracção e manifestações emocionais exageradas. revelando sinais disfuncionais vestibulares e cerebelosos óbvios.

evidenciando controlo postural perfeito e com segurança gravitacional Marcha controlada: orientação controlada do corpo em situações de deslocamentos no espaço 1.Evidencia dificuldades visuo-táctilo-quinestésicas. 0 ou 1 acertos 2Apresenta dificuldades. revelando ligeiros movimentos faciais.Mantem-se imóvel 35 a 45 segundos. realização económica e melódica.Demarcada hesitação e confusão na identificação e localização das partes do seu corpo.Necessita de pausas frequentes. desintegração somatognósica. ou realiza de forma incompleta e imperfeita.Correcta consciencialização corporal. oscilações. NOÇÃO DE CORPO Reconhecimento Direita-Esquerda 1.Não realiza a tarefa.Marcha controlada com ocasionais e ligeiras reequilibrações. movimentos involuntários 3. evidenciando reequilibrações exageradas e sinais de insegurança gravitacional. tremores. revelando hesitação e confusão na localização consciencializada das partes do seu corpo 3. evidenciado movimentos dismétricos e hipercontrolados com sinais discrepantes em termos de .Apresenta significativos desvios com movimentos dismétricos.3. evidenciando ligeiras hesitações e confusão.Marcha controlada com perfeito controlo dinâmico. confusão cinestésica geral. demonstrando claros sinais disfuncionais somatognósicos.Boa consciencialização corporal e noção das partes do corpo (do seu e do outro). rigidez. 2.Mantem-se imóvel entre 25 a 35 segundos. Boa noção das partes do corpo em actividades que envolvem localização contralateral e reversível Auto-imagem 1. 4. com sinais disfuncionais óbvios. sem apresentar qualquer desvio. 2. 4. 4. tiques. sem qualquer reequilibração compensatória. com realização adequada e controlada. com ligeiros sinais difusos.

dificuldades gnósicas e práxicas significativas 2. adequada reprodução ordenada e sequencial . com preciso cálculo vusuoespacial e concomitante ajustamento inicial e final das passadas Estruturação Dinâmica: compreende a capacidade de memorização sequencial visual de estruturas espaciais 1.Não realiza. com pobreza de pormenores anatómicos 3.Movimento adequado e controlado. organizado. praticamente irreconhecível.Evidencia ligeiro descontrolo final das passadas. rico em pormenores anatómicos e com disposição espacial correcta ESTRUTURAÇÃO ESPACIAL Organização: capacidade espacial concreta de calcular as distâncias e os ajustamentos dos planos motores necessários para os percorrer 1. sinais de desorientação espacial e dismetria 3.Movimentos precisos. garatujas 2. de planificação visuoespacial e de ajustamento espacial e direccional da tarefa 2. melódicos e eumétricos.Realiza 1 ou 2.localização. desenho desintegrado e fragmentado.Desenho completo. 2 ou 3 acertos 4. simétrico. com distorções mínimas 4. má sequencialização visuoespacial. Adequada análise visual. sem vestígios de organização gráfica. revela dificuldades de memória a curto termo. 1 ou 2 acertos 3.Revela hesitação e confusão na contagem e no cálculo.Desenho exageradamente pequeno/grande. sem apresentar manifestações emocionais ou outros sinais disfuncionais. pouco organizado em formas e proporções.Realiza 4 ou 5. fraca sequencialização visuoespacial 3. pré-geometrizado. adequada memória de curto termo. Fraca análise visual. demonstrando boa integração proprioceptiva.Realiza a tarefa com controlo. com pormenores faciais e das extremidades. proporcional.Realiza 3. Revela nítidas dificuldades de memória a curto termo.Nítidos problemas de verbalização da acção.Desenho graficamente perfeio. geometrizado. mantendo adequado controlo e correcta contagem do número de passos 4. 4 acertos Desenho do Corpo 1.

PRAXIA GLOBAL Coordenação óculo-manual: compreende a capacidade de coordenar movimentos manuais com referências perceptivovisuais 1. sincinesias. interrupções e desorientação espaciais 4. distonias e discromias óbvias.O paciente revela-se incapaz de realizar a trajectória. revela frequentes dispraxias. desorientação espacial 2. capacidade de interiorização e realização de uma trajectória espacial 1.Realiza a trajectória adequadamente. 3. Perfeito planeamento motor e preciso autocontrolo com melodia cinética e eumetria Coordenação óculo-pedal: compreende a capacidade de coordenar movimentos pedais com referências perceptivo-visuais 1.Realiza a trajectória com frequentes hesitações.4. interrupções.Acerta três ou quatro lançamentos. distonias e discromias óbvias. Boa análise visual. sincinesias. discromias e outros sinais disfuncionais significativos. reequilibrações.Não acerta nenhum lançamento.Acerta um lançamento.Não acerta nenhum lançamento. revela frequentes dispraxias. distonias. com algumas hesitações. dispraxias. manifestando evidentes sinais de desorientação e manifestações emocionais 2. desorientação espacial 2. Revela adequado planeamento motor . boa reprodução ordenada e sequencial Representação Topográfica: capacidade espacial semiótica.Acerta dois lançamentos. distonias.Acerta um lançamento. perfeita interiorização espacial. desproporções espaciais e direcionais 3. disquinésias. desorientações angulares.Boa orientação. reequilibrações. dispraxias. realiza a trajectória sem manifestar qualquer hesitação ou desorientação espacial. 3. disquinésias. discromias e outros sinais disfuncionais significativos. sem sinais disfuncionais 4. Revela adequado planeamento motor e adequado controlo visuomotor.Acerta dois lançamentos. Realiza 6. boa memória de curto termo.

perfeito planeamento motor e preciso autocontrolo com melodia cinestésica .Acerta três ou quatro lançamentos. sinais disfuncionais óbvios 2.Compõe e decompõe a pulseira em mais de 6 minutos/não realiza a tarefa. dismetrias.Não realiza ou realiza menos de 15 pontos e menos de 10 cruzes. bem como desatenção e hesitação lateral 3. deficiente preensão. preciso autocontrolo visuomotor.Compõe e decompõe a pulseira em menos de 2 minutos. tremores. englobando a dextralidade bimanual e a agilidade digital 1. eumetria digital Velocidade e precisão: compreende tarefas de coordenação práxica que envolvem a preferência manual e a coordenação visuográfica 1. Perfeito planeamento motor e preciso autocontrolo com melodia cinética e eumetria PRAXIA FINA Coordenação Dinâmica Manual: compreende a coordenação fina das mãos e dedos.Compõe e decompõe a pulseira entre e 2 3 minutos.Realiza entre 30 a 50 pontos e 15 a 20 cruzes. sem sinais disfuncionais 4. dismetrias e descontrolo tónico-emocional 3. revela dispraxias. revela perfeito planeamento micromotor. distorções perceptivas e dispraxia óbvia 2.Realiza entre 20 a 30 pontos e 10 a 15 cruzes.Compõe e decompõe a pulseira entre 3 e 5 minutos. distonias e dissincronias.e adequado controlo visuomotor. revela adequado planeamento motor e ligeiras hesitações na sequencialização da tarefa 4. adequado planeamento micromotor e adequado autocontrolo visuomotor 4. rigidez.Realiza mais de 50 pontos e mais de 20 cruzes. revela distonias.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful