P. 1
exercicio de resistores

exercicio de resistores

|Views: 30.540|Likes:
Publicado poradenilza silva

More info:

Published by: adenilza silva on Aug 12, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/15/2013

pdf

text

original

EDUCACIONAL

Física
Eletrodinâmica

RESISTORES
01. Determinar a energia elétrica fornecida a 5 C de carga elétrica que atravessa uma bateria de 12 V.
Resolução:

τ = U . q = 12 . 5 = 60 J
03. (UnB) Na figura, representa-se um certo trecho de um circuito elétrico. Qual a resistência equivalente entre os terminais A e B ?
R R R

02. (PUC) Para o circuito da figura, a resistência equivalente entre os terminais A e B é de: a) b) c) d) e) 10 Ω 5,33 Ω 2,4 Ω 1,0 Ω 0,33 Ω
A 3Ω 2Ω 4Ω 1Ω

A R R

B Resolução: Resolução:
4Ω

R R R

B

2R B

A
A B

4Ω 2Ω

R

R 2R

R

R

A R R R R R

B

2Ω

Req = R + R + R + R + R = 5 R ⇒
A B

2Ω ⇒ Alternativa D
A 1Ω B

04. (FCC) Um resistor de 100 ohms é percorrido por uma corrente elétrica de 20 miliampères. A diferença de potencial nos terminais do resistor, em volts, é igual a: a) 2,0 d) 2,0 x 103
Resolução: U=R.i ⇒ U = 100 . 20 x 10–3 = 2 V Alternativa A

b) 5,0 e) 5,0 x 103

c) 2,0 x 10

FISSEM2702-R

1

2
a) b) c) d) e)

FÍSICA

ELETRODINÂMICA
EDUCACIONAL

05. (FUVEST) Na associação de resistores da figura abaixo, os valores de I e de R são, respectivamente: 8Ae5Ω 5Ae8Ω 1,6 A e 5 Ω 2,5 A e 2 Ω 80 A e 160 Ω
20 Ω 4A I 16 A 10 Ω

Resolução: • Cálculo da ddp no resistor de 20 Ω: U = R . i = 20 . 4 = 80 V • Cálculo da corrente no resistor de 10 Ω: I= U 80 = = 8A R 10 U 80 = = 5Ω i 16

R

• Cálculo da resistência R: R=

Alternativa A

06. (FUVEST) Considere dois fios de cobre. Um tem o dobro do diâmetro do outro, mas os dois têm a mesma massa. Sejam R1 e R2 as resistências elétricas dos fios fino e grosso, respectivamente. Qual será a relação entre R1 e R2? a) R1 = 2 R2 b) R1 = 4 R2 c) R1 = 16 R2 d) R1 = R2 e) R1 = 1/2 R2

Resolução: R=

ρ.l ρ.l1
A1 A e R2 =

R1 =

ρ.l 2
A2

R1 ρ . l 1 A 2 = . R2 A1 ρ . l


2

R1 l 1 .A 2 = R 2 l 2 .A1

m1 = m2 V1 = V2

⇒ d1 . V1 = d2 . V2

d1 = d2 mesmo fio (cobre) ∴

A1 . l1 = A2 . l2 ⇒

l1 =

A2 . l 2 A1
2

2  R1 A 2 . l 2 . A 2 A 2  π ( 2r1 )  = = 2 = 2  = 16 ⇒ R1 = 16 R2 R 2 A1 . l 2 . A1 A 2   π ( r1 )  1  

Alternativa C

07. (PUC) Submetem-se dois fios A e B feitos de um mesmo material, à mesma tensão elétrica. O comprimento do fio A é o dobro do comprimento do fio B e a área da seção reta de A é igual à metade da seção reta de B. Qual a razão entre as intensidades das correntes elétricas em A e B (iA/iB) ? a) 4
Resolução: R=

08. (PUC) Uma residência é iluminada por 12 lâmpadas de incandescência, sendo 5 de 100 W e 7 de 60 W, cada. Para uma média diária de 3 horas de plena utilização das lâmpadas, qual a energia consumida (em kWh) por essas lâmpadas, num mês de 30 dias ? a) b) c) d) e) 27,60 920 8,28 2,70 82,8

b) 2

c) 1

d) 1/2

e) 1/4

ρ.l
A

ρ.l A ⇒ RA = AA
AB 2

e

RB =

ρ.l B
AB

lA = 2 lB e AA =
RA = Sendo

portanto temos:

Resolução: E = P . ∆t = 5 . 100 . 3 + 7 . 60 . 3 = 2760 kWh (1 dia) 30 dias → 2760 . 30 = 82,8 kWh Alternativa E Alternativa E

ρ . 2l B
AA

ρ.l B e RB = 2A A
⇒ RA . iA = RB . iB ⇒ i iA = B 4

U=R.i . iA =

ρ . 2l B
AA

ρ.l B
2A A

. iB

FISSEM2702-R

ELETRODINÂMICA
EDUCACIONAL

FÍSICA

3

09. (MACK) Dois resistores de 20 Ω e 80 Ω são ligados em série a dois pontos onde a ddp é constante. A ddp entre os terminais do resistor de 20 Ω é de 8 V. A potência dissipada por esses dois resistores é de: a) 0,51 W
Resolução: P1 =
2 U1 82 64 = = = 3, 2 W R1 20 20

11. (UF-RS) Três resistores iguais a R são interligados por fios de resistência desprezível, conforme o esquema abaixo. O valor da resistência equivalente entre os terminais a e b é: a) b) c) d) e) R/3 R/2 R 2R 3R

b) 0,64 W

c) 3,2 W

d) 12,8 W

e) 16 W

A

R

R

R

B

Resolução: Redesenhando o circuito: A R eq = R 2 ⇒ R B

U 8 ⇒ i= = 0, 4A i= R 20 P2 = R 2 . i2 = 80 . 0,42 = 12,8 W

PT = 3,2 + 12,8 = 16 W Alternativa E

Alternativa B

R

10. (FUVEST) A figura mostra um trecho de circuito com 3 lâmpadas funcionando de acordo com as características especificadas. Os pontos A e B estão ligadas numa rede elétrica. A potência dissipada por L3 é: a) b) c) d) e) 75 W 50 W 150 W 300 W 200 W
A L3 L2 B

12. A figura representa o gráfico tensão x corrente de um resistor de 100 Ω. O valor de x, em A, é de: a) b) c) d) e) 100 20 2 0,5 0,2
U (V) 20

L1 (100V/50W) L2 (100V/100W) L3 (100V)
L1

x

i (A)

Resolução: U=R.i ⇒ 20 = 100 . i ⇒ i = 0,2 A

Alternativa E

Resolução: P=U.i
i1 = P1 50 = = 0,5 A U1 100

13. (FATEC) Em uma instalação elétrica de um chuveiro para 220 V e 20 Ω, o fusível deve — para não abrir o circuito — suportar a corrente de, pelo menos: a) b) c) d) e) 200 A 4400 A 11 A 220 A 20 A

P 100 i2 = 2 = =1A U 2 100 iT = i1 + i2 = 1,5 A P3 = U3 . iT = 100 . 1,5 = 150 W Alternativa C

Resolução: U=R.i ⇒ Alternativa C 220 = 20 . i ⇒ i = 11 A

FISSEM2702-R

4
a) b) c) d) e)

FÍSICA

ELETRODINÂMICA
EDUCACIONAL

14. (MACK) No circuito abaixo, a intensidade de corrente no resistor de 8 Ω é: 20 A 16 A 12 A 8A 4A
2Ω 92 V 1Ω 8Ω 2Ω

17. (FUVEST) Quatro lâmpadas idênticas L de 110 V devem ser ligadas a uma fonte de 220 V, a fim de produzir, sem queimar, a maior claridade possível. Qual a ligação mais adequada? a)
L L L L

b)
L

L L L

Resolução:
2 92 V

c) Ω
1,6 L L L

d)
L L L

L

1

Ω e)

92 i= = 20A 2 + 1 + 1,6 Tensão no resistor de 1,6 Ω: Corrente no resistor de 8 Ω: U = R . i = 1,6 . 20 = 32 V i= 32 = 4A 8 Alternativa E

L

L

L

L

L

15. (Cesgranrio-RJ) Um fio cilíndrico de comprimento l e raio de seção reta r apresenta resistência R. Um outro fio, cuja resistividade é o dobro da primeira, o comprimento é o triplo e o raio é r/3 terá resistência igual a: a) R/54
Resolução: R= 2ρ . 3l 6ρl . 9 ρ.l ρl ⇒ R' = = = 54 ⇒ R' = 54 R 2 2 2 π. r πr πr 2 r π   3

Resolução: U2 , devemos ter o menor valor de R para obter a R maior potência, o que ocorre na ligação paralela. Mas as lâmpadas suportam no máximo 110 V, daí: Alternativa C Como P =

b) 2R

c) 6R

d) 18R

e) 54R 18. (FUVEST) O esquema mostra três fios entre os quais se ligam algumas lâmpadas iguais.
110 V P 0V (neutro) – 110 V

Alternativa E

16. (UNICAMP) Um chuveiro elétrico, ligado a uma rede de 220 V, consome 1220 W de potência. a) Qual a intensidade de corrente elétrica utilizada pelo chuveiro ? b) Qual a resistência do chuveiro ?
Resolução: U = 220 V P = 1220 W a) P = U . i b) P = U R
2

a) Qual a tensão aplicada às lâmpadas quando o “fio neutro” está ligado ? b) Se o fio neutro quebrar no ponto P, qual a tensão aplicada às duas lâmpadas de baixo ?
Resolução: a) 110 V b) i = 220 880 = R R 3R + 4 2 + 110 V R 4

1220 = 220 . i 220 R
2

⇒ ⇒

i ≅ 5,55 A R ≅ 39,7 Ω

⇒ 1220 =

R 880 ≅ 147 V U=R.i ⇒ U= . 2 3R

R 2 – 110 V

FISSEM2702-R

ELETRODINÂMICA
EDUCACIONAL

FÍSICA

5

19. (FUVEST) Um chuveiro elétrico opera a uma tensão de 220 V e consome 2 200 W.
Calor específico da água ≅ 4,2 J/ (g ºC)

22. No esquema ilustrado abaixo, temos E = 6 V e r = 0,6 Ω. Para essa associação de geradores, determine:
r r r E E E r E

a) Qual é a resistência elétrica desse chuveiro ? b) Imaginando que você utilize esse chuveiro para tomar um banho com água à temperatura de 37ºC e que a temperatura ambiente da água é 27ºC, calcule a vazão da água, em litros por segundo, que você deve exigir desse chuveiro.
Resolução: a) U = 220 V P = 2200 W P= U2 220 2 ⇒ 2200 = R R ⇒ ⇒ R = 22 Ω Resolução:

R

a) a força eletromotriz. b) a resistência elétrica interna.

a) ET = E + E = 2E = 2 . 6 = 12V ⇒ ET = 12V b) Rinterna = r 0,6 0,6 + 1,8 2, 4 +r= + 0,6 = = 3 3 3 3

b) Q = m . c . ∆θ E = P . ∆t E = 2200 . 1 = 2200 J/s ≅ 523,8 cal/s 523,8 = m . 1 (10) ⇒ m = 52,38 g/s = 0,052 L/s

Rinterna = 0,8Ω Ω

GERADORES
20. (Santa Casa) O gráfico abaixo representa um gerador. Qual o rendimento desse gerador quando a intensidade da corrente que o percorre é de 1 A ?
U(V) 40

23. A curva característica de um receptor elétrico é fornecida abaixo. Determine, para esse receptor:
U(V) 70

50 i(A) 0 2,0

0 Resolução:

i(A) 4

Do gráfico, temos que E = 40V (pois quando i = 0 ⇒ U = E) e para i = 1A, U = 30V

a) a resistência interna. b) a potência recebida pelo receptor ao ser percorrido por uma corrente de 2,0 A. c) as potências útil e dissipada internamente nas condições do item b. d) o rendimento desse receptor nas mesmas condições.
Resolução: a) U = E + R . i R = 10 Ω ⇒ 70 = 50 + R . 2 ⇒ P = 140W

η=

U 30 = = 0,75 ⇒ E 40

η = 75%

21. (U.Viçosa-MG) A uma bateria de 12 volts é ligada uma resistência R, de tal maneira que a corrente elétrica no circuito é de 1,0 A. Sabe-se que a queda de tensão através da resistência R é de 10 volts. Então, pode-se afirmar que a resistência interna da bateria é de: a) 3 Ω b) 4 Ω c) 1 Ω d) 2 Ω e) 5 Ω

b) P = U . i = 70 . 2

c) PU = E . i = 50 . 2 ⇒ PU = 100W PD = R . i2 = 10 . 22 E 50 ⇒ PD = 40W

Resolução: U = E – r . i ⇒ 10 = 12 – r . 1 ⇒ r = 2Ω Ω Alternativa D d)

η = U = 70 ⇒ η ≅ 71%

FISSEM2702-R

6

FÍSICA

ELETRODINÂMICA
EDUCACIONAL

24. (MACK) Dado o circuito
50 V 7V 2Ω 1Ω 4Ω 3Ω 3V

Resolução: Tensão equivalente: 50 – 7 – 3 = 40V Resistência equivalente: 4 + 3 + 2 + 1 = 10Ω a) i= 40 10 ⇒ i = 4A ⇒ R = 10Ω Ω

Determine: a) b) c) d) e)

o valor da corrente. o sentido da corrente. a potência dissipada em cada resistor. quem é gerador. quem é receptor.

b) Anti-horário. (pois a corrente no sentido convencional sai do positivo e vai para o negativo) c) P = R . i2 ⇒ P1 = 1 . 16 = 16W P2 = 2 . 16 = 32W P3 = 3 . 16 = 48W P4 = 4 . 16 = 64W d) 50V e) 3V e 7V ⇒ ⇒ ⇒ ⇒ (1Ω) Ω) (2Ω) Ω) (3Ω) Ω) (4Ω) Ω)

25. (PUC) Seja a figura do esquema, onde E = 110 V (desprezada a resistência interna) e R = 30 ohms.
A K E = 110 V R B

Resolução: R R 3R + 2R + 6R 11R + = = 2 3 6 6 110 110 . 6 = = 2A i= 11R 11 . 30 6 R eq = R + PAB = 30 . 22 = 30 . 4 ⇒ PAB = 120 W

R R D R

R

R

R

C

PBC = 15 . 4 PCD = 10 . 4 Alternativa E

⇒ ⇒

PBC = 60 W PCD = 40 W

A potência dissipada (em watts) entre os pontos A e B, B e C, C e D ao fecharmos a chave será, respectivamente: a) b) c) d) e) 30, 60 e 90 30, 15 e 10 20, 30 e 60 40, 60 e 120 120, 60 e 40

26. (Cesgranrio-RJ) Quatro lâmpadas (L) idênticas, conectadas conforme a figura, são alimentadas por um gerador de resistência interna desprezível. Nessa situação, a corrente que atravessa o gerador vale i. Queimando uma das lâmpadas, qual será a nova corrente fornecida pelo gerador?
i

Resolução: i= E E = Leq L

a) b) c) d) e)

1/2 i 2/3 i 3/4 i 4/3 i 3/2 i

Após queimar: L L i' = L L E L L+ 2 = 2i 2E 3L . i ' ⇒ E= = L . i ⇒ i' = 3 3L 2 + –

E

Alternativa B

FISSEM2702-R

ELETRODINÂMICA
EDUCACIONAL

FÍSICA

7

27. (FEI) Uma pilha tem força eletromotriz E = 1,44 V e resistência interna r = 0,5 Ω. A resistência externa do circuito que ela alimenta vale R = 8,5 Ω. Determinar a tensão entre os terminais da pilha.
– + r i

30. (FEI) No circuito da figura, a bateria tem resistência interna desprezível e i1 = 1,0 A. A força eletromotriz da bateria e a corrente que passa por ela valem, respectivamente:
2Ω

E

a) b) c) d) e)

6V 6V 6V 6V 3V

e e e e e

2A 1A zero 3A zero
1Ω E=4.1+2.1 ⇒

4Ω

E

2Ω

R

Resolução: Resolução: E = (r + R) . i ⇒ U=E–r.i U = 1,36V ⇒ 1,44 = 9 . i ⇒ i = 0,16A E = U1 + U2 ⇒ i2 = 6 = 2A 1+ 2 ⇒ iT = 3A

i1 E = 6V

U = 1,44 – 0,5 . 0,16

i1 + i2 = 3A

Alternativa D

28. (FEI) Liga-se um resistor de resistência R = 39 ohms a uma bateria de fem 10 V e resistência interna 1,0 ohm. Pedem-se:
E = 10 V – + r=1Ω R = 39 Ω

31. (MACK) A ddp nos terminais de um receptor varia com a corrente, conforme o gráfico abaixo. A fcem e a resistência interna desse receptor são, respectivamente:
U (V)

25 22 i (A) 0 2,0 5,0

a) a intensidade de corrente elétrica i no circuito. b) a ddp nos terminais do resistor R.
Resolução: a) i = E 10 = ⇒ R + r 39 + 1 i = 0,25A

a) 25 V c) 20 V e) 11 V

e 5,0 Ω e 1,0 Ω e 1,0 Ω

b) 22 V e 2,0 Ω d) 12,5 V e 2,5 Ω

b) U = 10 – 1 . 0,25 ⇒ U = 9,75V

Resolução: Do gráfico, temos: Para i = 0, E = 20V, pois para cada variação de 3A, temos uma variação de 3V. U = E + R . i ⇒ 22 = 20 + R2 ⇒ R = 1Ω Alternativa C Ω

29. (PUC) Numa pilha está escrito 1,5 V. Liga-se uma lâmpada de resistência 3,0 Ω aos terminais da pilha e verifica-se uma corrente de praticamente 0,50 A no circuito. A resistência interna da pilha é: a) 0,50Ω b) 1,0Ω c) 1,5Ω d) 2,0Ω e) desprezível
Resolução: E = (R + r) . i Alternativa E ⇒ 1,5 = (3 + r) . 0,5 ⇒ r ≅ 0Ω Ω

32. Um motor elétrico de força contra-eletromotriz de 150V e resistência elétrica interna de 10Ω é submetido a uma diferença de potencial de 220V. Determine a intensidade da corrente elétrica que atravessa o motor elétrico: a) quando ele funciona em condições normais. b) quando ele é impedido de girar.
Resolução: U=E+R.i a) 220 = 150 + 10 . i ⇒ i = 7A b) E = 0 220 = R . i ⇒ 220 = 10 . i ⇒

i = 22A

FISSEM2702-R

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->