Você está na página 1de 3

ONG MORADIA E CIDADANIA

Avenida do Contorno, 8256 – 1º Andar


Santo Agostinho – Belo Horizonte
CEP: 30110-062 – Minas Gerais
Telefone / FAX.: (31) 3217-2704 / 3217-2318
http://www.moradiaecidadania.org.br

Por: Augusto Schwartz

TUTORIAL CLONAGEM HD

Plugar o Hd matriz como slave e o clone (a ser clonado) como mestre.


Reconhecer na BIOS
Bootar System RescueCD

Entende-se que:

sda1 = master
sdb = slave

sda ou hda é o HD que será utilizado para receber a imagem.


sdb ou hdb é o HD ORIGINAL que irá enviar a imagem.

Bootar
sda ou hda sdb ou hdb SystemRescueCD

Sequência de Comandos 1ª Parte:


Após bootar com o SystemRescueCD

fdisk -l (listar dispositivos montados)


Será mostrado os dispositivos que estão montados.

NOTA: Os HDs que foram preparados para o laboratório possuem as partições similares ao que é mostrado a seguir:

Tutorial Clonagem de HD – Ong Moradia e Cidadania 1


Device Boot Start End Blocks Id System
/dev/sdb1 1 787 2850592+ 83 Lynux
/dev/sdb2 5 Extended
/dev/sdb5 82 Lynux Swap / Solaris

mount /dev/sda1 /mnt


(monte /dispositivo/expecífico /pontodemontagem)

Pode acontecer de ser pedido para fornecer o tipo do sistema de arquivos. Bom, eu utilizei o cfdisk que está
dentro das distribuições atuais de LINUX.

Formatei a unidade SDA como PRIMÁRIA e sistema NTFS (que é um formato “inferior”) depois usei:

mkfs.ext3 /dev/sda1 para formatar o sistema para EXT3 (bem melhor), pode parecer confuso, mas é igual
cartucho de SNES "se soprar funciona". Dá certo. Se foi solicita esta opção você deverá novamente montar o
sda: mount/dev/sda1 /mnt
Se não for solicitado esta opção ignore esta etapa.

mount
(listar dispositivos montados, uma mensagem aparecerá: /dev/sda1 on /mnt type ext3 (rw)
(dispositivo/expecífico ligado em /pontodemontagem tipo de sistema de arquivos ext3 com
permissão de leitura e escrita)

df -h
(verifica quanto de espaço há no dispositivo, informa o tamanho total do dispositivo, quanto
está sendo utilizado, quanto está disponível e onde está montado)

cd /mnt
(vai acessar o Hd montado)

ls
(vai listar o que há dentro do dispositivo)
Verifique se está dentro dentro do ponto de montagem /mnt com o comando: pwd

INICIANDO CRIAÇÃO DE IMAGEM PARA CLONAGEM:

dd if=/dev/sdb of=nomedaimagem.iso
(Cópia binária de=/dispositivo/específico para onde você vai copiar seguido do
nomedaimagem.iso).

Entendendo a sintaxe: dd if=/dev/sdb of=nomedaimagem.iso

criamos de sdb (HD ORIGINAL) [ dd if=/dev/sdb] para sda1 (HD CLONE


[of=nomedaimagem.iso] uma imagem com extensão [.ISO] lembrando que estamos dentro
de /mnt, ou seja sda1.

Sugestão: Para verificar o "status" utilize o comando: du nomedaimagem.iso durante o


processo que será informado quanto já foi executado da tarefa.

Após o processo de clonagem aparecerá uma mensagem similar à esta:


16548754671454+0 records in
16548754671454+0 records out
65487568742135 bytes (3.2 GB) copied, 589.469 s, 5.5 MB/s

halt
(para desligar e desconectar o HD ORIGINAL)

Tutorial Clonagem de HD – Ong Moradia e Cidadania 2


Sequência de Comandos 2ª Parte:
Após bootar com o SystemRescueCD
Nesta etapa após desligar o computador retire apenas o HD sdb (HD ORIGINAL) e plugue um HD que esteja limpo ou
pronto para receber a imagem ISO. O HD sda possui uma imagem ISO do HD ORIGINAL que acabamos de clonar.
Nesta etapa enviaremos a imagem que está no HD sda para um novo HD, sdb.

sda1 = master
sdb = slave

sda ou hda é o HD que possui a imagem ISO que criamos a partir do HD original.
sdb ou hdb é o HD LIMPO que irá receber a imagem.

Não se esqueça de retirar o HD Matriz (ver gráfico) e inserir outro HD limpo para receber a imagem que enviamos
para /dev/sda1
Ao conectar refazer a parte de reconhecimento na BIOS e bootar novamente com o System RescueCD

fdisk -l (listar dispositivos montados)

mount /dev/sda1 /mnt


(monte o dispositivo hd1 no local ou ponto de montagem "mnt")

mount
(para conferir, será mostrado uma mensagem informando o ponto de montagem /dev/sda1
on /mnt type ext3 (rw)
(dispositivo monatdo em "mnt tipo de sistema de arquivos ext3 (permissão de leitura e
escrita)

cd /mnt
(acessar o local)

ls
(listar seu conteúdo)

du -h nomedaimagem.iso
(du= mostra o tamaho de disco usado)

dd reverso: vai enviar a imagem criada para o HD clone

Considerando que você está dentro de /mnt

dd reverso:

dd if=nomedaimagem.iso of=/dev/sdb
(duplicar disco de=nomedaimagem.iso para=/dispositivo/expecífico)

Após o processo de clonagem aparecerá uma mensagem similar à esta:

16548754671454+0 records in
16548754671454+0 records out
65487568742135 bytes (3.2 GB) copied, 589.469 s, 5.5 MB/s
halt
(para desligar e desconectar o HD clonado)

• NOTA: Os comandos estão representados pelas palavras em negrito, abaixo em parênteses está uma
explicação menos técnica para auxiliar quem necessite.
Há ainda que ressaltar: o HD que irá receber a imagem ISO deverá ter capacidade de armazenamento
superior ou igual ao que está sendo clonado. O dd if clona a MBR.

Tutorial Clonagem de HD – Ong Moradia e Cidadania 3