Você está na página 1de 1

COMO DEVEM VIVER OS CRISTOS At 2. 42-44 Introduo Perseverana uma palavra que significa constncia, persistncia.

ia. Uma perseverana se faz com aquilo que propomos como algo duradouro. As coisas mundanas no existe nada de duradouro, tudo momentneo: usou, jogou fora. O pior que isso est virando moda no mundo de hoje quanto a pessoas. Tudo descartvel. De uma coisa temos certeza, estamos caminhando contra a correnteza da humanidade, como se nadssemos contra a correnteza de um rio. Se a igreja no acordar poder at entrar nesse modismo. Consciente e subconsciente (1) Perseveravam no Ensino dos Apstolos Perseveravam no ensino dos apstolos. Quer dizer que eles perseveravam na prtica de aprender com os apstolos, eram alunos, ou discpulos, vidos por conhecimento sob o comando dos apstolos. Esse ensino era alm de verbal, mas com testemunho de curas e sinais extraordinrios. Uma observao importante no ensino dos apstolos era a narrao dos fatos e dizeres de Jesus. (2) Perseveravam Na comunho Koinonia no era apenas uma vida diria em comum ou um sentimento bom, ou irmandade. Essa palavra tem sentido de corporao , empreendimento, sociedade. Sem nenhuma dvida, essa koinonia comunho, mas tambm solidariedade e compartilhamento de sentimentos, de bens e de atos. (3) No partir do po V46 - No quer dizer que eles apenas comiam juntos. a celebrao dessa comunho. Hoje, devemos fazer essa celebrao como complemento de nossa comunho. Esse o centro da adorao crist. uma ordenana do Senhor Jesus que deve ser feita em comunho (Mc 14. 22-26). At 2.46 - Vemos que os cristos perseveravam no comparecimento ao templo e no partir do po. Tambm vemos que faziam isso com alegria e singeleza de corao. Vemos, que a celebrao no s era lembrada a morte de Jesus, mas tambm, sua ressurreio e futuro retorno em glria. (4) Nas oraes No V47 vemos que estavam Louvando a Deus. O poder dessas oraes vo refletir em At 12.5; 10.4; CONCLUSO: