Você está na página 1de 33

COMPONENTES DO GRUPO

ADRIANA T. M .OLIVEIRA
ARIANE BARBOSA RIBEIRO
DÉBORA DA SILVA
GISLAINE A.S.LEAL
SILVANA A. MARQUES
VANESSA APARECIDA
VOCÊ É MOTIVADO
COMO PROFESSOR?

? ? ? ? ???
Suas atitudes, decisões e ações em
sala de aula são essenciais para
criar um ambiente motivador.
Ao responder com a máxima
honestidade esse teste, você vai descobrir
se está pondo lenha na fogueira da
motivação dos alunos ou despejando
nela baldes de água fria.
ATENÇÃO:
ATENÇÃO
Selecione, no máximo,
duas alternativas em cada item,
com exceção do item 4,
no qual você poderá escolher todas as
alternativas verdadeiras para o seu caso.
Ao final, consulte o gabarito, some os
pontos que você fez e veja em qual
faixa você se encontra.
1- A aula vai começar. Assinale a frase que
melhor traduz o seu estado de espírito.

A- Será que vou ter forças para sobreviver até


sexta-feira nesta escola ?

B- O primeiro aluno que bancar o engraçadinho


na sala de aula vai se ver comigo.
Eles querem guerra? Pois vão ter!

C- Tomara que esta semana seja bem melhor que a


anterior.

D- Preparei um monte de desafios


interessantes para as próximas aulas.
Estou louco(a) para ver como eles vão reagir.
2- Marque os comentários que mais correspondem
ao que você, em geral, sente por seus alunos.

A- Adoraria se fossem raptados coletivamente


por um disco voador.

B- A maioria é boa, mas alguns não querem


nada com nada.

C- São muito diferentes, fazem coisas que


às vezes me emocionam e outras me deixam
de cabelos em pé, mas gosto muito de todos eles.

D- Procuro compreendê-los.
3- Assinale as afirmações que você poderia fazer ,
em relação à(s) disciplinas(s) que ensina.

A- Domino completamente o conteúdo e a


metodologia e não preciso aprender mais.

B- Interesso-me bastante e procuro,


no dia a dia, aperfeiçoar o domínio do
conteúdo e da metodologia.

C- Muitas vezes preciso ensinar coisas que


estão no currículo, mas não me interessam
e não sei ao certo para que servem na vida real .
4- Assinale todas as afirmações que
você poderia fazer em relação às suas
atitudes durante as aulas.

A- Procuro estimular os alunos a questionar


as minhas idéias.
B- Estou sempre disposto(a) a ajudar.
C- Tenho dificuldades em criar um ambiente
descontraído
D- Faço com que os alunos compreendam que errar
faz parte da aprendizagem.
E- Não costumo aceitar decisões da classe.
F- Antes de dar a minha opinião, escuto as dos alunos.
G- Na maior parte do tempo, a palavra está comigo.
Raramente faço perguntas, desafio os alunos
com problemas ou os estimulo a agir.
5- O que você sabe sobre os seus alunos ?

A- O nome dos que mais se destacam.

B- Características gerais, como nível


sócio-econômico e cultural das famílias.

C- Seus principais interesses, sonhos e


preocupações.
6. Um(a) colega conta que, antes de iniciar
a aula, reserva alguns minutos para uma
"roda da conversa", para que os alunos
tenham a oportunidade de contar alguma
novidade, comentar uma notícia, dizer
como estão se sentindo e planejar com
o(a) professor(a ) o que vão fazer . Você...

A- …pensa : "Quanta perda de tempo! Desse jeito


ele(a) nunca vai vencer o conteúdo".

B- ...pergunta: "E como você utiliza, na sua aula,


as informações que os alunos trazem
para essa roda da conversa?".
7- Você vai começar a trabalhar um novo
tema com os alunos. Como procede?

A- Explico o assunto da forma mais clara possível.

B- Faço perguntas para descobrir o que os alunos


já sabem sobre o assunto.

C- Procuro relacionar o assunto com a vida


cotidiana e com os interesses da turma.
8- Assinale o tipo de estratégia que
você usa mais freqüentemente em sala de aula.

A- Exposições orais, cópias e ditados.

B- Trabalhos em grupo e estudos do meio.

C- Projetos que encorajam os alunos a resolver


problemas reais, a fazer algo que seja
interessante para eles, utilizando os
conhecimentos adquiridos.
9- Ao entrar na sala, você percebe que
o ambiente está sujo e muito bagunçado.
Que atitude toma ?

A- Nenhuma. O importante é começar


a aula o quanto antes.

B- Chama alguém da diretoria para ver


o estado deplorável da sala e tomar providências.

C- Pergunta aos alunos o que aconteceu e, depois de


ouvi-los, convida-os a, junto com você,
rapidamente organizar o espaço antes
de iniciar a aula.
10- Assinale os recursos que estão à
disposição dos alunos e que você utiliza
regularmente.

A- Quadro negro e giz.

B- "Cantinhos" com materiais relativos a


diferentes áreas do conhecimento,
computador, oportunidades de participar
de excursões, visitas a museus, teatros…

C- Livros, dicionários, jornais e revistas.


11- Você utiliza os resultados das avaliações …

A- …verificando quais alunos estão com


desempenho abaixo da média e
providenciando medidas de recuperação.

B- …elogiando os melhores alunos e deixando


bem claro aos demais o quanto são incapazes.

C- …mostrando o quanto os alunos avançaram e


convidando cada um a comparar os resultados
que obteve com as metas que havia
estabelecido para si mesmo.
O PROFESSOR COMO
FIGURA-CHAVE NA
MOTIVAÇÃO DOS ALUNOS
As múltiplas decisões dos
professores e seu reflexo na
motivação
• Um importante grupo de decisões diz
respeito às que um professor toma
durante o desenvolvimento de uma aula ao
interagir com os alunos.
• Muitas decisões têm importância na
criação ou manutenção da motivação dos
alunos.
Influência da figura do
professor na motivação
dos alunos
• Se um professor não está motivado,
se não exerce de forma satisfatória
sua profissão, é muito difícil que seja
capaz de comunicar a seus alunos
entusiasmo, interesse pelas tarefas
escolares; é, definitivamente, muito
difícil que seja capaz de motivá-los.
Deficiências na formação
inicial
• A formação inicial dos professores
não é adequada para o exercício da
profissão.
• O professor deveria ter uma
formação necessária para que seja
capaz de motivar seus alunos.
É urgente valorizar o
trabalho do professor
• O governo,as escolas e os próprios
professores devem considerar isso o
objetivo primordial.
• Caso contrário, encontraremos professores
cada vez mais desmotivados que não serão
psicologicamente capazes sequer de
abordar o problema da motivação de seus
alunos.
Educar e motivar, tarefas
fundamentalmente

artísticas
• Os processos de ensino-
aprendizagem são satisfatórios
quando se estabelece uma conexão,
uma sintonia entre o professor e os
alunos, uma cumplicidade.
• Isso só determinados professores-
artistas são capazes de fazer.
Importância de conhecer
a fundo a matéria que
ensinamos.
• As idéias psicopedagógicas serão um luxo
supérfluo se não dominarmos a matéria.
• No decorrer dos anos os conhecimentos dos
professores ficam facilmente fossilizados.
Nesse sentido, é necessária uma formação
permanente.
O professor, objeto de
conhecimento de seus
alunos
• O autêntico professor não
pode apenas se fazer de
professor, deve sê-lo.
• A própria pessoa do professor
pode ser uma fonte de
motivação importantíssima
Alguns paradoxos sobre a
promoção dos
professores
• A promoção do professor consiste em
deixar de sê-lo.
• A mentalidade de alguns professores
identificam uma ascensão quando
passam para 3ª a 8ª série.
AS TAREFAS DO PROFESSOR
E SUA INFLUÊNCIA NA
MOTIVAÇÃO DOS ALUNOS
O professor como
planejador do currículo
• Nossos planejamentos e
programações devem constituir uma
referência, um marco, mas não podem
ser rígidos, devemos acomodá-los à
realidade motivacional de nossos
alunos sem necessidade de rebaixar
os níveis de exigência.
O professor como
avaliador de resultados,
processos e sistemas
•É importante elaborar instrumentos
que nos permitam averiguar as
características motivacionais com que
nossos alunos abordam o processo de
aprendizagem.
O professor como
pesquisador
• É importante conhecer e classificar
as diferentes motivações de nossos
alunos e ver que tipo de tarefas, que
métodos são mais adequados para os
diferentes alunos.
O professor deve ensinar
seus alunos a pensar
• À medida que esses e outros alunos
aprendem a pensar corretamente, sua
motivação e seu interesse pelas tarefas
escolares vão aumentando.
O professor deve ensinar
seus alunos a aprender
• O esforço de incorporar à didática
das diferentes áreas o conhecimento
e a utilização de estratégias de
aprendizagem ajudará os alunos em
suas tarefas de estudo e pode ter
implicações evidentes e importantes
em sua motivação
O professor como
orientador/tutor
• Se somos capazes de estabelecer
canais de comunicação pessoal com
cada um de nossos alunos, podemos
tratar e encaminhar muitos dos
problemas relativos à motivação que
irão se apresentando.
O professor como
transmissor de valores
• Conscientemente ou não, o professor
transmite alguns valores e atitudes
de forma implícita, é necessário que o
professor transmita valores de forma
explícita, sem dúvida isto terá
implicações importantes no campo da
motivação
O professor como
membro de uma equipe
• A motivação dos alunos se vê
notavelmente influenciado pelo clima
que se vive e pelo ambiente que se
respira na escola, pelas normas de
funcionamento, pelos valores que se
depreendem da atuação dos
professores individualmente e em
equipe.