P. 1
A SÍNDROME DE ALIENAÇÃO PARENTAL E O PODER JUDICIÁRIO

A SÍNDROME DE ALIENAÇÃO PARENTAL E O PODER JUDICIÁRIO

|Views: 18.885|Likes:
Publicado porRicardo

More info:

Categories:Types, Research, Law
Published by: Ricardo on Jul 13, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/11/2014

pdf

text

original

1

UNIVERSIDADE PAULISTA – UNIP
CURSO DE GRADUAÇÃO DE DIREITO

IGOR NAZAROVICZ XAXÁ

A SÍNDROME DE ALIENAÇÃO PARENTAL E O
PODER JUDICIÁRIO

Brasília
2008

2

IGOR NAZAROVICZ XAXÁ

A SÍNDROME DE ALIENAÇÃO PARENTAL E O
PODER JUDICIÁRIO

Trabalho de Conclusão de Curso
apresentado à Universidade Paulista –
UNIP, como exigência parcial para a
obtenção do título de Bacharel em
Direito.

Brasília
2008

3

IGOR NAZAROVICZ XAXÁ

A SÍNDROME DE ALIENAÇÃO PARENTAL E O
PODER JUDICIÁRIO

Trabalho de Conclusão de Curso
apresentado à Universidade Paulista –
UNIP, como exigência parcial para a
obtenção do título de Bacharel em
Direito.

Aprovado em ____/____/____.

___________________________________________
Orientador:

___________________________________________
Examinador 1:

__________________________________________
Examinador 2:

Brasília
2008

4

Dedico este trabalho à minha filha Anna
Júlia, meus Pais que sempre
acreditaram em mim, a minha mulher
Karla que sempre me incentivou e à
querida Vó, que nunca duvidou desse
momento.

5

Agradeço aos meus Pais, minha mulher
Karla e a minha filha Anna Júlia pelas
ausências em muitas horas e pela
compreensão da importância deste
momento. Agradeço, também, a Dra.
Renata M. P. Pinheiro pelo incentivo
após ler e corrigir os textos iniciais
deste trabalho. Ao Dr. Alexandre Tadeu
M. Silva pela tradução do inglês do
conceito técnico da SAP, ao Dr. Sérgio
Domingos pela presteza e paciência a
mim dispensado durante minhas
pesquisas, ao Dr. Alexandre B. Nunes e
a Dra. Alexandra Ullmann pelas dicas e
correções deste trabalho, muito
obrigado.

6

Não fique triste quando ninguém notar o
que fez de bom. Afinal, o sol faz um
enorme espetáculo ao nascer e, mesmo
assim, a maioria de nós continua
dormindo.

Charles Chaplin (1889 – 1977).

7

RESUMO

O presente trabalho faz uma análise acerca dos efeitos causados pela Síndrome
de Alienação Parental (diagnosticada e estudada pelo psiquiatra norte-americano
Richard Gardner) nas decisões exaradas pelo poder judiciário brasileiro. Trazendo
seu conceito, sua identificação, suas conseqüências e sua diferenciação de
Alienação Parental. Expõe a enorme resistência por parte dos operadores do
direito quanto ao seu reconhecimento e gravidade, ressalta a importância de sua
tipificação no ordenamento jurídico. Mostrando, também, a evolução da Família,
seus limites e definição moderna.

Palavras-Chave: Síndrome de Alienação Parental. Alienação Parental. Richard
Gardner. SAP. Tipificação.

8

ABSTRACT

Ce travail est une analyze sur les effets causés par le syndrome d'aliénation
parentale (diagnostic et études de la psychiatre américain Richard Gardner) dans
les décisions proferu par le Pouvoir Judiciaire brésilien. Apporter son concept, son
identification, ses conséquences et de sa différenciation d'aliénation parentale. Il
expose l'énorme résistance de la part des opérateurs du Droit concernant la
reconnaissance et sa gravité, souligne l'importance de la saisie dans leur système
juridique. Liste trop, l'évolution de la famille, de ses limites et sa nouvelle définition.

Mots-clés: syndrome d'aliénation parentale. L'aliénation parentale. Richard
Gardner. SAP. Le classement.

9

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO........................................................................................................... 10
01. A SÍNDROME DE ALIENAÇÃO PARENTAL E O PODER JUDICIÁRIO............. 11
1.1 EVOLUÇÃO DE FAMÍLIA.......................................................................... 11
1.2 CONCEITO DE FAMÍLIA................................................................ 14
02. CONCEITO DE SAP............................................................................................. 17
1.2 DIFERENÇA ENTRE SAP E ALIENAÇÃO PARENTAL............................ 19
03. COMO IDENTIFICAR A SAP............................................................................... 20
04. NO CAMPO DE BATALHA................................................................................... 24
4.1 CONSELHO TUTELAR............................................................................. 29
4.1.2 CONSELHEIRO .......................................................................... 31
4.2 MEDIAÇÃO, FUNCIONA?......................................................................... 31
4.2.1 EXISTE DIFERENÇA ENTRE MEDIAÇÃO E CONCILIAÇÃO.... 32
4.3 O PAPEL DO ADVOGADO....................................................................... 35
4.3.1 CONSELHOS AOS ADVOGADOS.............................................. 36
4.4 CASOS CONCRETOS.............................................................................. 37
05. DECISÕES ENVOLVENDO SAP.......................................................................... 45
5.1 PESQUISA REALIZADA NOS TRIBUNAIS BRASILEIROS..................... 53
06. A IMPORTANCIA DA TIPIFICAÇÃO ................................................................... 54
07. ANTEPROJETO DA ALIENAÇÃO PARENTAL ................................................... 56
07.1 TEXTO DA PREPOSIÇÃO ......................................................................57
07.2 JUSTIFICAÇÃO ............................................................................59
08. OS MOVIMENTOS............................................................................................... 61
8.1 PAIS POR JUSTIÇA.................................................................................. 61
8.2 APASE....................................................................................................... 63
8.3 PAI LEGAL................................................................................................. 64
8.4 SOS – PAPAI E MAMÃE........................................................................... 65
09. DEPOIMENTOS.................................................................................................... 66
10. CONSIDERAÇÕES FINAIS.................................................................................. 71
11. REFÊRENCIAS..................................................................................................... 76

10

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->