Você está na página 1de 8

ANABOLIZANTES

Riscos e Preveno

O que so anabolizantes?
Os anabolizantes ou esteroides so substncias derivadas da testosterona, hormnio produzido pelo homem e responsvel por muitas das caractersticas que diferem o sexo masculino do feminino.

Qual o efeito da testosterona e dos anabolizantes?


A testosterona responsvel pela distribuio de pelos corporais nos homens, formao da barba, engrossamento da voz, maior densidade mineral dos ossos e, principalmente, pelo aumento do tamanho dos msculos, resistncia e fora fsica. Para ter um corpo definido e musculoso, muitos homens e mulheres tomam ou injetam anabolizantes com a expectativa de alcanar uma imagem corporal perfeita, prejudicando a sade em todos os aspectos.

Quais as consequncias do uso abusivo de anabolizantes?


O anabolizante utilizado de maneira aleatria e sem recomendao mdica pode acarretar efeitos colaterais, como a elevao da presso arterial, aumento do LDL. Pode ocasionar vrias alteraes cardacas, como a hipertenso arterial, doena arterial coronariana e at infarto do miocrdio. Alm disto, pode surgir acne, aumento de pelos, alterar os perodos menstruais, trombose, depresso, agressividade, acelera o processo de calvcie e engrossa a voz, principalmente nas mulheres.

Afeta o desenvolvimento dos adolescentes?


Nos jovens, aumenta o tecido mamrio, atrofia dos testculos, com reduo da produo de espermatozoides. Alm disso, o uso de anabolizantes pode acarretar no fechamento precoce das cartilagens de crescimento prejudicando a estatura prevista para a faixa etria.

Em quais casos os mdicos podem receitar o uso de anabolizantes?


Esse tipo de medicamento pode ser utilizado com superviso mdica em determinadas situaes. Normalmente, recomendado para homens com deficincia na produo da testosterona, evento comum na terceira idade. Entretanto, pode ocorrer em qualquer fase da vida. Os sintomas mais comuns so cansao excessivo, falta de disposio, diminuio dos pelos corporais, reduo da frequncia e da intensidade das erees. Mesmo assim, seu uso racionado pelo mdico.

BIBLIOGRAFIA
http://www.blog.saude.gov.br/