Você está na página 1de 2

III Das Atividades Complementares

Art. 7. Compem-se as Atividades Complementares do currculo pleno do Curso de Medicina Veterinria, um total mximo de 240 horas de acordo com a resoluo do CNE/CES de:
Descrio da atividade Estgios extra-curriculares realizados na prpria instituio ou fora dela Disciplinas de Graduao, cursadas na sua totalidade em outras instituies de Ensino Superior, dependentes de prvia e expressa validao do Coordenador do Curso para cmputo de Atividades Complementares Participao em Projetos e Programas de Pesquisa e Extenso, aprovados pela Coordenao do Ncleo de Pesquisa em Educao e Sade (NUPEES) Monitorias realizadas no mbito do Curso de Graduao Atividades diversas em reas de interesse do curso de Medicina Veterinria (seminrios, simpsios, congressos, convenes, conferncias, palestras, etc) Assistir, comprovadamente, apresentaes de Trabalhos de Concluso de Curso em reas de interesse do curso de Medicina Veterinria (Relatrios, Monografias, Dissertaes e Teses), analisadas e autorizadas antecipadamente pelo Coordenador do Curso de Graduao Realizao de cursos de aperfeioamento ou atualizao em reas de interesse do curso de Medicina Veterinria Outras atividades fora do mbito da FACIMED que sejam de interesse do curso, analisadas e autorizadas, em cada especificidade, pela Coordenao do Curso de Graduao Horas limite mximo de 180 horas de atividades

at o limite mximo de 40 horas

at o limite mximo de 100 horas

at o limite mximo de 120 horas

at o limite mximo de 160 horas

at o limite mximo de 20 horas

at o limite mximo de 100 horas

at o limite mximo de 40 horas

1 As atividades profissionais na rea educacional ou de sade no sero aproveitadas como Atividades Complementares.

2 Atividades desenvolvidas antes do ingresso do acadmico no Curso, quaisquer que sejam no tero validade para o cmputo de horas de Atividades Complementares.

A realizao

das

Atividades

Complementares

deve ocorrer sem

comprometimento da freqncia regimental ao Curso de Graduao (75% de presena obrigatria), inexistindo a figura do abono de faltas.

4. pr-requisito indispensvel validao das Atividades Complementares previstas no art. 7 que o acadmico apresente material comprobatrio de praxe.