Você está na página 1de 2

História 54

COMO É BOM ORAR

Ciclo: Primário (7/ 10 Anos)

Tema: Valor e eficácia da Prece.

Plano de aula:Unidade Prece

Objetivos: Informativos Mostrar a necessidade de


orar todas as horas, em todas as ocasiões, pois através, da
oração deus nos auxilia sempre.

Informativos Leva-los a entender a eficácia da prece


e o seu raio de ação.

Atividades iniciais:

Introdução: Prece.

Incentivo: "Técnica do cochicho" levantar a pergunta:


O que mais importa, ORAR BEM ou ORAR MUITO?

Atividade de desenvolvimento Contar estória.

COMO É BOM ORAR

Júlio e Lúcia moravam em uma bela casinha, perto de um


bosque todo verde, que acabava numa praia de um mar azul e
cheio de lindos peixes. Nessa praia e nesse bosque eles se
divertiam a valer

Eles adoravam correr entre as árvores que perto da casa era


um lindo jardim com flores multicores. Havia também uma variedade
muito grande de plantas frutíferas Eram mangas, laranjas
Jabuticabas, e tinha até, duas frondosas jaqueiras. A mamãe sabia
fazer doce da jaca, o que era uma delicia. Como era bom correr
pelas campinas orvalhadas e colher as frutas do pomar.

E no mar e nas praias, era uma delicia nos dias de calor.


Brincar na areia mergulhar nas ondas, sempre tão convidativas.

As vezes ficavam observando o salto dos peixes virando


cambalhotas no ar.

Aconteceu que há um mês eles não conseguiram sair, pois os seus pais tinham ido viajar e as
crianças tinham ficado com a vovó que era velhinha, e não agüentava andar muito.

Lúcia ficava muito zangada por não sair mas Júlio


gostava de ficar na janela admirando e sonhando com o dia
de poder sair e passear novamente.

Vovó Ana, muito velhinha e paciente, ensinou aos


meninos que em vez de ficarem aborrecidos por não
saírem, deveriam orar e pedir ao bom Deus que ajudasse ao papai, resolver logo os negócios para
poder voltar mais rápido.

Os dois atenderam os ensinamentos da vovó. Oraram pela manhã pedindo proteção para o
papai, a mamãe, a avózinha tão amiga. À noite, agradeciam o dia calmo e bonito e pediam para que
os pais voltasse logo.Com isso eles foram ficando mais alegres e passavam horas e horas
combinando como seriam os passeios com papai.

Numa manhã azul, bateram a porta e as crianças correram


para atender. Que alegria! Papai e Mamãe! Todos se abraçaram e
foram para a sala. Sentaram-se pertinho uns dos outros e Papai
falou assim: Sabem o que fomos fazer na cidade?

Fomos conversar com o dono da casa em que moramos. Ela


não é nossa?(perguntou Lúcia)

Não filha, é alugada, mas a partir deste mês será nossa se


Deus quiser.

Engraçado mamãe (falou o papai para a vovó) é que ele não


queria nos vender a casa de maneira nenhuma, mas depois foi
ponderando, fomos conversando e ele aceitou uma oferta.

Vovó virou para as crianças, piscou o olho e falou assim:


Viram como foi bom orarmos juntos?

A casa que eles tanto adoravam seria agora deles para toda a vida e eles poderiam passear e
correr a qualquer hora. Poderiam visitar o pomar, ir a praia admirar o jardim e as flores. Como Deus é
bom. COMO É BOM ORAR!

Avaliação: Pedir a cada uma das crianças para fazer


uma prece no caderno.

Cantar ou Recitar:

Oração da Criança

Eu quero meu Deus ser sempre

Criança em meu viver

Ser sempre pura

Em meu proceder

Eu quero ser boa e casta

Ser dentro da treva luz

Ajude-me Senhor eu quero

Ser como o menino Jesus.

FIM