Você está na página 1de 2

ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR JOO ALVES BATISTA ALUNO (A): _____________________________________________ TURMA: ________ ARAGUANA, ________ DE _______________ DE ___________

AVALIAO - CINCIAS 1 LIGUE OS PONTOS DA IMAGEM E ASSOCIE AS DUAS COLUNAS:

( 1 ) MOVIMENTO ( 2 ) REPOUSO ( 3 ) DESLOCAMENTO ( 4 ) VELOCIDADE ( # ) ACELERA$%O ( . ) VELOCIDADE M/DIA ( 0 ) TEMPO !

( ( ( ( ( ( (

) m/s2 )AB ) s/t ) segu !"s ) A m"&e'se em (e)*+," * B- e t," A ) A ," m"&e'se em (e)*+," * C- e t," A ) 1m/2

D A DEFINIO DESTES CONCEITOS: DESLOCAMENTO VELOCIDADE ACELERAO DISTANCIA TOTAL PECORRIDA

" SE A J#SSICA ANDAR 1 METRO A CADA SEGUNDO, $UANTOS %ILOMETROS ELA TER& ANDADO EM 1 'ORA(

) O %A*% FOI VISITAR O CIRCUITO DE INTERLAGOS NO GRANDE PREMIO DE FORMULA 1 DE !+1", ELE FOI UM DOS SORTEADOS PARA TESTAR UM CARRO DE F-1, O MESMO ESTAVA NA $UARTA VOLTA $UANDO O DANIEL RESOLVER CRONOMETRAR O TEMPO DELE, ELE PECORREU 1++- EM 1. NA RETA DE C'EGADA, A) $UAL A VELOCIDADE DO %A*% EM %ILOMETROS POR 'ORA(

B) SABENDO $UE O CIRCUITO TEM METROS ),"+/ METROS, $UAL # A DISTANCIA TOTAL PERCORRIDA DO %A*% EM %ILOMETROS DEPOIS DE 0 VOLTAS(

C) %A*% FOI TO BEM $UE SUBSTITUIU FERNANDO ALONSO NA FERRARI NESTA PROVA, ELE ACELEROU COM TUDO NA RETA OPOSTA A "!+ 1-23 PARA ULTRAPASSAR O LE4IS 'AMILTON, COMO ELE DEI5OU PRA FREAR MAIS TARDE PARA ULTRAPASS&-LO ELE REDU6IU PARA 7+ 1-23 EM APENAS !., $UAL # O VALOR DA DESACELERAO DELE, LEMBRE $UE # UMA ACELERAO RETR8GRADA, PORTANTO NEGATIVA, E ELE NO CONSEGUIU ULTRAPASSAR, POIS PEGOU A LIN'A DE FORA,

D) %A*% FOI TIRADO DA PROVA POR GROSJEAN NA VIG#SIMA TERCEIRA VOLTA COM UMA BATIDA NA TRASEIRA NA CURVA DA LARANJIN'A, $UAL FOI A DISTANCIA TOTAL PERCORRIDA DE %A*% NESTA PROVA EM METROS( O TAMAN'O DO CIRCUITO FOI CITADO NO ITEM B,

OBS34 PODE USAR O LIVRO E O CADERNO3 E TAMB/M PODE UTILI5AR A PARTE DE TR6S DA PROVA PARA C6LCULOS OU RESPOSTA3 OBS3 24 7A87 9OI DEMITIDO LO:O APOS A PROVA3
Pensamento: "O que hoje somos deve-se aos nossos pensamentos de ontem que condicionaram nosso comportamento, e so os nossos atuais pensamentos que constroem a nossa vida de amanh; a nossa vida a criao de nossa mente. Se um homem fa a ou atua com a mente impura, o sofrimento he se!uir" da mesma forma que a roda do carro se!ue ao anima que o arrasta". #$uda% B"* ;("&*