Você está na página 1de 1

Modelo atmico de Thomson

Alm dos eltrons, o que mais esta presente no tomo? Qual a estrutura do tomo? Em 1898, J. J. Thomson props respostas a estas perguntas com um modelo para a estrutura do tomo. Thomson raciocinou da seguinte maneira: eltrons podem ser retirados de um tomo deixando um on positivo que tem massa bem maior que um eltron. Talvez, portanto, cada tomo seja composto de uma parte positiva grande e pesada mais uma quantidade de eltrons menores e mais leves. Especificamente, o modelo do tomo de Thomson era uma esfera de carga eltrica positiva na qual estavam contidos alguns eltrons. Em 1897, o fsico ingls J. J. Thomson demonstrou que os raios catdicos podiam ser interpretados como um feixe de partculas carregadas, que foram chamadas eltrons. A atribuio de carga negativa aos eltrons foi uma atribuio arbitraria. Em 1904, Thomson apresentou o seu modelo atmico: uma esfera positiva na qual os eltrons esto distribudos mais ou menos uniformes.

A partir de uma experincia utilizando tubos de Crookes, Joseph John Thomson demonstrou que os raios catdicos podiam ser interpretados como um feixe de partculas carregadas negativamente e que possuam massa. Concluiu que essas partculas negativas deviam fazer parte de quaisquer tomos, recebendo assim o nome de eltron. O Modelo atmico de Thomson (1897) propunha ento que se o tomo no fosse macio (como havia afirmado John Dalton), mas sim um fluido com carga positiva (homogneo e quase esfrico) no qual estavam dispersos (de maneira homognea) os eltrons. Podemos fazer a analogia desse modelo atmico com um "Panetone" ou com um pudim recheado de uvas passas, em que a massa do panetone seria positiva e as passas seriam as partculas negativas.

CARGA ELTRICA:
A matria que constitui todos os materiais so constituidas de tomos.Os tomos so constituidos, pela concepo mais clssica,de prtons(P),