UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA POLITÉCNICA DEPARTAMENTO DE CIENCIA E TECNOLOGIA DOS MATERIAS - DCTM

RESOLUÇÃO DOS EXERCÍCIOS PROPOSTOS

ÁRTANO SILVA DOS SANTOS – APOIO TÉCNICO FRANCISCO DE ASSIS BISPO - MONITOR

Exercícios resolvidos e discutidos do caderno prático de Materiais de Construção II de autoria do professor Adailton Oliveira, cujo principal objetivo é auxiliar os estudantes a compreensão d Matéria. Este arquivo estar disponível em www.ebah.com.br, nome do arquivo: Resolução dos de exercícios propostos – Materiais II, perfil de Ártano Santos.

Bons Estudos!

Salvador Agosto– 2010

RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO

ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO

RESOLUÇÃO 2.2 – EXECÍCIOS – pag 24
Determinar a curva granulométrica, o módulo de finura e a dimensão máxima característica de uma mistura de 52 kg do agregado A, 91,8 kg do agregado B e 60 kg do agregado C, cujas granulometrias e características físicas são apresentadas nas tabelas. Pede-se também o volume ocupado por cada um dos materiais após a secagem. DADOS: 52 Kg do Agregado A; 91,8 Kg do Agregado B; 60 Kg do Agregado C. 1º Passo: Corrigir a Umidade Sabe-se que os agregados encontram-se úmidos, portanto é necessário seca-los, e só após isso realizar a mistura: Demonstração: h=
mh  ms h ms  h => Mh = Ms x ( 1+ ), x100 => mh – ms = ms 100 100 h mh mas, Ch = ( 1+ ), Assim obtemos: Ch = , 100 ms mh ch

Adaptamos a fórmula temos: Mh =Ch x ms, ou Ms = Agregado A: mh 52 Ms = = = 50 Kg ch 1,04 Agregado B: mh 91,8 Ms = = = 90 Kg 1,02 ch

Agregado C: mh Ms= = O agregado C estar isento de umidade, portanto Seco. => Ms = 60 Kg ch Fazendo o somatório dos agregados tem-se: Massa total = 200 Kg. 2º Passo: Calcular o percentual de cada agregado na mistura
Agregado Ag. A Ag. B Ag. C TOTAL Massa (Kg) 50 90 60 200 % 25 45 30 100

Tudo que é abstrato não é CONCRETO

2

RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO

ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO

3º Passo: Identificar as peneiras da série normal e da serie intermediária Para gravar fácil, sabe-se que as peneiras normativas da Série de Taylor, obedecem essa série, sendo assim basta multiplicar por 2 e aproximar (quando necessário), com a exceção das peneiras e 63 mm (Normais). Vejam:
NORMAL 75 37,5 19 INTERMEDIÁRIA 63 50 31,5 9,5 4,75 2,36 25 12,5 6,3 1,18 600µm 300µm 150µm 75 µm - - -----

4º Preencher as Lacunas que se pede: Para Calcular o Percentual Individual de cada agregado, basta: Na Tabela 1, pegar a massa total (dada) e com a massa retida na peneira que deseja se o %ret., calcular o seu percentual, ex.: Agregado C Massa total: 20.000 Kg; massa retida na peneira 37,5 = 2.400 Kg (2.400 x100) % ret 37,5 = = 12 % 20.000

% Ret. Acumulado Individual
Basta Acumular cada agregado, ex: Ag. A: 2+8 =10; 10+45 = 55; 55+ 30 = 85; 85+10 = 95 e assim por diante.

% na Mistura
Com os percentuais de cada agregado (A = 25%; B = 45 %; C=30 %) multiplica poelo % ret. Acumulado do agregado correspondente, ex.: %na mistura Ag.A 2,36mm= 0,25 x 2 = 0,5%, assim por diante

% Ret. Acumulado
Basta aproximar para o % na mistura para um inteiro exemplo: Ag. A Ag. B Ag. C % ret. Acum Peneira 12,5 mm 0,5 31,95 30 --Aproximando Ag. A Ag. B Ag. C % ret. Acum
Peneira 12,5 mm 1 32 30 63

5º Passo: Com as Lacunas Preenchidas, calcula-se o Mod. Finura e a D. máxima para cada Agregado. Módulo de Finura: Soma dos % ret. Acumulados, nas peneiras da série normal dividido por 100. Agregado A Mod. Finura =
 %ret.acum 247 = =2,47 100 100

Tudo que é abstrato não é CONCRETO

3

---.5 50 ---.. 0 4 7 20 23 26 35 42 52 62 71 87 95 99 ------- Tudo que é abstrato não é CONCRETO 4 ..---. Ag. Ag....3 0 0 25.3 44. Ag.3 Normal 4.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO Agregado B Mod. 50 Normal 37. 6.5 Intermed.6 30 2 23 0 2 71 100 0.acum 513 = =5. 25 Normal 19 Intermed.5 Normal 9.6 0 0 10 0 0 22 0 0 6..50 mm RESULTADO PENEIRA Condição mm Intermed..---.2. Acumulada % a mistura Ag..3 0 6.18 Normal 600 Normal 300 Normal 150 MOD.------.. Ag.acum 782 = =7. 2.9 0 15 7 0 15 93.75 0 48 100 0 21.13 7.36 mm Agregado B. Agregado A.6 29.---.8 30 30 3 0 85 98 100 21. Finura =  %ret.8 42.2..1 30 10 2 0 95 100 100 23. Ag.75 Normal 2.. Ag.---% ret..---. Finura = Agregado C Mod.8 45 30 ---. 31..36 Normal 1.82 ---. Ag.5 Intermed..12.5 Intermed. 12.75 28 0 13 5 0 28 98.5 mm Agregado C. A B C A B C A B C 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 12 0 0 12 0 0 3..---. Ag.. Acum.47 5.82 100 100  %ret.1 0 0 10 0 0 77 0 0 23. FINURA Dmáxima Fornecido % Retida % ret..7 30 45 9 0 55 95 100 13.25 0 0 86.6 0 0 45 0 0 67 0 0 20.5 32 30 8 15 0 10 86 100 2..5 0 20 1.13 100 100 Dimensão máxima característica: Corresponde ao número da peneira que fica retida 5% ou imediatamente inferior de agregado.36 12.5 38.3 0 12..1 0 0 9.

Representar graficamente a composição granulométrica da mistura e dos limites especificados. sabendo-se que a jazida da areia A está mais afastada da obra. Pede-se determinar a mistura mais econômica entre as areias A e B de modo a atender a exigência. de uma areia cuja granulometria obedeça às especificações da zona ótima. Tudo que é abstrato não é CONCRETO 5 . na obra.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO 5º Passo: Traçar a Curva Granulométrica Exercício 2 – pag. 26 2) Necessita-se.

RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO 1º) Marcar todas as peneiras que o exercido fornece: Tudo que é abstrato não é CONCRETO 6 .

Então a semi-reta será destacada (em vermelho) de 0 a 6. Ag. Acumulado do Agregado A e do B e fortalecer a semi-reta.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO 2º) Ligar por semi-retas as mesmas peneiras referente ao Agregado A e o B. Exemplo na peneira de 4. A e B=6%. e assim por diante. Tudo que é abstrato não é CONCRETO 7 .75. 3º) Após lançar as semi-retas. olhar para o % ret.

2º Reta da esquerda para direita parar no ultimo começo da reta destacada. Tudo que é abstrato não é CONCRETO 8 .RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO 4º) Marcar um reta paralela ao eixo Y: 1º Reta da direita para esquerda parar no ultimo começo da reta destacada.

RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO Tudo que é abstrato não é CONCRETO 9 .

RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO 5º) A Curva Granulometrica Tudo que é abstrato não é CONCRETO 10 .

43 5) Quantas toneladas de brita cabem num silo com as seguintes dimensões: Base = 2.5 = 5.4 m .0 dm3.5 m x 1.79 l 4) Qual o volume de brita que deve ser pedido no depósito sabendo-se que serão necessárias 8 toneladas dessa brita na obra? O ensaio para determinação da massa unitária em estado solto apresentou os seguintes valores: Massa do recipiente = 9.2%? Ch = 90 mh => Ms = = 87.5 m.5 x 1.85 kg/dm3? X=2.62 ρ= => M = 2. µ = = = 1..65 2.42 kg/dm3 Resolução: Volume do Silo = 2.85 = 1.50 kg/dm3 e massa unitária é 0.25 m³ M = 1.43 Kg/dm³ V 20 8. Altura = 1.62 kg/dm3? M M 21. contido em um recipiente de 15dm3.4 x 1.5-0.5………100 1. é de 8.44 Kg/dm³ V V 15 2) Qual o percentual de vazios de um material cuja massa específica é 2.41 dm³ ~ 5.5 = = 1.0 Kg ou 7.0 => M = 7455.032 ms V água= Mh-Ms = 90 – 87. Massa do recipiente + amostra = 38.65…….21 Kg 1.7 = 28.46 t Tudo que é abstrato não é CONCRETO 11 .62 Kg .5 Kg µ= V= M 28. Sabe-se que a massa unitária da brita é 1.2 – 9.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO 3 – EXERCÍCIOS 1) Qual a massa unitária da areia usada no ensaio em que o volume dos grãos.7 kg.6 m³ 1.2 kg Volume do recipiente = 20.x %Vazios = 66% 3) Qual o volume de água que existe em 90 kg de areia com umidade de 3.000 = 5594.62 x 8.25 = 21. Resolução: Amostra = 38.42x 5250.25 dm3 e sua massa específica é de 2.21 = 2.

.24 kg/dm3  Massa específica = 2....64 – 130 = 6.64 Kg V Vágua = 136.46..64 Kg Tudo que é abstrato não é CONCRETO 12 . x Y ....20 dm³ Vs CI = µh= M => Mh = µh x Vh = 1.51 kg/dm3  I = 28% ------------> μh = 1. se a areia apresenta a seguinte granulométrica: Resolução: Massa = 15+110+248 = 373 g 800 ...... 100% 373 .09 dm³..... Quantos quilos de areia serão necessários.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO 6) Para a execução de um filtro serão necessários 3 kg de areia com grãos maiores que 1.20 = 136. µ= = > Vs = = 86..28 = 110. 1...51 Vs V Vh CI = => Vh = Vs x CI = 86.. sabendo-se que:  I = 0% -----------> μ = 1..... 44 Kg 7) Qual a massa de água necessária para conferir a 130 kg de uma areia seca um inchamento de 28%.. 6 % Y = 6...100 % 3Kg .65 kg/dm3 Resolução: x = 46..24 x 110. 6% 130 Vh M .09 x 1....18 mm......

8 m³ CI = 11) Qual o volume seco de areia trazido por uma caçamba com a capacidade de 8m3.6 = 6.07 x 220 = 213.4 Kg 9) Qual a massa de areia úmida que deve ser colocada numa betoneira para que se obtenha massa correspondente a 300 kg de areia seca? Sabe-se que a umidade da areia é 3. 5 Kg Ms Observação: A massa está seca.0%? (CI e Umidade crítica igual ao exemplo).500 M = > Vs = = 2980.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO 8) Qual a massa de água que está incorporada em 220 kg de areia.6 Kg 1.13 dm³ 1.750 = 387.28 = 3814.26 Ch = 220 Mh Mh =>Ms = = = 1. Vh = 8 m³ 8000 Vh Vs = => Vs = = 6250 dm³ 1. Qual o volume mínimo a adquirir. sabendo-se que a umidade da areia é de 4.13 x 1.50 Kg Tudo que é abstrato não é CONCRETO 13 . Mh = 220Kg No exemplo temos: h (%) 3. (µ=1.5%? (CI e Umidade crítica igual ao exemplo). Ch = Mh => Mh = Ch x Ms = 1.045 x 4500 = 4702.035 x 300 = 310.0 µ (kg/dm³) 1.137. 5 . sabendo que a areia transportada tem a umidade de 5. ou seja umidade = 0%. logo deve-se usar a massa unitária seca.750 Kg Mh = Ms x Ch = 7750 x 1.24 x 6250 = 7. Mh => Mh = Ch x Ms =1.500 kg de areia seca para preparação do concreto.50 Kg Ms 10) No cálculo de consumo de materiais.23 CI 1. considerando-se a mesma no ponto de umidade crítica? (CI e Umidade crítica igual ao exemplo). achamos que seriam necessários 4.7.03 Ms Ch Mágua = Mh-Ms = 220 – 213.5%.28 CI Ms = µ x Vs = 1.57 dm³ Vs Vh = 3.51) Ch = µ= 4.137. 5 Kg Mágua = 8.05 = 8.51 V Vh => Vh = Vs x CI= 2980.

15) Uma argamassa deve ser preparada com 27 litros de água no total.000 x 1.51 V Vh CI = => Vh = Vs x CI= 66.5 x 0. considerando-se que a mesma apresenta uma umidade de 3.0% e I = 25%.4 = 0.8 100 M Vs = = 66. Na mistura foram colocados 105 kg de areia com 5% de umidade.05. Mareia = 105 Kg.4 m de altura está cheia de areia seca. 23 dm³ 1. porém umedecida? Condições de ensaio: h = 3. 23 = 6150 Kg Ms = 6150 Mh = = 5970. 9 Kg 1. Vh = 5.03 Ch 13) Qual o volume de areia úmida na umidade crítica ocupado por 100 kg de areia seca ? (CI e Umidade crítica igual ao exemplo). Ms = 100 kg hc=2. 1. Volume da Caixa = 0. 77 dm³ Vs µ= 14) Uma caixa de base quadrada com 0. ou seja um acréscimo de 0. Ms = M h 105 = = 100 Kg . 3 dm³ 1.25 A A altura da caixa teria que saltar para 0.25 x 100 = 125 dm³ Volume da caixa para armazenar a mesma areia.5 x 0.000 = 3.26 Mh = Vh x µ = 5. Qual a quantidade de água a ser medida para manter a umidade prevista da mistura? Vágua =27 l . porém úmida: V 0. Ch =1. Qual o crescimento de altura que deve sofrer a caixa se tiver que armazenar a mesma quantidade de areia.1 m³ = 100 dm³ Vh = CI x Vs = 1.0%? (CI e Umidade crítica igual ao exemplo).5 m 0. 23 x 1. 28 = 84.05 Ch Mágua = Mh-Ms = 105 – 100 => Maágua = 5 Kg Vágua = 27 – 5 => Vágua =22 dm³ Tudo que é abstrato não é CONCRETO 14 .000 dm³ Vs = 5.968.1 m em sua altura.5 m de lado e 0.125 V =A x h => h = = = 0.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO 12) Qual a massa seca de 5m3 de areia.5 m.

27 Ms = Vs x µ = 204...8 % 262.51 = 309..40 Kg Mágua = Mh-Ms = 318..33 Mh ..83 .51 kg/dm3..2%...023 = 119..………….13+a(areia+água)……….100% 30 (água).03 = 318.27 = 52.. Resolução: Traço em Massa >>> 50:150:30 Vs = Vh 260 = = 204. com umidade de 2. 72 x 1.100% a.41 = 4.59 l Mistura (A+B) Mágua = 2. quando empregamos 260 dm3 de areia com 3% de umidade? Considerar a areia com inchamento de 27% e μ=1. e 148 kg da areia B.....…………….83 L V água = 61. responda: a) qual a quantidade de água existente na referida mistura? Areia A Ms = 122/1..59 = 7.41 Kg >>>> Mágua = 148 – 143.9.13 = 9..26 Kg >>> Mágua = 122 – 119.13 Kg Mh = Ms x ch = 309.74 l Areia B Ms = 148/1..... 40 – 309.67% 309..3%.. Qual a quantidade de água a colocar num determinado volume de argamassa. 13 x 1..67 Ms 15 Tudo que é abstrato não é CONCRETO ..…x X = 16..72 dm³ CI 1..33 l b) qual a umidade da mistura? h(%) = 7.67 % x = 61. com estas mesmas características.032 = 143.16.Ms x 100 = x 100 => h = 2. com umidade de 3..74 + 4...26 = 2..RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO 16) Sabe-se que em uma argamassa usaram-se 30 litros de água para 50 kg de cimento e 150 kg de areia seca..27 Kg 180 (areia+água) ………….. 56 Litros 17) Se misturamos 122 kg da areia A.

17 Kg 1.51 = 285.032 x 285. Pergunta-se: (CI e Umidade crítica igual ao exemplo) a) qual a quantidade total de areia seca? b) qual a quantidade total de água contida nas referidas areias? Areia A Vs = 140 = 112.5 x 48.78 dm³ >>>> Ms = 1.03 = 75.12 + 3.12 Litros ∑Mareia= 2585.27 Ms = V x  = 188. Precisamos misturá-la com 120 kg de uma outra areia B com umidade de 4%.48 – 285.17 x 1.84 Kg ∑Mágua = 9.98 x 1.Ms = 294.023 x 170.36 = 294.93 = 13.48 = 455.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO 18) Dispomos no canteiro de obra de 140 dm3 de areia A e 240 dm3 de areia B com características do item anterior.51 = 170.41Kg Mágua = Mh-Ms = 174.48 = = 174.37 Kg 16 Tudo que é abstrato não é CONCRETO .93 Areia B Vs = 240 = 188.48Kg Mágua = Mh .24 Ms = V x  = 112.90 dm³ 1.90 x 1.36 Kg Mh = ch x Ms =1.23 Areia B Mh = 73.48 Kg Mh = ch x Ms =1.41 – 170.1 Litros 19) Temos 60 litros de areia A com uma umidade de 3%.78 = 73.48 = 3.36 + 170.36 = 9. Qual a massa da mistura seca? E sua umidade? Resolução : Areia 60 Vs = = 48.98 dm³ 1.

188.55 Kg h(%) = 195.55 Mh .55 Ms Tudo que é abstrato não é CONCRETO 17 .Ms x 100 = x 100 => h = 3.04 Mistura Ms = 115.38 Kg 1.38 + 73.6 % 188.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO Ms = 120 = 115.17 = 188.37 .

043 Kg 1 a b b2 1 2.749.15: 2.6 Kg. com relação água/cimento igual a 0.5mm e brita 25mm).Vh=CI x Vs = 1.468.043 x 0. Vh=Vs=15.56 = 10. Vh=Vs=31. pois não há o fenômeno do 1.035.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO MEDIÇÃO DE MATERIAL Para resolução das questões.36 = 31.52    x     0.043 x 2.83. temos também Mc = 361 sacos de cimento.696 Vs = = = 26.115.06 dm³ 1. que volume de formas se encherá com o concreto de uma betonada em que se utilizam 3 sacos de cimento? Tudo que é abstrato não é CONCRETO 18 .06 dm³ .20: 1.45 =15.104.20 = 39. utilizar as características físicas dos materiais a seguir indicadas.000 = => Mc = 18.20 1. Resolução: Mc = Vc 55.14 2.52 (cimento.52 = 45.796. 1) Calcular as quantidades de materiais a serem adquiridos para a execução de uma estrutura cujo volume de concreto é 55 m3. O traço do concreto estudado para a obra é: 1: 2.38 dm³  1.38 inchamento.63 2.114.52 Brita 12.468.43 2) Utilizando o traço acima.56.83 dm³. areia grossa.45 Kg Mbrita 2= Mc x b2 = 18.15 = 20.696 Kg Mbrita 1= Mb x b = 18.749.47 = 33.56 c a b b2 3.36 Kg Mágua = Mc x X = 18.08 L Areia M a 39.043 x 2.035.15 2.043 x 1.75 Como cada saco de cimento equivale a 50 Kg. Mareia = Mc x a = 18. Vs = Brita 25 Vs = 45.796.165.27 x 26.5 20.78 2. brita 12.

746. Quais as quantidades.14 2.000 Ms 6) Uma obra solicitou 6m3 de concreto a uma Central.3% 55. Vágua = 50 x 0.000/152. brita 12.52     x ) = 50 x (     0.20 1.846. areia fina.093.5mm e água)? Tudo que é abstrato não é CONCRETO 19 .78 2.56 x 55m³ = 10.54 dm³.746.093.52     x ) = 150 x (     0.56 ) => c a b b2 3. em massa.000 5) Qual o percentual do volume de argamassa (cimento + areia + água) do mesmo? Resolução: Consultando também a questão 1.50 (cimento.63 2.15 2. temos Massa da areia = 15.14 2.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO 1 a b b2 1 2.20 1.78 2.043 Vc = = 5.56 ) = Vc = Mc x ( c a b b2 3.18 x 100) = > Pasta = 28.54 + 5.100 = 30.0: 3. Vareia = = %argamassa = ( 30.000 dm³.63 Argamassa = 15.846.25 = 7 betonadas 4) Qual o percentual do volume de pasta (cimento + água) do concreto acima? Mc = 50 kg Consultando a questão 1 tem-se: Vc = 55.093.63 2.18 = 15. = 456.15 2.72 x100) = 56.8% 55. dos materiais colocadas no caminhão betoneira para atender ao traço de 1: 2.18 + 10.746.54 dm³  2.18 dm³.043 Kg Obtemos: 18. Mc = 18. 39.939.72 dm³.25 dm³ Betonadas = 1.100 dm³ 3.75 Vc = 152.75 Vconc.696 = 15.18 dm³ %pasta = ( 15.14 Pasta = 10.75 dm³ Vc = Mc x ( 3) Quantas betonadas de um saco de cimento seriam necessárias para fabricar 1m3 de concreto? Resolução: 1 a b b2 1 2.100 + 5.5: 0.939.

quais as dimensões das padiolas.14 2.45 x 1.50 ) = 283. E lembrando que em condições de canteiro todo o material apresenta-se com umidade.44 = 57.53 L 7) Para os materiais medidos em volume.5    x    0.5) x 1400 2 2 V  7.63 2.0 3.14 2.28 L Mhb = 7399 x 1.78 dm³ 1.008 = 7458.5 = 7399 kg Mag= 0.45 kg Mb= 2114 x3. cada padiola deverá suportar até 70Kg.19 L Deve-se coriigir aágua de amassamento em função d umidade. VhA=CI x VsA = 1.44 dm³.000 = = 2114 Kg 1 a b b2 1 2. mas para a padiola trapezoidal D = C+15 2 C  C  15 2C  15 Vpad = x 1400 => Vpad= x 1400 => Vpad = (C + 7.50 c a b b2 3.418. pois 70 Kg é o peso máximo a ser carregado por operários da construção civil.63 2. para betonadas de 2 sacos de cimento? Resolução: 1 a b 1 2. portanto temos: Mágua = 1057 – (190. = Mc x ( c a b 3. Mhpad = = 69.50 x 2114= 1057 L Massas umidas Mha = 4228.28 + 59.045 = 209Kg Nº pad = 209 209 200 = 3 padiolas.78 Ma = 2114 x 2 = 4228.5    x ) = 100 x (    0.79 dm³ Vconc.0 3.50 20 Tudo que é abstrato não é CONCRETO .045 = 4. Mspad = = 66.4 Vpad = 2º) Deve-se calcular a Massa a ser transportada.67 Kg 70 3 3 VsA = M sA  = 66.5 Logo: C= 1.19 Kg >>> Mágua = 59.3 x 44.67 => VsA= 44.67 Kg. a serem confeccionadas para o uso do traço acima (questão 6).RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO Resolução: Mc = ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO Vc 6.19) = 807.78 Demonstração: CD x 35 x 40. com seção trapezoidal.73 Kg >>> Mágua = 190. Padiola para Areia MsA = Mc x a = 100 x 2 = 200 Kg MhA = MsA x Ch = 200 x 1.

7 cm 1.8 350 = 5 padiolas.000 = = 76.6 Kg. 1.14 2.921.533.7 cm 8) Fornecer as quantidades de materiais (cimento em sacos. VhB = VsB = 50.78  7. brita 19mm = 36 kg.4 1.72 2.70 Kg Mágua =76.72 dm³.06 Kg 1 a b b2 1 1.53 L Tudo que é abstrato não é CONCRETO 21 .008 = 352.36 = 181.36 .RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO C= V 57.5 = 33.842. Mspad = = 70. b = = 0.8 cm 1.921.543.06 x 1.8 Kg Nº Pad = 352.460. areia fina = 87 kg. X = = 0.72 dm³.06 x 2. Traço: M a 87 36 118 25 a= = = 1. b2= =2. água = 25 l.4 D = C+15 = 48. brita e água em volume) que se deve adquirir para fabricar 200m3 de concreto.5 c a b b2 3. sabendo-se que em cada betonada utilizam-se as seguintes quantidades de materiais nas condições de canteiro: cimento = 1 saco.0 = 50.36    x     0.5 Mc 50 50 50 50 Traço unitário: 1:1.36:0.72 .0 Kg 5 5 70 VsB = M sB  = 70. brita 25mm = 118 kg.38 C= V 50.5 = 38.5 = 28.72  7.74 0.75 Ma = 76. areia.06 x 0.06 x 0.63 2.64 Kg Mb1 = 76.5 =  7.921.921.4 D = C+15 = 43.75 2.74:0.921.5 =  7.8 352.8 cm Padiola para Brita MsB = Mc x b = 100 x 3.4 1.16 Kg Mb2 = 76.72:2.5 = 350 Kg MhB = 350 x 1.74 = 133. pois não há inchamento .74 . Mhpad = = 70.5 Mc = Vc 200.72 = 57.

000 = = 1.72 x 1.96 . Mágua = 3.51 Kg.58 = 2. MsA =52.3 Kg.69 Kg.37    x     0.96 x 1.54 c a b b2 3.50 Vh= 2.41 + 0.54 50 Vc 5.666.47 .266.92 Kg.08 = 102. Areia 85 = 65.75 2.47 2.43 = 118. Mc 50 27 X= = 0. Mágua= 0. Mh = 3.666.37.92 = = 1.58 Kg.8 dm3.266. considerando-se as condições de canteiro.08 = = 1.75 Cimento Mc = Mc = 1.8 x 1.92 =74.62 1 a b b2 1 1.49 1. MhA = 1. Vs= Brita 19 mm Tudo que é abstrato não é CONCRETO 22 .58 . Brita 25 mm VsB= VhB = 83 dm³.266.38 dm³ .3.3 = 2831.08 Kg. Mágua= 0 Água Mágua = 22+4.58 = 147 L Ma=1.666.413. MhB = 1.69 b2= = =2.14 2.69 Kg.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO 9) Que volumes de materiais são necessários para produzir 5m3 de concreto.008 x 73.38 x 1.177.40 =73.177. MsA =65. 1.62 = 3.266. água = 22 dm3.413.37: 0. brita 25mm = 83 dm3.045 = 3. 50 Mc a= Traço >>> 1: 1.62 = 33 sacos Areia 3. brita 19mm = 52. sabendo-se que em cada betonada deste concreto usam-se: cimento = 1 saco.58 x 1.58 Kg. Mh = Ms = 118.03 dm³.41 L VsA = Brita 19 mm VsB= VhB =52.63 2. areia fina = 85 dm3.59 L. Mágua = 4.54 b1 = M b1 73.96 1.47: 2.5 = 98.96: 1.72 dm³.045 x 98. MsB = 83 x 1. Mc 50 M b2 118.8dm³.59 =27 L Determinação do traço: M a 98.

62 = 2449. brita 19 mm e água). Mha=1. considerando: Resolução: a) os agregados secos.59 dm³ 1.469.15: 1.62 = 900 L > > > Mágua = 900 – (147 + 19. Mb19=1.53+1.5 mm.20: 4.6 L Brita 25 mm Ms = Mh = 2.666.62 x 100 = 62 L b) os agregados na condição do canteiro.666.6) = 733 L 10) Dado o traço de concreto 1: 2.48+2.93 x 1.37 x 1.008 = 2.008= 1763.06 dm³.24) => Mágua=50.008 x 280 = 282.54 x 1. VsB12.50: 0. brita 25mm. 11) Para o mesmo traço do item anterior pede-se a quantidade dos materiais em volume considerando-se as condições do canteiro.50:0.62.93 Kg. água) verificou-se que o concreto produzido não correspondia ao volume esperado.93 = 19.749.38 1.93 =1.89 = 2.449. Vs = Mágua= 2.47 x 1.85 x 100 = 185 Kg.5=1.40 Vh = 1. Mb19=2.449.6 dm³ 1.89 Kg. Traço > > 1:2.5= = 134.62 = 3.5 1. Mh= 2.5= = 201.762. Mágua = 62 – (7.59 x 1. VsB12.749. Vs =Vh = 3.60 (cimento.2449.33 dm³.48. areia grossa.949.469.15 x 100 = 215 Kg.008 x 185 = 186. pede-se calcular a quantidade em massa dos materiais (agregados e água) a serem colocados numa betoneira para 2 (dois) sacos de cimento.53 Kg.949. Ma = 2. Mb12. Por um lapso. (cimento. brita 12.16 dm³ 1. o encarregado não levou em consideração a umidade e o inchamento dos materiais.8 x 100=280Kg Mágua = 0.40 12) Na fabricação de um concreto de traço 1: 2.53Kg Ms = 1.53 .666. Mc = 50 Kg.035 x 215= 222. Determine: a) qual o traço realmente utilizado se os materiais foram medidos em massa.20:4.80: 0.24 Kg.75 L Mb12.43 Água Mágua = 0.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO 2. areia fina.85: 2.24 =143.5=1. VsA = 215 185 282.59 dm³ .60 23 Tudo que é abstrato não é CONCRETO .

5x 1.5 x 294.045 620.09 .3 CI MhA = 68. Msb25=Mh=250 Kg.73.9 = 1327.71 Msa= =620. MsB= = 148.5 Kg. Mh=Ms x Ch= 73.49:2.81 250 48. 250 kg de brita 25mm. Mágua = Mh-Ms = 74. MsB=Vs x µ= 52.5)1.05 Kg.045 = 71.78Kg.56 148.9 294. 150kg de brita 19mm. 1.9 13) Qual o traço adotado sabendo-se que os materiais medidos no canteiro foram: • 02 sacos de cimento.035 1.09 L .74 Kg. Msb=Mh= 1327. • 2 padiolas de brita 25mm c= 21 cm e d= 36 cm.56Kg.5 0.000 = 294.12: 1.5)1.60 3.94 L Mc = SECO: 648.94+27.9 294.63 L MsA= Traço: 100 212. Mhb= 4.77 x 1.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO 1. Mágua = 176.70) 294.008 = 74.81Kg.9 = 648.4 = 52.65 Kg.71 Kg.5 = 68.9 Kg 1 2. Magua= 0. Brita 19 mm: Vpad=Vh= Vs= (30+7.77 dm³.20 4.05 Kg.49 14) Calcular o traço de um concreto em que se misturaram: • 01 saco de cimento.44+1. • 24 litros de água.93 = 204.5 dm³.5 = = 45.5: 0. 220 150 = 212.59 L Brita 25 mm: Tudo que é abstrato não é CONCRETO 24 Vh 59.4 = 59.65 x 1. • 1 padiola de areia fina c= 35 cm e d= 50 cm.6 x 249. Resolução: Mc = 50 Kg Areia: Vpad= VhA = (35+7.09 Kg. Mágua= 3.05 149 Traço >>> 1: : : >>> (1. VsA = MsA=45.63 : : : : >>> 100 100 100 100 100 1:2. 40 litros de água. 1.5 dm³. 220kg de areia grossa.78 1327.50    0.5 x 1.14 2.10 : 4.008 Mágua = 40+(7.5 = 0.75 Mha=2.2 x 294.40 = 73.63 2.9 = 176.87 L 1. • 1 padiola de brita 19mm c= 30 cm e d= 45 cm.19) = 48.00: 2.

09+ 0.43 = 114. 2.59 = 27.89 dm³.65 73.4) = 79.24 Kg.47.68 : : : : >>> 50 50 50 50 50 (1.24 27.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO Vh= 2 x Vpad =2 x ((21+7.00: 1. Mh=MsB=Vs x µ= 79.68 L Traço: 50 68.55) Tudo que é abstrato não é CONCRETO 25 . Água Mágua = 24 + 3.28: 0.5)1.89 x 1.37: 1.5 114.

sem revestimento. Pede-se determinar o traço de concreto que atenda às condições previstas.MF = 1. 54 Um reservatório elevado de água potável foi calculado em concreto. 19 e 9. 25.65xSd = 35+1. Fcj = fck + 1. • cobrimento mínimo da armadura – 25 mm.65x4. • menor distância horizontal entre barras de armadura – 35 mm. com resistência característica a compressão de 35 MPa.5 mm • areia .5. Consistência medida através de slump-test: 60 a 80 mm Materiais disponíveis: • brita – 37.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO DOSAGEM DO CONCRETO EXERCICIO – PAG. 31.6 MPa Importante: Tudo que é abstrato não é CONCRETO 26 . Dados do reservatório: • espessura das paredes .5.15 cm. O concreto será lançado através de baldes transportados por grua (guindaste) com adensamento vibratório moderado.0 = 41.80 Sugere-se utilizar o método do ACI adaptado RESOLUÇÃO: 1º) Calcula-se o Fcj.

Temos: MF 1. 1 – Consumo de Cimento 195 a =0.8 Tudo que é abstrato não é CONCRETO 27 . para isso deve-se consultar a Tabela 6 –NBR 12655 (pag.Determinar a massa do agregado miúdo para 1.000 dm³ de concreto.5” 3º) Como a menor distância entre as armaduras = 35 mm e o cobrimento mínimo = 25 mm.184.55 Ma Mb Mc Vc = + + + água = + + + 195= 1.000 a b c 3.795 3 .8 Dmáx (mm) 25 0. µCompactado M = 795 x 1.5 ******Lembrando que sempre deve-se olhar para a curva de 28 dias.5 c 2 . Pronto.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO 2º) Pela curva obtemos a seguinte relação: a/c = 0. para a consistência de 60 a 80 mm tem-se um consumo de água=195 l/m³ de concreto.14 2. Caso seja necessário realizar interpolação.795 m³/m³ de concreto. o mais apropriado é usar uma brita de dimensão máxima = 25 mm. coincidentemente.Determinar a massa do agregado Graúdo.8) tem-se V=0. 5º) Consultando a TABELA 2 e para o areia disponível (Mod. “O concreto a ser dosado deve obedecer aos requisitos em condições especiais de exposição. Condições em que é necessário um concreto de baixa permeabilidade. 390 Ma 1.62 2.55 Kg/m³ 4 .5 => C = = 390 Kg/m³ 0. finura =1. 50). portanto.184. Consultar a Tabela 2 do Caderno Prático (pag. agora com todos os parâmetros definidos pode-se aplicar o ACI adaptado a agregados brasileiros. 52). através da expressão: M = V. Como indicação para a escolha do diâmetro do agregado graúdo deve-se considerar que ele será o máximo: 4º) Consulta-se a TABELA 1 (pag 50).49 = 1.Determinar o volume do agregado graúdo. achamos o a/c = 0.

Finalmente o determinar o traço Unitário. X= = =0.5 Tudo que é abstrato não é CONCRETO 28 .29 Mb 1184.73 .04: 0. b = = = 3.5 Mc Mc 390 Mc 390 390 Traço > > > 1: 1. a= ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO Mágua 195 Ma 675.04 .29 Kg 5 .55 = =1.73: 3.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO Ma = 675.

durante a fase de ajuste..01 =366...52 determinado em laboratório para a estrutura de um edifício em concreto armado.. 57 AJUSTE DE TRAÇO 1) O traço 1:1..... correspondendo respectivamente a h A = 6.87  3..52 x 100 = 1  ( a  b) 1  (1.63:0.34% a = 1.0 %  Novo A% Novo a/c = 57. As umidades de areia e de brita foram medidas..87  3.. Mágua =198. qual o novo traço para atingir a resistência requerida? Justifique sua resposta.63 = 57...96+3.52 M’ = ( x 100) – 1  M’= 4.. Os materiais foram medidos em volume. tendo sido considerada a influência do inchamento no agregado miúdo... 87 = 187 Kg Mb = 100 x 3...96 Kg..59 L  A% = a/c 0.4% e hB = 1..83 (M’)..100% a . 0.63 = 363 Kg Mágua = 0.0 MPa..52 x 100 = 52 L Mhareia = 187 x 1. Resolução: Mc = 100 Kg Ma = 100 x 1..0%.87 (a)......96 – 187 = 11..5 (a+b).100% 1...9 % 1  ( a  b) 1  (1.58 100 Novoa / c 0.96 L Mhbrita = 363 x 1..9  Traço Areia A”%= 5.63 Kg. se encontra a seguir. fck=20..59 = 0.58 x 100 =  A% =8. X X = 34 % 4. observou-se que em cada betonada (2 sacos de cimento) para se atingir a consistência pretendida. com um consumo aproximado de cimento de 350 kg/m3..87:3.... o betoneiro mediu 42 l de água.. consistência medida no ensaio do Slump test de 70 + 10mm..64 29 Tudo que é abstrato não é CONCRETO .RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO – PAG.63 – 363 = 3... Mágua =366.63)  A% =8..63)  Achar a relação materia is seco (M’). Podemos continuar a utilizar o mesmo traço? Caso contrário.064 = 198......83 % 8. Ao virar o concreto na obra.63 L Mágua = 42+11....

.63 2...8 temos Vbrita = 0..52) 3) Qual o traço de concreto a ser adotado para o reservatório da referida obra sabendo-se que o fck é de 25....2 Mc Mc 408..=79..64: 3..078  a= = = 1... Mbrita =770 x 1.. X X= 66% 4.100% 3.64: 0.19: 0..0 MPa.64 .59 = 408....59 408...59) Tudo que é abstrato não é CONCRETO 30 ..6 MPa.00: 1. portanto condições especiais de exposição..79: 2..078 Ma Mb Mc + + + água = + + + 200= 1.. consistência do concreto de 70 ± 10mm? Resolução:   Fcj = 25 + 1.2 kg  Adota-se para a areia o modulo de finura = 1.148 Mb 1.19  TRAÇO UNITÁRIO  (1.66 % b = 3..40 = 1.. b = = =2.770 m³..RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO  Traço da Brita ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO 5.....14Kg Ma 731.2  Vconc = Traço: (1...... (lembrando que o concreto a ser produzido é para reservatório.. a/c = 0..00: 1.0 => Fcj = 31.5 ... X = 0.63(b).65 x 4....100% b..)  Consultando a Tabela 1 (pag5 0) Consumo de água = 200 l/m³  Consumo de Cimento = 200/0.83 (M’) ..078 Kg 408..000 a b c 3..14 2...75 Mareia = 731..59.2 Ma 1.

70 *100 => m=6.97% 1  6.42 nova areia = 6. 1.02 * 0.70) 2. 1.87.42 nova brita9. Faça o ajuste do traço para que ele atenda a consistência requerida.42 6.7 = 35 dm³ Com a adição: Vágua = 35 + 2 = 37 dm³ a/cnovo = 37 = 0.74 *100 = 9. 0.97. 2. 35) Para 1 saco de cimento.0035 (cimento.31 = 1.70: 0. 50 A%novo = 0.74. ao misturar os materiais na betoneira.97: 1.75 = 0.87 % brita25 = nova brita25 = 6. para obter a consistência desejada.00. necessitou-se adicionar 2 litros de água. Tudo que é abstrato não é CONCRETO 31 .5.2 litros de água a mais que o estabelecido para que o concreto atingisse a consistência pretendida. assim como a resistência especificada.97 = 0.70: 1. 1.70. Como ele não tem autorização para modificar o traço.42 1.5 = 6. faça o ajuste necessário para que o concreto a ser preparado pelo Sr.31 6. Afonso atenda à trabalhabilidade e à resistência especificada. mestre da obra. 98. 1. Água = C x A/c = 50 x 0. brita 25.27 6. Afonso. Quando da execução das vigas pré-moldadas das garagens.42 = 2.5.00: 2.O Sr.27 = 1. Resolução: TRAÇO UNITÁRIO: (1. 2.02 * 0.02 1 m % areia = 2.70 = 0.42 9.63.75: 0. que possuem a mesma resistência das demais estrutura de concreto. 87. observou a necessidade de colocar 2.53.02 * 0.00. por betonada de um saco de cimento. brita 9.97 = 0.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO LISTA DE EXERCÍCIOS 1 – Para a execução da estrutura do concreto de uma edificação residencial definiu-se o seguinte traço: 1. areia.5 = 1. água e aditivo).63 Novo traço: (1.53 % brita9. 135.75) TRAÇO MASSA: (50.5. anexas à edificação.

29) Traço unitário: (1.56 ) = 283.63 6. areia = 119 kg.63 = 3. sabendo-se que traço adotado foi de 1.34 = 0.43 nova brita19 = 5.58) Vágua = 29+2=31 dm³ a/cnovo = 31 = 0. 50) Vcon = Mc x ( 100 185 365 1 a b b2    x) = (    0.05 = 0. 4.50: (cimento.58 *100 => m = 5.95 * 0.75.38 * 4 = 1133.43 nova areia = 5.00.52 dm³ Vconc em 8horas = 9.95 * 0. 0. brita 19 = 202.38 = 0. 119. 1.05.00:1.75 Novo traço: (1.37 = 2. 185.14 2.00. 202.5 kg e água = 29 litros.5.65. 2.62 50 A%novo = 0.38 dm³ c a b b2 3.00.20.34 % 1  6. 3.37 6.85.85:3. 3. 0.62 *100 = 8.50) Traço em massa: (100.63 2.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO Traço fornecido: Cimento = 50 kg.16 dm³ Tudo que é abstrato não é CONCRETO 32 . 365. Resolução: Traço em massa: (50.43 8.20 % brita19 = 4.068.65:0.95 1 m % areia = 2.58) 3 – Qual volume de concreto produzido após uma jornada de trabalho de 8 horas. 2. 0. brita19 e água) efetuaram-se 4 misturas por hora em betoneiras com capacidade para 2 sacos de cimento? Resolução: Traço unitário: (1. areia.38.78 Vcon p/hora = 283.

0 = 149.0*3.00. h= 35 cm e bases de 25 cm e 40cm.1.Encontre o traço utilizado numa obra em que para cada saco de cimento de 50 kg se coloca: •3 caixas de areia com L= 40 cm.14 – 176.28 – 323.3  2.05 = 326.67) 5 – Definiu-se para a fundação de uma determinada edificação o traço: 1: 00: 2. Traço em massa: (50. brita 19 . 3.003 (cimento.5) * 3.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO 4.5 = 323. água e aditivo).12 : 2.1 dm³ (volume úmido) 2.8) * 3.04 => Ch = Mh => Mh = 1.40 = 176.52.23 + 7.50 * 117.3) Traço unitário: (1. 323.1 Kg Vs Ch = 1.46.0  2. •5 caixas de brita19 com L= 40 cm.1.5 Vareia = *4. Resolução: (4.40 dm³ 1. h= 35 cm e bases de 28 cm e 43cm.05 = 3. Assim. 33.0 CI = 1.0*5.27 Vs µ= Ms => Ms = 1. houve necessidade de ajustar o traço em função da resistência especificada para o concreto da estrutura ser maior que a utilizada.04 = 33. Concluída a fundação.05:2.04 Kg Vbrita19 = (4. •23 litros de água cm.1 Vh => Vs = = 117.60 : 0.28 Kg Ms Ch = 1.1 = 183.5 *4.1 = 7. areia.0 µ= Ms => Ms = 1. a relação a/c necessária para atender a condição estabelecida é de Tudo que é abstrato não é CONCRETO 33 .0 = 227.27 => CI = 149.05: 0.5 dm³ (Vh = Vs) 2.04 * 176. brita 25.0.01 => Ch = Mágua = Mh – Ms = 326.42 * 227.23 Kg Água utilizada = 23 + 3. 0.05 Kg Vs Mh => Mh = 1. 6.01 * 323.14 Kg Ms Magua = Mh – Ms = 183.27 Litros. 176.

71.60) A% = 0. b9.33 = 1. 1. • teor de argamassa em volume superior a 610 L/m3.34 6.51 Mc 401 401 401 401 -Traço do Construtor Tudo que é abstrato não é CONCRETO 34 .05 = 0. 1.34 = 1.5 = 560 kg.00.22 nova areia = 5.50 *100 => m = 5. 0. Brita 9. 2.66. • areia grossa com módulo de finura superior a 2.33 6. Areia = 633 kg. b19= = 1.06.60 *100 = 8.33 = 1. 1.40.58. X= = 0.05.3%.50.05.50) 6 .31 1  6.66 %brita25 = nova brita25 = 5.12.66. 0.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO 0.33 6.02 1 m 8. Em função do que foi estabelecido faça as considerações pertinentes a respeito do traço fornecido.02 * 0.12 = 0. • consumo mínimo de cimento = 400 kg/m. Faça o ajuste necessário no traço de modo que o concreto permaneça com a mesma trabalhabilidade e garanta a resistência especificada. Quando do início da obra o construtor apresentou o seguinte traço de concreto para aprovação: Cimento = 401 kg. Resolução: Analisando o dados do Construtor temos o seguinte traço: M a 633 560 426 206 a= = = 1.02 * 0.31 = %areia = 2.5 = =1.22 0. • dimensão máxima do agregado de 19 mm.22 2. Resolução: Traço unitário: (1. Água = 206 kg e Aditivo plastificante = 0. 2.10. Brita 19 = 426 kg.A especificação para a construção de uma estação de esgoto estabelece: • Fck = 30 MPa.71 %brita19 = nova brita19 = 5.66 Novo traço: (1.22 2.02 * 0. 2.05 = 0.00.

90 3. brita19 e água) para execução de uma pavimentação de 600 m2 com espessura de 20 cm.5 = Vb19. encontramos na curva de abrams um fcj de 40.Analisando a relação a/c.2/50 = 844.65    x    0. Portanto o construtor foi coerente.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO Mc = Vc 1. Tudo que é abstrato não é CONCRETO 35 .6 MPa.000 dm³ Mc = Vc 1000 = = 351.78 Logo o Consumo que o Construtor apresentou estar em conformidade com o requerido em projeto.fcj = 30 + 1.0 = M s 426 = = 300dm³ µ 1. Resolução: Vconc.51).00: 1.63 2.51 c a b b2 3.63 Portanto o Construtor pecou neste quesito. No decorrer da execução do serviço o encarregado pediu mais 40 sacos de cimento para concluir a obra.76 = 42.65 x 4.211.78 2.211.90:3.1 o volume de agregado graúdo deverá ser menor que 730 dm³.15 2.15 2.13 Kg/m³ 1 a b b2 1 1.2 Kg Quantidade de sacos = 42.Uma obra produzia concreto utilizando o traço 1.65:0. o construtor usou: M s 560 = = 400 dm³ µ 1.78 Mtotal cimento = 120 * 351. ou seja não atendeu as especificação do Volume mínimo de Argamassa.06    x     0.000 = = 432.49: (cimento. areia.40 ∑Vb = 700 dm³ Vb9.Analisando a O teor de argamassa Mc Ma 401 633 Argamassa = + + Vágua = + +206 => Argamassa = 573.Analisando o volume de brita.42 Pela Tabela 2 e modulo de finura maior 2. .58 1.40 1.99 l/m³ c a 3. Se haviam sido comprados 840 sacos.2 ≈ 845 sacos de cimento. . = 60.49 c a b b2 3. apresentado pelo construtor (0. .76 Kg /m³ de concreto 1 a b b2 1 1. 7 .0 MPa.0 dm³ = 120.0 = 36.63 2.14 2.000 dm³ x 2. verifique se o pedido pode ser justificado.. . portanto maior que o necessário.

Tudo que é abstrato não é CONCRETO 36 .95    x     0.60: 1.6 MPa a/c = 0.RESOLUÇÃO DOS EXERCICIOS PROPOSTO ÁRTANO SILVA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS BISPO O pedido não pode ser justificado.95: 0.Portanto a melhor mistura a ser executada.46 c a b b2 3.00: 1.78 2.78 Mistura 3 > > > (1.48 c a b b2 3.48) Mc = Vc 1000 = = 379.95 Kg/m³ 1 a b b2 1 1.15 2.46) Mc = Vc 1000 = = 383. a ser lançado e adensado por processo convencional.00: 1.78 2.15 2. visto que necessitaria de apenas mais 5 sacos.65x4. uma vez que já haviam sido comprado 840 sacos.24: 1. 8 – A partir das misturas experimentais apresentadas. Justifique a escolha da mistura.78 2.0 = 31.30 1.90 1.30: 1.15 2.86    x     0. encontre o traço mais adequado para um concreto de fck = 25 MPa.90: 1.63 2. As britas são compatíveis com as condições de projeto.75: 1. o que apresentou o menor (mais econômico) foi a mistura 2.7: 1.69 Kg/m3 1 a b b2 1 1.6.75 1.3 Kg/m³ 1 a b b2 1 1.55) Mc = Vc 1000 = = 369.86: 0.7    x     0.78 Observando os consumos de cimento. pois o a/c foi menor que 0.7 1.7: 0. Todas as misturas apresentaram o fck acima de projeto.6 Mistura1 > > > (1.24 1.78 Mistura 2 > > > (1.63 2.55 c a b b2 3. Resolução: fcj = 25+ 1.60 1.63 2.00:1.