Você está na página 1de 2

Meia vida ou perodo de semidesintegrao (P) o tempo necessrio para que metade dos ncleos radioativos se desintegre.

. Essa relao de decaimento, feita para a massa de uma amostra, verificada no s para a quantidade em mol do istopo radioativo, mas tambm para o numero de tomos e, conseqentemente, para a sua velocidade de desintegrao. A meia vida no depende da quantidade da amostra inicial, nem afetada por alteraes de presso e temperatura, pois envolvem um processo nuclear. As meias vidas variam de bilhes de anos a fraes de segundos, como podemos observar na tabela a seguir (Colocar essa imagem no slide): http://www.crq4.org.br/sms/files/image/Tabela2tipos_de_radiacao_emitida.jpg Para calcular a relao massa - meia-vida, temos a seguinte formula:

Relao massa meia-vida M = massa residual (kg) Mo = massa inicial (kg) X = quantidade de meias-vidas

Exemplos de exerccios: 1) O csio-137 possui meia-vida de 30 anos. Se tivermos 12 g desse elemento, aps quanto tempo essa massa ser reduzida para 0,75 g? (Deixar espao no slide para resoluo no quadro)

2) Aps 12 dias, uma substncia radioativa tem a sua atividade reduzida para 1/8 da inicial. A meia-vida dessa substncia ser de: (Deixar espao no slide para resoluo no quadro)

3) Em Goinia, 100 g de 137CsC foram liberados de uma cpsula, antes utilizada em radioterapia, e causaram um grave acidente nuclear. O grfico representa a cintica de desintegrao desse istopo.

Para o 137Cs, o tempo de meia-vida e o tempo para que 87,5% tenha se desintegrado so, em anos, respectivamente: (Deixar espao no slide para resoluo no quadro)