Você está na página 1de 2

,·4., • .., .• ·•..• _.

,••••

~ ,,'"'""'"-/3 J <-;., "::.,~~:.- "-


TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTA'O:êr:::,,,'· .. i'
C
:!,

--Pág. 01/02 --

PROCESSO TC - 07.858/99
Administração Direta. Câmara Municipal de Salgado
de São Félix. Recurso de Reconsideração convertido em
Recurso de Revisão. Conhecimento e provimento.
Notificação ao atual Presidente.

1. Trata o presente processo de inspeção especial, resultado de conversão de Consulta,


feita por vereadores do Município de Salgado de São Félix acerca de possíveis
irregularidades na gestão de pessoalda Câmara Municipal.
2. Examinado o processo, ala Câmara deste TCE baixou a Resolução RC1 - TC -
170/2006, na sessão de 23.11.2006, assinando o prazo de 120 dias à Mesa Diretora
daquela Câmara Municipal para que promovesse as medidas necessárias à
restauração da legalidade, sob pena de responsabilidade.
3. Decorrido o prazo, os autos voltaram ao gabinete do Relator e foram levados a
julgamento na sessão de 03 de maio de 2007, tendo a la Câmara prolatado o
Acórdão AC1 - TC - 560/2007 para aplicar multa e conceder ao Presidente da
Câmara Municipal, Sr. Antônio Vicente de Andrade, novo prazo para adoção de
providências necessárias ao fiel cumprimento da determinação contida na
supracitada Resolução.
4. O interessado apresentou pedido de reconsideração da decisão, convertido em
Recurso de Revisão e acatado pelo Relator em virtude do cumprimento dos
presupostos legais.
5. Os autos foram encaminhados ao órgão técnico para análise tendo este concluído
pelo acatamento do Recurso de Revisão impetrado, pelo seu provimento e
cancelamento da multa imposta ao ex-Presidente da Câmara Municipal de Salgado de
São Félix, e sugeriu, fosse notificado o atual Presidente daquela Casa Legislativa
acerca da adoção de medidas de natureza legal e administrativa para o
restabelecimento da legalidade.
6. Chamado a se manifestar o MPjTCE,por sua Procuradora Elvira Samara Pereira de
Oliveira, opinou pelo conhecimento do recurso e, no mérito, pelo seu provimento,
desconstituindo-se a aplicação da multa efetivada através do Acórdão ACI-TC -
560/2007 e acatando-se as sugestões da Auditoria.
7.
VOTO DO RELATOR
O Relator vota de acordo com os pareceres da Auditoria e do Ministério Público junto
ao Tribunal, concedendo-se o prazo de 90 dias ao atual Presidente da Câmara Municipal de
Salgado de São Félix para que adote medidas administrativas e legislativas, com vistas à
edição de lei própria e específica, criando os cargos e funções daquela estrutura
organizacional, seguida da realização de concurso público para provimento dos
cargos e funções, visando o restabelecimento da legalidade. ~
--conclui à pág. 02/02 --

\J
iN
TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO
--Pág. 02/02 --

DECISÃO DO TRIBUNAL
Vistos, relatados e discutidos os autos do PROCESSOTC-07.858/99, os MEMBROS
do TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DA PARAÍBA, à unanimidade, na sessão
realizada nesta data, ACORDAM em:
a) tomar conhecimento do Recurso de Revisão impetrado e, no mérito, pelo
seu provimento, desconstituindo-se a aplicação da multa efetivada através
do Acórdão AC1- TC- 560/2007;
b) conceder o prazo de 90 (noventa) dias ao atual Presidente da Câmara
Municipal de Salgado de São Félix para implementação de medidas
administrativas e legislativas, com vista à edição de lei própria e específica,
criando os cargos e funções daquela estrutura organizacional, seguida da
realização de concurso público para provimento dos cargos e funções,
visando o restabelecimento da legalidade.
Publique-se, intime-se, registre-se e cumpra-se.
Sala das Sessões do Tri un I Pleno - Plenário Ministro João Agripino.
João e , 1J e março de 2008.

Interesses relacionados