Você está na página 1de 2

O conversor Boost trata-se de um elevador de tenso, caracterizado por ter entrada em corrente e sada em tenso.

Na Figura (1) apresentada a configurao bsica do conversor, o qual em tese tem como menor valor de sada a prpria tenso de entrada. O circuito consiste na aplicao de um interruptor S, um diodo D, um indutor L, uma fonte constante E na entrada, um capacitor C utilizado como filtro, alm da carga representada pelo resistor R.

Figura (1) Na primeira etapa de funcionamento do conversor boost, o indutor carregado, pois o interruptor est fechado.

Figura (2)

J na segunda etapa, o interruptor esta aberto, ento o indutor descarregado:

Figura (3) A seguir, so mostradas as formas de onda do conversor Boost.

Figura (4): Formas de onda do conversor Boost. O ganho esttico obtido por sua estrutura expresso pela Equao (1) (1) Onde: G: Ganho esttico do conversor D: Razo Cclica de chaveamento A razo cclica representa o tempo em que a chave fica no estado ligado, em um intervalo especfico de tempo. Isto , quanto maior a razo cclica, maior o tempo em que a chave permanece ligada e menor o tempo que permanece desligada. intuitiva a anlise de que, ao ser utilizado um valor de razo cclica prximo ao unitrio, o ganho esttico tende ao infinito. Entretanto, na prtica, o ganho esttico mximo do conversor boost padro de aproximadamente cinco. Ainda, devido prpria topologia do boost, a chave exposta ao mesmo valor de tenso da sada, e tambm a uma elevada corrente de entrada. Essa situao exige a utilizao de chaves mais caras para manter um rendimento aceitvel. No suficiente, devido comutao no suave, as perdas no chaveamento e na recuperao reversa so significativas. Como alternativa ao boost padro, novas topologias foram desenvolvidas para obteno de altos valores de ganho esttico e alta eficincia, utilizando acoplamentos magnticos e capacitores chaveados.