Você está na página 1de 1

PRINCPIOS DO SUS

UNIVERSALIDADE A universalidade no acesso significa que o SUS deve atender gratuitamente a todos, de acordo com suas necessidades. INTEGRALIDADE A integralidade na assistncia significa que o SUS deve atuar de forma holstica, a fim de prestar assistncia multiprofissional, objetivando a promoo da sade, preveno e cura da doena. EQUIDADE A equidade na priorizao significa que todos devem ter igualdade de oportunidade em usar o sistema de sade; como, no entanto, o Brasil contm disparidades sociais e regionais, as necessidades de sade variam. DESCENTRALIZAO Deve permitir aos nveis estadual e municipal coordenar as aes, j que ocorreu a municipalizao, privilegiando e respeitando as caractersticas particulares de cada municpio, fazendo com que o nvel federal apenas transfira o pagamento para os demais nveis administrarem as aes. HIERARQUIZAO E REGIONALIZAO Os servios de sade so divididos em nveis de complexidade; o nvel primrio deve ser oferecido diretamente populao, enquanto os outros devem ser utilizados apenas quando necessrio. RESOLUBILIDADE Deve ser capaz de solucionar o problema de quem o procura, garantir qualidade e resolutividade do servio. PARTICIPAO DA COMUNIDADE O controle social, como tambm chamado, significa que os usurios participam da gesto do SUS atravs das Conferncias de Sade e dos Conselhos de Sade.

Tudo a todos, em todo lugar, a qualquer tempo e conforme a necessidade de cada um.