P. 1
Cinemática Velocidade Escalar - Teoria

Cinemática Velocidade Escalar - Teoria

|Views: 5|Likes:
Publicado porWendel Rharael
TEXTO FALANDO SOBRE Cinemática Velocidade Escalar - Teoria.
Fisica Newtoniana.
A ve lo cida de e s ca la r mé dia a pre s e nta s e mpre o me s mo s ina l que o de s lo ca me nto e s ca la r ( s ), po is o inte rva lo de
te mpo é s e mpre po s itivo . As s im, po de mo s te r velocidade escalar média po s itiva , ne ga tiva o u nula , de pe nde ndo
e xclus iva me nte do de s lo ca me nto e s ca la r.
TEXTO FALANDO SOBRE Cinemática Velocidade Escalar - Teoria.
Fisica Newtoniana.
A ve lo cida de e s ca la r mé dia a pre s e nta s e mpre o me s mo s ina l que o de s lo ca me nto e s ca la r ( s ), po is o inte rva lo de
te mpo é s e mpre po s itivo . As s im, po de mo s te r velocidade escalar média po s itiva , ne ga tiva o u nula , de pe nde ndo
e xclus iva me nte do de s lo ca me nto e s ca la r.

More info:

Categories:Topics
Published by: Wendel Rharael on Nov 11, 2013
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/31/2015

pdf

text

original

09/08/13

Cinemática: Velocidade Escalar - Teoria

cinemática
Física!
Vestibular
Datas de Inscrição Vestibular\Seriados\Enem Dicas Pre-Vestibular Escolha do Cursinho Humor

Cinemática - Velocidade Escalar
1. Velocidade Escalar Média Vimos que, quando um objeto está em movimento, ele muda de posição ao longo de sua trajetória. A cada posição do objeto, associamos um espaço (s ), e a variação de espaço representa o deslocamento escalar ( s ). A tal variação de espaço ocorre num intervalo de tempo ( t), definido pela diferença entre o instante final e o inicial do percurso. Quando relacionamos o deslocamento escalar s e o correspondente intervalo de tempo t, obtemos a velocidade escalar média (vm).

Sobre os Cursos
Descrição do Curso Pesquisar por Curso Concorrência Tipos de Formação

Compartilhe a VWP

A velocidade escalar média apresenta sempre o mesmo sinal que o deslocamento escalar ( s), pois o intervalo de tempo é sempre positivo. Assim, podemos ter velocidade escalar média positiva, negativa ou nula, dependendo exclusivamente do deslocamento escalar. No Sistema Internacional (SI), a unidade para a velocidade é o metro por segundo (m/s). Outras unidades, tais como cm/s e km/h são muito utilizadas. As relações entre elas são as seguintes:

Para transformar km/h para m/s, dividimos por 3,6 ; para o inverso, multiplicamos por 3,6 . Como exemplo, suponha um carro efetuando um deslocamento escalar de 36 km num intervalo de tempo de 0,50 h. A sua velocidade escalar média neste percurso corresponde a:

O resultado encontrado (72 km/h = 20 m/s), significa a suposta velocidade escalar constante que o carro poderia ter utilizado no trajeto. 1. Velocidade Escalar Instantânea Alguns dos meios de transporte utilizados pelo homem – carro, trem, avião – possuem um instrumento – o velocímetro – que indica o módulo da velocidade escalar instantânea ( ), ou seja, o valor absoluto da velocidade escalar do móvel no instante em que efetuamos a leitura, em relação à Terra.

Quando o movimento for progressivo, a velocidade escalar instantânea será positiva ( retrógrado, negativa ( < 0).

> 0) e quando for

Esta velocidade pode ou não coincidir com a velocidade escalar média do movimento. Enquanto a primeira representa a velocidade real ( ) num determinado instante, a segunda indica a velocidade escalar hipotética ( m) que o móvel poderia ter mantido entre dois instantes. Se o móvel mantiver sua velocidade escalar instantânea constante, então sua velocidade escalar média coincidirá com a instantânea. A determinação da velocidade escalar instantânea é feita a partir da velocidade escalar média ( s/ t), fazendo-se o intervalo de tempo ( t) tender a zero, isto é, tender a um valor extremamente pequeno, que acarretará uma variação de espaço ( s) também extremamente pequena e, nessas condições, a velocidade escalar média tenderá para um valor que expressa a velocidade escalar instantânea. Assim, escrevemos:

Na equação acima, lim significa limite. Em termos práticos, podemos determinar a velocidade escalar instantânea da seguinte forma:

O físico e matemático inglês Isaac Newton descobriu, no século XVII, o processo matemático denominado derivação de funções, que permitiu obter certas grandezas instantâneas. A partir disto, temos:

Simbolicamente, isto é expresso assim: (lê-se derivada de s em relação a t)

Cada função matemática tem a sua derivada específica. Para o estudo da Cinemática, no ensino médio, tem grande importância a derivada de uma função polinomial, a qual é calculada de acordo com a técnica descrita a seguir. • Função horária dada:

www.vestibulandoweb.com.br/fisica/teoria/cinematica-2.asp

1/2

.asp 2/2 . Cinemática: equação horária. Ela nos permite determinar a velocidade escalar num instante t qualquer. Veja dicas para não perder tempo. Fundamentos de Cinemática.br/fisica/teoria/cinematica-2. Resolução: Leia mais.UFV 2006 Discursiva. Prova de física resolvida . Guia de estudo de Física. Cinemática: espaço e tempo. Todos os direitos reservados. Vestibulando Web .5t + 7 (SI) Obter a velocidade escalar do móvel num instante t.Teoria A expressão final é denominada função horária da velocidade.09/08/13 • Indicação da derivada: • Cálculo da derivada: Cinemática: Velocidade Escalar .Cinemática www.com. » » » » » » » Prova resolvida da Fuvest 2009 Material teórico: introdução à Termometria. Exemplo: A função horária do espaço de um móvel é dada por: s = 2t3 + 4t2 ..Copyright 1999-2010.vestibulandoweb. Quem Somos? | Publicidade | Política de Privacidade .

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->