P. 1
Tabela para calculo direto de Estação de Tratamento de Esgoto

Tabela para calculo direto de Estação de Tratamento de Esgoto

5.0

|Views: 13.097|Likes:
Publicado porBastosF

More info:

Published by: BastosF on Jul 25, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as XLS, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/14/2015

pdf

text

original

Dimensionamento

UASB + BF: Estação de Tratamento de Esgotos Domésticos
Dados de Entrada: Pop.= Percap.= K1 = K2 = C.retor.= Qinf = Qméd = DQO = DBO5 = SST = No divisões do BF= CL= No divisões do FT= DS= FBAS= 2000 196.37 1.2 1.5 0.8 0.4 4.0001 600 300 300 4 N 0 s s hab l/hab.dia 58.5 Volume do Inóculo: Massa de inóculo necessária= Volume do inóculo= 2073.67 kgSVT 67.77 m³

(l/s) (l/s) (mgO2/l) (mgO2/l) (mg/l) n (s ou n) (s ou n) (s ou n)

=

14.40 345.6

m3/h m³/DIA

Cargas: 207.37 kgDQO/dia 103.68 kgDBO/dia 103.68 kgSS/dia

1244.16 1036.8 34.56

(s ou n)

Eficiências e concentrações de SS, DQO e DBO5 nos efluentes No UASB DQO= DBO= SS= No BF DQO= DBO= SS= No FT DQO= DBO= SS= % 50 50 52 % 70 70 71 % 67 68 68 Efluente do UASB 198.00 96.00 96.00 Efluente do BF 59.40 28.80 27.84 Efluente do FT 29.70 14.40 13.36 (mgO2/l) (mgO2/l) (mg/l) (mgO2/l) (mgO2/l) (mg/l) Cargas no FT: Remoção no BF: 20.53 kgDQO/dia 47.9 kgDQO/dia 9.95 kgDBO/dia 23.23 kgDBO/dia 9.62 kgSS/dia 23.56 kgSS/dia (mgO2/l) (mgO2/l) (mg/l) Cargas no BF: 68.43 kgDQO/dia 33.18 kgDBO/dia 33.18 kgSS/dia Eficiência Total UASB + BF % 90.10 (mgO2/l) 90.40 (mgO2/l) 90.72 (mg/l) Eficiência Total UASB + BF + FT % 95.05 (mgO2/l) 95.20 (mgO2/l) 95.55 (mg/l)

Massas de DQO, DBO e SS removidas diariamente (UASB e BF) Remoção diária da M.O no UASB: DQO = DBO = SS = Remoção diária da M.O no BF: DQO = DBO = SS = Remoção diária da M.O no FT: DQO = DBO = SS = Dimensionamento do UASB TDH = V= h= S= v= Dimensionamento dos BFs CvDBO = V= hleito = S= v= Dimensionamento dos FTs A_FT = hleito = v= 3.46 0.7 4.17 m2 m m³/m².h 4.00 8.29 1.60 5.18 2.8 Kg/m3.dia m3 m m2 m/h CvDBO = V= hleito = S= v= 3.20 10.37 2.0 5.18 2.8 Kg/m3.dia m3 m m2 m/h 8.00 115.20 5.5 20.95 0.7 h m3 m m2 m/h 30 14 14 (mgO2/l) (mgO2/l) (mg/l) 10.3 5.0 5.0 Kg de DQO/d Kg de DBO/d Kg de SS/d 139 67 68 (mgO2/l) (mgO2/l) (mg/l) 47.9 23.2 23.6 Kg de DQO/d Kg de DBO/d Kg de SS/d 402 204 204 (mgO2/l) (mgO2/l) (mg/l) 138.9 70.5 70.5 Kg de DQO/d Kg de DBO/d Kg de SS/d

UASB separado DN =

5.16

m

BF separado DN =

2.57

m

Dimensionamento dos FBAS Adotar carga orgânica superficial (Cs) Para DBO efluente < 30mg/L, será utilizada uma Cs de 14gDBO/m².d Cs= 0.01 kgDBO/m².d Cálculo da carga orgânica volumétrica (Cv) Área superficial específica das peças de plásticos As= 150.00 m²/m³ Cv = As x Cs = 2.10 kgDBO/m³.d Cálculo do volume do FBAS (V) V= Área do FBAS h leito= A= 2.5 6.3 m m² OBS.: QUANDO SE USA BRITA, A ALTURA DE EXECUÇÃO É 1,6m, PORÉM O CÁLCULO CONTINUA O MESMO.

15.80

Página 1

Dimensionamento Dimensionamento do Clarificador + BF Taxa de escoamento superficial máxima 390 m³/m².d qadotado= 390.00 m³/m².d A= 0.00 m² Prof útil= 3.00 m Verificação da taxa de aplicação para vazão máxima (entre 40 e 48 m³/m².d) qA= 0.00 m³/m².d

A_UASB = A_BF = A_CL = A_total = φ total = φ BF = φ CL =

20.95 5.18 0.00 26.13 5.770 2.570 0.000

m2 m2 m2 m2 m m m

Dimensionamento do Clarificador + FBAS com lavagem Taxa de escoamento superficial máxima 390 m³/m².d qadotado= 390.0 m³/m².d A= 0.89 m² Prof útil= 3.00 m Verificação da taxa de aplicação para vazão máxima (entre 40 e 48 m³/m².d) qA= 702.00 m³/m².d

A_UASB = A_FBAS = A_CL = A_total = φ total = φ FBAS = φ CL =

20.95 6.32 0.89 28.15 5.990 3.030 1.062

m2 m2 m2 m2 m m m

Dimensionamento do Decantador Secundário + FBAS sem lavagem REVISAR Taxa de escoamento superficial entre 16 e 32 m³/m².d (indicado pelo PROSAB) qadotado= 100.00 m³/m².d A= 3.46 m² Prof útil= 3.00 m Verificação da taxa de aplicação para vazão máxima (entre 40 e 48 m³/m².d) qA= 180.00 m³/m².d

A_UASB = A_FBAS = A_DS = A_tubo central = A_total = φ total = φ FBAS = φ DS = φ tubo central = Área poço seco = N° de poços =

20.95 6.32 3.46 0.08 30.80 6.263 2.855 3.543 0.323 1.15 2

m2 m2 m2 m2 m2 m m m m m²

UASB + BF + DS SEM POÇO 35.20 m2 6.700 2.860 4.260 m m m

UASB + BF + DS COM POÇO 35.20 m2 6.700 2.860 4.260 m m m

Dimensionamento do Biofiltro Nitrificante concentração do afluente = 50 mgN-nH4+/L Cv aplicada = 0.7

Geometria dos reatores DESATIVADO A_UASB = A_BF = A_aerador = A_total = φ total = φ aer = φ BF = 20.95 5.18 0.08 26.2 5.777 0.323 2.590 m2 m2 m2 m2 m m m V_escav= V_Concr = V_lastro = Nº_estac = Apiloamento = 12.8 8.4 1.4 7 29.0 m3 m3 m3 m2 A_UASB = A_BF = A_FT = A_aerador = A_total = φ total = φ aer = φ BF = FT = 20.945 5.184 3.456 0.082 29.668 6.146 0.323 3.332 m2 m2 m2 m2 m2 m m m

Abertura / passagem para o decantador REVISAR

V pass = A necess. = VAZÃO MÉDIA A real = V real =

2.3 6.26

m/h m2 VAZÃO MÁX A real = V real = eg

0.0

m2 m/h

0.00 0.0

m2 m/h

ed/2

e

Checagem do dimensionamento do decantador Taxa admiss. = Área necess. = VAZÃO MÉDIA A real = Taxa real = 0.8 18.00 m3/m2.h m2 VAZÃO MÁX A real = V real = 10080.00 146.24 0.2 m2 m/h

146.24 0.10

m2 m3/m2.h

Dimensionamento do coletor de biogás REVISAR Taxa escoam. = Área necess. = eg = DN_int = DN_ext = A real = Taxa real = 1.0 3.2 0.6 m3/m2.h m2 m m m m2 m3/m2.h

0.0 #DIV/0!

Produção diária de lodo na ETE Produção diária do lodo no FBAS: (lodo aeróbio) Yfbas = PloFBAS = PloFBASvol = 0.75 17.4 13.06 kgSS/kg DBOremovida. Kg de SS/d Kg de SS/d

(------->)

75% (lodo volátil)

Produção diária do lodo no BF: (lodo aeróbio) Ybf = MloBF = MloBFvol = 0.4 0.0 0.00 kgST/kg DQOrem. Kg de ST/d Kg de ST/d

(------->)

75% (lodo volátil)

Produção diária do lodo no UASB Yuasb = PloUASB = 0.15 20.84 kg ST/kg DQO rem. kg ST/d (base sêca)

Produção diária do lodo no UASB (lodos: anaeróbio + BF digerido) PloTotal = taxa aplic = freq. descarte = A Leito sec. = Nº de Leitos = 35.65 30.00 30 35.65 5 kg SST/d kg SST/m² dias m² L= B= dlodo = C= VloTotal = Descarga (30 dias) = 0.71 10.00 1030 kg/m³ (densidade do lodo) 5% (concentração do lodo) 0.7 m3/d 21 m3 L(adotado)= B(adotado)= 0.75 10.00

C2 = VlodoSeco = VlodoSeco =

25% (teor de sólidos no lodo) 0.14 m³/d 4.15 m³

Produção diária de lodo DESATIVADO

Página 2

Dimensionamento Balanço energético - REVISAR DQO disponível para metanização no UASB DQO/SS lodo_bf = DQOlodo_bf = DQOrem_uasb = DQOrem_tot = 1.15 14.31 138.9 153.2 mg DQO/mg ST (relação entre DQO e sólidos totais no lodo do bf ) Kg ST/d Kg ST/d Kg de DQO/d

Produção de metano a partir da DQO removida CH4/DQOrem = Prod. diária CH4 = rel. CH4/kW = Taxa metano = Prod. diária CH4 = Potência= efic. conversão = Pot. disponível = 0.25 38.3 42000 2.6 77.7 18.6 20 3.7 kg CH4/kgDQOrem kgCH4/dia Eficiência de um motor à combustão kW 30 Nm3/kgDBOdia kg DQO/m3 m3/dia kW % kW

Demanda energética na aeração: D_ar_esp. = D_ar/dia = D_ar= % (D_ar/d/Ech4) = Qar = 1.2 57.48 2.4 64 696.75 kWh/(kg DQOrem) = kWh/dia kW % Nm3/dia = 29.03 Com base no DN_ext do BF: DN_int = 2.44 DN_ext = 2.59 Nm³/h PROSAB Nm3ar/KgDBOaplicada Nm³ar/dia 41.47 Nm³/h

m m

PF LB

2 4 24.32

Demanda de ar (sem nitrificação) para BF Taxa de aeração= Qar= 30 995.36

0.69 PROSAB

Demanda de ar (com nitrificação) para BF concentração do afluente = 50 mgN-nH4+/L Taxa de aeração= 50 Nm3ar/Kg N-NH4 aplicada. Dia Qar= 864.03 Nm³ar/dia 36 Nm³/h Carga = 17.28 Kg N-NH4+/d

Demanda de ar (sem nitrificação) para FBAS Taxa de aeração= Qar= 40 1327.15 Nm3ar/KgDBOaplicada Nm³ar/dia 55.3 Nm³/h

RICARDO 15-08-06 Cv aplicada= 0.7 Kg N-NH4+/m³.d Carga = vazão*concentração 17.28 Kg N-NH4+/d volume= Carga/carga aplicada 24.69 m³ área= V/3(hutil) 8.23 m² Dn BF nitrificante= 3.24 m 13.71

91.3

84 Caixa de areia taxa superf. = Área necess. = Com base no poço do aerador: DN_int = DN_ext = 600 0.58 0.00 0.86 m3/m2.dia m2 m m 152.26 Num de Tubos UASB Nº min. = Nº max = Nº adot. = Nº de Cxs. de dist = Hmáx ? h1(cx de areia )= h1(distrib.) = 7 10 90 9 67 26 mm mm Hmax (cx de areia ) = Hmax (cx de distrib. ) = a= b=
a h1 b

mm 100 mm 353

arredondar 520 326 mm mm

Calhas coletoras do UASB - REVISAR Vazão Total = 0.0072 m3/s b= 0.200 m Cálculo para separadores de fases com 01 aba: ht= 0.138 m hg= 0.150 m

TULIPAS: (valor adotado) 3 tulipas/m² n= 8

7 5mm 7 5mm

(altura da calha coletora) (altura da placa de gordura)

Cálculo para separadores de fases com 02 abas: φ1 = φ2 = Comprimentos: Ct = C2 = Vazão na calha 2: Q= Verificação da vazão linear: q= Altura: h= ht= hg= 2.990 m (diâmetro externo da calha interna) #REF! m =>(diâmetro do separador de fases externo + 2b) #REF! m #REF! m
e

#REF! m3/s #REF! m3/s.m #REF! m #REF! m 0.150 m <= 0,0018 m3/s.m

(altura da calha coletora) (altura da placa de gordura)

Calhas coletoras do BF - REVISAR ht= 0.138 m (altura da calha coletora) b= 0.200 m OBS.: A calha fica sobre as chapas divisoras do BF, situada no meio destas

φ2 φ1

TULIPAS: 2 m²/tulipa n= 4

Página 3

DIMENSIONAMENTO DAS TUBULAÇÕES Tubo de chegada ( Esgoto Bruto ) Verificação a partir da velocidade v = Área chegada = φ chegada = 0.0040 m² 71 mm => vel = 1,0 m/s

1.00

m/s

0.01 = Vazão de Recalque 0.21 = φ chegada 0.26 = velocidade recomendação de 0,60 e 3,00m/s

Tubo de Recirculação do lodo de Lavagem OBS: Só é calculado se tiver BF Taxa = 20 a 30 m/h h= 3m As= 5.18 m2 Ai= 1.30 m2 φ= Tempo= 0.21 m 0.2 min

=>valor adotado =>Área do BF =>Área de um compartimento do BF φ mín = 75mm Obs: Tempo de descarga 20 a 30 min

Q = Cd × A × 2 gh

t = 0,74 ×

As × h A

Cd= Q= t= v=

0.62 158.45 l/s 0.83 min 440.14 m/h

80cm/min 48m/h

Tubo de Distribuição do Esgoto Cálculo pela tensão trativa: i => inclinação dependente do fundo da caixa de areia para a tampa do reator e da distância do tubo central do ao coletor de gases. φ é calculado como conduto livre: y/d=0,75 γ= 10000 N/m3 i= 0.01 m/m φdist.esg = 0.033 m

=> água

Tubo de Descida do Esgoto do UASB Deve-se descer 01 tubo a cada 02 a 03 m2 de BF φ é sempre igual a 75mm outra planilha Estes tubos deverão ter 02 orifícios de 25 x 40mm distanciados do fundo 10 a 15cm. Ligação das Calhas Cálculo pela tensão trativa: i => inclinação dependente do fundo da caixa de areia para a tampa do reator e da distância do tubo central do ao coletor de gases. φ é calculado como conduto livre: y/d=0,75 γ= 10000 N/m3 i= 0.01 m/m

=> água

φdist.esg = 0.033 m O diâmetro deve estar entre 50 e 150mm » » Se o diâmetro encontrado for maior que 150mm colocar duas ligações para cada BF. Tubo de descida do efluente para o BF Deve-se descer 01 tubo para cada 12 m2 de BF Q_BF = 0.001 m3/s Os diâmetros usuais são: 75, 100 e 150mm Deve-se calcular a perda de carga por Hazen-Willians: J = 0.00029 m/m Tubo de saída do efluente final A área considerada é 125% da entrada: Área calculada = 0.01 φ calculado = φ adotado = 0.083 m 0.255 m OBS: este diâmetro deve ser maior ou igual ao calculado

Qtd = Diâmetro_adotado =

4 0.105 m

Descarte de Lodo do UASB Número de compartimentos do UASB: h2 = 4m h1 = 6m As= 20.95 m2 Ai= 2.62 m2 φ= Tempo= 0.100 m 1.8 min

NUASB = =>valores adotados

8

=>Área do UASB =>Área de um compartimento do UASB φ mín = 100mm Obs: Tempo de descarga 20 a 30 min

Diâmetro da junção dos tubos do UASB ao leito de secagem As= 20.95 m2 =>Área do UASB h2 = 4m =>valores adotados h1 = 6m φ= Tempo= Lodo de lavagem do BF h1 = velocidade média = 30m/h φ= 0.150 m 6.6 min φ mín > φ descarte de lodo do UASB Obs: Tempo de descarga 20 a 30 min

3m =>> 0.077 m

=> Lâmina d´água adotada 6 min φ mín = 75 mm φ adotado = 0.206 m

Se escolher outro diâmetro, deve-se verificar o tempo: t= 0.831 min

Diâmetro da junção das saídas de lodo do BF ao reservatório de lodo de lavagem Esta junção mantém o mesmo diâmetro do lodo de lavagem do BF, pois estes são lavados um de cada vez. φ= 0.206 m Descarte do tubo central Diâmetro igual ao do lodo de lavagem do BF. φ= 0.081 m Diâmetro de amostragem Os diâmetros são sempre de 40mm, num total de 07 amostradores dispostos da seguinte forma:

100mm

O 1º está a 250mm do fundo O espaçamento entre os intermediários é de 600mm O último deve ficar 10cm acima do defletor

Defletor 600mm

250mm

Extravasor do UASB Diâmetro igual ao diâmetro de entrada ou imediatamente superior φ= 0.255 m By-pass do UASB Diâmetro igual ao diâmetro de entrada ou imediatamente superior φ= 0.255 m By-pass do BF Diâmetro igual ao diâmetro da saída do efluente final φ= 0.255 m Tubulação de gás Velocidade máxima de saída do gás = 3,5 m/s Vmáx = Qgás = φ= 3.5 m/s 0.0009 m3/s 0.018 m

Efluente percolado (do leito de secagem ao reservatório de lodo de lavagem) Diâmetro sempre igual a 100mm Extravasor do reservatório do lodo de lavagem Imediatamente superior ao diâmetro do lodo de lavagem do BF φ= m Data: 25 July, 2009 Resumo das Tubulações: Resumo das Tubulações: Tubo de chegada ( Esgoto Bruto ) Tubo de Recirculação do lodo de Lavagem Tubo de Descida do Esgoto do UASB Ligação das Calhas (φmínimo =75mm) Tubo de descida do efluente para o BF Tubo de saída do efluente final (= ao φ de entrada) Descarte de Lodo do UASB Diâmetro da junção dos tubos do UASB ao leito de secagem Lodo de lavagem do BF (φmínimo = 75mm) Diâmetro da junção das saídas de lodo do BF ao reservatório de lodo de lavagem Descarte do tubo central Diâmetro de amostragem Extravasor do UASB By-pass do UASB By-pass do BF (= ao φ saída do efluente final) Tubulação de gás Efluente percolado (do leito de secagem ao reservatório de lodo de lavagem) Extravasor do reservatório do lodo de lavagem (Elevatória) Local: ETE Itajaí pop.: 2000 Diâmetro Adot. Diâmetro (mm) (mm) 71 206 206 206 81 81 105 105 255 100 150 206 206 81 40 255 255 255 18 100 105 105 255 100 100 206 206 81 50 255 255 255 50 100 φ = entrada da Elevatória hab

Tabela de Diâmteros Interno (mm) 6.84 9.22 12.48 15.76 20.96 26.64 35.08 40.94 52.48 68.8 80.8 105.3 155.4 206.4 254.51 304.76 342.6 393.4 444 495 546

Nominal (pol.) 1/8 1/4 3/8 1/2 3/4 1 1.1/4 1.1/2 2 2.1/2 3" 4" 6" 8" 10" 12" 14" 16" 18" 20" 22"

Elevatória

ESTAÇÃO ELEVATÓRIA DE ESGOTOS
DADOS DE ENTRADA : POPULAÇÃO: PER CAPITA : Coef. Retorno = K1 = K2 = Qméd = Qinfilt.= Qmáx = Qmín = Prof. Rede(a) = Folga(b) = Altura útil (c) = Reserva mínima (d) = Prof. Poço (e) = 2000 habitantes 196.37 l/hab.d 0.8 1.2 1.5 4.00 0.40 7.20 2.00 1.1 0.3 0.16 0.41 1.97

l/s l/s l/s l/s m m m m m

0 m3/s 0 m3/s 0.01 m3/s 0 m3/s

Diâmetro do poço

VOLUME DO POÇO : Qrecalque = Vu = Diâmetro do poço = D2 Área = Altura útil = 8.64 3.89 5.50 30.25 23.76 0.16 l/s m3 m m2 m2 m volume de rec (10 min)= 1.3

A_elev = V_elev = V_escav= reaterro =

23.76 m2 71.27 m3 90.60 m3 27.05

TUB.RECALQUE : Drec. = Drec. adotado = V= 0.112 0.206 0.26 m m m/s

f

PERDAS DE CARGA LOCALIZADAS : Peças C 90o Junção 45o Válvula retenção Registro gaveta Saída normal Quantidade 5 1 1 1 1 Total = Perdas = 290.41 *Q2 ΣK 2.00 0.40 2.75 0.20 1.00 6.35 m/m
7,00 m

3,00 m

e

a b c d

PERDAS DE CARGA DISTRIBUÍDAS :

Diâmetro reator(f) : Comprimento tub. : Material : C= Perdas =

5.78 16.86 aço 125 42.76 Q
1,85

m m

Altura geométrica = Vazão 0 2.00 4.00 4.80 7.20 8.64
9.01

8.97 Hm 8.974 8.975 8.980 8.983 8.993 9.002

m V 0.00 0.06 0.12 0.14 0.22 0.26

m/m

ALTURA MANOMÉTRICA :

m/m m/m m/m m/m m/m m/m

m/s m/s m/s m/s m/s m/s

2.16
Hman

9.00 9.00 8.99 8.99 8.98 8.98 8.97 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 Vazão

Página 6

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->