P. 1
Eletrostática

Eletrostática

|Views: 3.142|Likes:
Publicado poradenilza silva

More info:

Published by: adenilza silva on Jul 15, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/28/2013

pdf

text

original

Apostila de Física

Colégio Estadual Gentil Tavares da Mota Professora Adenilza
PRINCÍPIOS DA ELETROSTÁTICA 1. Princípio da Atração e Repulsão:

3º Ano

Eletrostática
- É a parte da Eletricidade que estuda as propriedades e ações ocorridas entre cargas elétricas em repouso.

Partículas eletrizadas com cargas de sinais iguais se repelem, enquanto as eletrizadas com cargas de sinais opostos se atraem.

Atualmente, sabe-se que os corpos são formados por moléculas e estas por átomos. Os átomos, por sua vez, são compostos pelos Núcleons (Prótons e Nêutrons) e pelos Elétrons. Os Núcleons situam-se no núcleo e os Elétrons na região denominada Eletrosfera. Às partículas que compõem o átomo associa-se uma propriedade física denominada Carga Elétrica.

2.

Principio da Conservação das Cargas Elétricas:

Sistema eletricamente isolado é aquele que não troca cargas com o meio exterior. A soma algébrica das cargas elétricas existentes num sistema eletricamente isolado é constante. Q1 + Q2 = Q’1 + Q’2

OBS: A menor quantidade de carga elétrica encontrada na natureza é a carga do elétron. Esta quantidade de carga, em valor absoluto, é chamada carga elétrica elementar e vale:

Obs.: Se a troca de cargas for por contato e os corpos forem idênticos, a carga final de cada um será a mesma e dada por:

A unidade SI da carga elétrica é o Coulomb (C).
QUANTIDADE DE CARGA ELÉTRICA DE UM CORPO

É importante observa que a carga que o corpo adquire ao se eletrizar não aparece em qualquer quantidade, mas em múltiplos de carga elementar. Então:
Onde: n – números de elétrons em falta ou excesso (n = 1,2,3,...) e – carga elétrica elementar EXERCÍCIO 1) Qual a carga de um corpo que perdeu dois milhões de elétrons?

EXERCÍCIO 1. Três esferas metálicas idênticas, eletricamente neutras, são munidas de hastes verticais isolantes. Eletriza-se a esfera B com carga 16 μC. Faz-se o contato entre as esferas A e B; após realiza-se o contato entre as esferas A e C. Podemos afirmar que distribuição final de carga para a esfera C será: a) 4 μC b) 6 μC c) 8 μC d) μC e) 10 μC 2. Três esferas P, Q e R estão eletrizadas. Sabe-se que P atrai Q e que Q repele R. pode-se afirmar que: a) P e Q estão carregadas positivamente. b) P e R estão carregadas negativamente. c) P repele R. d) Q e R têm cargas de sinais diferentes. e) P e R têm cargas de sinais diferentes. 3. Duas esferas metálicas inicialmente eletrizadas com cargas 10 μC e – 2 μC são postas em contato. Após o equilíbrio eletrostático, as esferas são separadas. Percebe-se que a primeira fica com carga de 5 μC e a outra com 3 μC. É correto afirmar que, a durante o contato, a segunda esfera: a) recebeu 3 μC de prótons b) perdeu 2 μC de elétrons c) perdeu 5 μC de elétrons. d) recebeu 5 μC de prótons. e) perdeu 3 μC de prótons.

2) Um corpo foi eletrizado positivamente com carga elétrica de 5,6 x 10-6 C. Dado: carga do elétron igual a 1,6 x 10- 19 C. Nesse corpo há: a) excesso de 5,6 x 1013 elétrons b) falta de 9 x 1025 elétrons c) excesso de 3,5 x 1025 elétrons d) excesso de 3 x 1013 elétrons e) falta de 3,5 x 1013 elétrons. 3) Determine o número de elétrons que deverá ser fornecido a um condutor metálico, inicialmente neutro, para que fique eletrizado com carga elétrica igual a -1,0 C.

Apostila de Física

Colégio Estadual Gentil Tavares da Mota Professora Adenilza

3º Ano

4. Três corpos, A, B e C, constituem um sistema eletricamente isolado e apresentam, inicialmente, as seguintes quantidades de cargas elétricas: QA = 7,0 C, QB = -3,0 C e QC = -1,0 C. Processam-se, então, duas transferências de cargas: 3,5 C de A para B e 2,0 C de A para C. Determine: a) A quantidade de carga elétrica no sistema antes e depois das transferências; b) As quantidades de carga elétrica de cada corpo após as transferências. 5. Um corpo eletrizado com carga elétrica de -10 μC. Nessas condições, podemos afirmar que: I – ele possui somente cargas negativas II – ele possui aproximadamente, 6x 1013 elétrons em excesso. III – esse corpo certamente cedeu prótons. a) somente a afirmativa I é correta. b) somente a afirmativa II é correta. c) somente a afirmativa III é correta. d) somente as afirmativas I e II são corretas. e) somente as afirmativas II e III são corretas. 6. Uma pequena esfera metálica esta eletrizada com carga de 8,0. 10-8C. Colocando-a em contato com outra idêntica, mas eletricamente neutra, o número de elétrons que passa de uma esfera para outra é: Dado: carga elementar e = 1,6. 10-19C a) 4,0. 1012 b) 4,0. 1011 c) 4,0. 1010 d) 2,5. 1012 e) 2,5. 1011 CONDUTORES E ISOLANTES ELÉTRICOS Um material é dito condutor elétrico quando possui grande quantidade de portadores de carga elétrica facilmente movimentáveis. Caso contrário, ele será um isolante elétrico. PROCESSOS DE ELETRIZAÇÃO Denomina-se eletrização o fenômeno pelo qual um corpo neutro passa a eletrizado. 1. Por atrito de materiais diferentes: 2. Por Contato A eficiência nessa forma de eletrização depende de os corpos serem condutores ou isolantes. Se um dos corpos for isolante, a eletrização será local, isto é, restrita aos pontos de contato. Se os dois corpos forem condutores - um eletrizado e o outro neutro - e colocados em contato, poderemos imaginá-los como um único corpo eletrizado. A separação entre eles resultará em dois corpos eletrizados com cargas de mesmo sinal. Na figura, um dos condutores está inicialmente neutro (a eletrização por contato pode ocorrer também com dois condutores inicialmente eletrizados)

Generalizando, podemos afirmar que, na eletrizacao por contato: os corpos ficam ou eletricamente neutros ou com cargas de mesmo sinal; quando o sistema é formado por corpos isolados das influencias externas, a quantidade de carga elétrica total final é igual a quantidade de carga eletrica total inicial (princıpio da conservaçao de carga elétrica): QA + QB = Q′A + Q′B Na expressão acima, Q representa a quantidade de carga elétrica inicial e Q′, a quantidade de carga elétrica final. Em particular, se os corpos A e B forem iguais: Q′A = Q′B = (QA + QB)/2 Podemos ainda observar que: 1. Se os corpos colocados em contato são de tamanhos diferentes, a divisão de cargas é proporcional as dimensões de cada um; 2. Quando um corpo eletrizado é colocado em contato com a Terra, ele se torna neutro, uma vez que sua dimensão é desprezível se comparada com a da Terra. Simbolicamente, a ligação á Terra é representada conforme a figura.

Ao atritar vigorosamente dois corpos, A e B, estamos fornecendo energia e pode haver transferência de elétrons de um para o outro. Se os corpos atritados estão isolados, ou seja, não sofrem a influência de quaisquer outros corpos, as cargas elétricas cedidas por um são exatamente as adquiridas pelo outro: QA = −QB Isto é, A e B adquirem quantidades de carga elétrica iguais em módulo, mas de sinais contrários. A figura representa o que acontece quando um pedaço de metal é atritado com um pano de lã.

Apostila de Física

Colégio Estadual Gentil Tavares da Mota Professora Adenilza

3º Ano

3. Eletrização por Indução Nesse tipo de eletrização não há contato entre os corpos. Vejamos como acontece.

a) A esfera ficará eletrizada positivamente. b) A esfera não se eletriza, pois foi ligada à terra. c) A esfera sofrerá apenas separação de suas cargas. d) A esfera ficará eletrizada negativamente. e) A esfera não se eletriza, pois não houve contato com o bastião eletrizado. 2. Um bastão é atritado com um pano. A seguir, repele uma esfera eletrizada negativamente. Pode-se afirmar corretamente que o bastão foi eletrizado: a) positivamente, por contato com o pano. b) positivamente, por ter-se aproximado da esfera. c) negativamente, por ter-se aproximado da esfera. d) negativamente, por atrito com o pano. e) neutralizado, ao aproximar-se da esfera 3. Uma esfera metálica, sustentada por uma haste isolante, encontra-se eletrizada com uma pequena carga elétrica Q. Uma segunda esfera idêntica e inicialmente descarregada aproxima-se dela, até tocá-la. Após o contato, a carga elétrica adquirida pela segunda esfera é: a) Q/2 b) Q c) 2Q d) 0 e) –Q 4. Qual das afirmativas abaixo está correta? a) Somente corpos carregados positivamente atraem corpos neutros. b) somente corpos carregados negativamente atraem corpos neutros. c) Um corpo carregado pode repelir ou atrair um corpo neutro. d) Se um corpo A eletrizado positivamente atrai um corpo B, podemos dizer que B está carregado negativamente. e) Um corpo neutro pode ser atraído por um corpo eletrizado. 5. Durante uma aula de física, uma aluna de longos cabelos loiros começa a penteá-los usando pente de plástico. Após passar o pente pelos cabelos ela nota que o pente atrai pequenos pedaços de papel que se encontram sobre sua carteira. Admirada, ela pergunta ao professor qual é a explicação de tal fato. O professor pede ajuda aos demais alunos. Cinco deles deram respostas diferentes, qual acertou a explicação? Aluno A – o pente é um bom condutor elétrico. Aluno B – o papel é um bom condutor elétrico. Aluno C – os pedaços de papel já estavam eletrizados. Aluno D – o pente ficou eletrizado com atrito no cabelo. Aluno E – Entre o pente e o papel ocorre atração gravitacional. 6. Dois corpos A e B de materiais diferentes, inicialmente neutros e isolados de outros corpos, são atritados entre si. Após o atrito, observamos que: a) um fica eletrizado positivamente e o outro neutro. b) um fica eletrizado negativamente e o outro neutro c) ambos ficam eletrizado negativamente. d) ambos ficam eletrizado positivamente e) um fica eletrizado negativamente; e outro positivamente.

Primeiramente, precisamos de um corpo eletrizado (a), chamado de indutor, que pode ser condutor ou isolante, pois não terá contato com o outro. O segundo corpo (b) a ser eletrizado, chamado de induzido, deverá ser condutor, podendo ser uma solução eletrolítica ou dois corpos B1 e B2 ligados eletricamente.

O indutor (a) eletrizado positivamente, atrai as cargas elétricas negativas do induzido (b). Assim, na face do induzido mais próxima do indutor, temos acúmulo de cargas negativas, que não chegam ao indutor porque o ar entre eles é isolante. Por outro lado, a face do induzido mais afastada do indutor fica positiva. A essa altura, podemos nos perguntar se o corpo (b) está eletrizado. Ele não está, pois o número de prótons no corpo continua igual ao número de elétrons. Dizemos que o corpo (b) está induzido, porque houve apenas uma separação das cargas. Quando retiramos o indutor, as cargas no induzido se reagrupam e ele volta à situação neutra. Para eletrizar o induzido, devemos, na presença do indutor, estabelecer o contato do induzido (corpo b) com um terceiro corpo, chamado de terra. Esse terceiro corpo pode ser outro corpo qualquer, até mesmo o planeta Terra.

Na presença do indutor, desfazemos o contato entre b e a Terra; em seguida, afastamos os corpos: o corpo b fica eletrizado com carga oposta a do indutor a. EXERCÍCIO 1. Uma esfera metálica neutra encontra-se sobre um suporte isolante e dela se aproxima um bastão eletrizado positivamente. Mantém-se o bastão próximo a esfera, que estão ligadas a terra por um fio metálico. Em seguida, desliga-se o fio e afasta-se o bastão.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->