Você está na página 1de 1

Obrigado, Oxal, pela f que me sustenta, Pelos amigos que fiz E continuo fazendo.

Obrigado, Oxal, Pelas benos de Ogum, Pela proteo de Iemanj, pelo amor de Oxum. Obrigado, Oxal, Pela fora de Ians, Pela retido de Xang, Pelo colo de Nan. Obrigado, Oxal, Pelo equilbrio de Oxosse, Pelas curas de Omulu, pelas cores de Oxumar. Obrigado, Oxal, Pelas folhas de Osse, Pelas Crianas que enchem de alegria nossos Terreiros, Pela amizade dos Boiadeiros. Obrigado, Oxal, Pela humildade dos Pretos-Velhos, Pelas Almas Santas e Benditas, Pela cumplicidade de Exu e Pomba Gira. Obrigado, Oxal, por fazer de mim um instrumento de trabalho.