Você está na página 1de 1

Actualmente, o desporto de alta competio tomou tais propores que alguns atletas se transformaram em escravos.

Todavia, embora o sacrifcio compense alguns, outros ficam marcados pelo insucesso. A maior parte dos atletas de alta competio, para atingirem o mais alto nvel na sua modalidade suportam condies sobre-humanas, mantendo um tipo de vida rduo na sua infncia e juventude. Assim, um lugar elevado nos campeonatos mundiais ou o pdio olmpico pode implicar dietas rigorosas, treinos intensivos e presso psicolgica dos clubes e treinadores. Veja-se o caso de Cristiano Ronaldo que, com 11 anos, foi afastado da famlia, saiu de uma ilha e foi viver para a academia do Sporting, em Lisboa, onde no conhecia ningum. Sabemos tambm que, em alguns pases onde as medalhas de oiro abundam os atletas so tratados de forma rigorosssima, como o caso do Japo e da China. No entanto, a escravido no sinal de sucesso garantido. Efectivamente, alguns conseguem carreiras brilhantes, mas outros conhecem a amargura da derrota. Refira-se o exemplo de Telma Monteiro, judoca portuguesa, que, nos ltimos Jogos Olmpicos, teve o azar de lhe correr mal o primeiro combate, perdendo o trabalho de muitos anos em minutos. Para alm disso, os atletas, por investirem muito na sua carreira, no estudam nem arranjam uma profisso. Assim, quando j no podem competir no tm como assegurar a sua subsistncia e alguns at vendem as medalhas que ganharam. Recorde-se, neste sentido, a situao da atleta Albertina Dias, medalha de ouro no campeonato mundial de Corta Mato, em 1993, que ps venda a medalha pelas dificuldades que atravessava e, por no ter qualificao profissional, foi trabalhar como empregada de limpeza. Em suma, os atletas da alta competio devem estar preparados psicologicamente para o sucesso ou para insucesso, mas devem tambm preocupar-se com o seu futuro.