Você está na página 1de 2

Leia o texto e faa o que se pede.

Bom conselho Oua um bom conselho Que eu lhe dou de graa Intil dormir que a dor no passa Espere sentado Ou voc se cansa Est provado, quem espera nunca alcana Venha, meu amigo Deixe esse regao Brinque com meu fogo Venha se queimar Faa como eu digo Faa como eu fao Aja duas vezes antes de pensar Corro atrs do tempo Vim de no sei onde Devagar que no se vai longe Eu semeio o vento Na minha cidade Vou pra rua e bebo a tempestade (BUARQUE, 2011). a) Identifique, no texto, os seguintes elementos da comunicao: Os elementos da comunicao Os elementos da comunicao so: Emissor ou destinador: algum que emite a mensagem. Pode ser uma pessoa, um grupo, uma empresa, uma instituio.

Receptor ou destinatrio: a quem se destina a mensagem. Pode ser uma pessoa, um grupo ou mesmo um animal, como um co, por exemplo. Cdigo: a maneira pela qual a mensagem se organiza. O cdigo formado por um conjunto de sinais, organizados de acordo com determinadas regras, em que cada um dos elementos tem significado em relao com os demais. Pode ser a lngua, oral ou escrita, gestos, cdigo Morse, sons etc. O cdigo deve ser de conhecimento de ambos os envolvidos: emissor e destinatrio.

Emissor: O emissor o prprio autor Receptor: os receptores so os leitores Cdigo: O cdigo usado foi palavra escrita, ou seja, letras. b) Responda: qual a funo da linguagem predominante no texto?

Em vrios momentos do texto acima, o emissor dirigiu-se diretamente ao destinatrio, procurando influenciar sua maneira de ser e agir. Prova disso so os imperativos oua, espere, venha, deixe, brinque, faa, aja. Nesses momentos prevalece a funo conativa ou apelativa.

. Funo conativa ou apelativa: O objetivo de influenciar, convencer o receptor de alguma coisa por meio de uma ordem, pedido ou conselho, ou seja, influenciar o destinatrio a um comportamento especfico.