Você está na página 1de 2

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO

PROCESSO T6677/0S

Dispensa de Licitação - Irregularidade e aplicação


de multa - Recurso de Apelação - Conhecimento e
não provimento.

ACÓRDÃO APL TC N° :JAf,b /08

Vistos, relatados e discutidos os presentes autos do Processo TC


N° 677/05, referente ao Recurso de Apelação interposto pelo Prefeito Municipal
de Campina Grande, Sr. Veneziano Vital do Rego Segundo Neto, através do
Procurador do Município, senhor George Suetônio R. Júnior, objetivando a
reforma do Acórdão AC1 TC 1465/2007, que: (a) julgou irregular a Dispensa de
Licitação nO 05/2005, que teve como objeto a aquisição de passagens áereas
para o XIV encontro para nova consciência - 2005, promovida pela Prefeitura
daquele Município, ante a falta de envio de documentação anteriormente
reclamada pela douta Auditoria; e (b) aplicou-lhe multa pessoal no valor de R$
1.500,00 pelo descumprimento da Resolução RC1-TC-112/2007.

CONSIDERANDO que a douta Auditoria, após analisar as razões do


recurso e a documentação apresentada pelo recorrente, entendeu ser pertinente
a responsabilização do Prefeito pelo não atendimento de resolução anteriormente
emanada pela 1a Câmara Deliberativa desta Corte de Contas, bem como
constatou não haver o recorrente apresentado o contrato já reclamado pelo órgão
instrutório em outra oportunidade;

CONSIDERANDO que o Ministério Público Especial junto a esta


Corte de Contas, em parecer conclusivo, emitido oralmente na sessão que
apreciou o presente processo, pugnou, preliminarmente, pelo conhecimento do
recurso apresentado e, no mérito, pelo seu não provimento;

CONSIDERANDO que o Relator acompanha o entendimento


ministerial;

CONSIDERANDO que o Conselheiro Marcos Ubiratan Guedes


Pereira, discordando do entendimento do Relator, votou, preliminarmente, pelo
conhecimento do recurso apresentado e, no mérito, pelo seu provimento;

CONSIDERANDO o Relatório da Auditoria, o Voto do Relator, o


pronunciamento da Procuradoria, e o mais que dos autos consta;
('-'1

I
TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO
PROCESSO TC677/0S

ACORDAM os membros integrantes do TRIBUNAL DE CONTAS


DO ESTADO DA PARAíBA, em sessão realizada nesta data, em,
preliminarmente, por unanimidade de votos, CONHECER DO RECURSO
apresentado e, no mérito, por maioria de votos, NEGAR-LHE PROVIMENTO,
mantendo-se na íntegra a decisão recorrida, consubstanciada no Acórdão AC1-
Te 1465/2007, prolatado pela 1a Câmara Deliberativa desta Corte.

Presente ao julgamento a Exma. Senhora Procuradora Geral.

Publique-se, registre-se, cumpra-se.

Te - PLENÁRIO MINISTRO JOÃO AGRIPINO

João Pessoa, :Y~de ~ de 2008.

144//y/f/
/ --( •...
/"
JOSÉ MARQUES MARIZ
Conselheiro Relator

f\ .. 9~JÁ
IÃNÃ"TERESA NOBREGA n----
Procuradora-Geral