Você está na página 1de 1

DIREITO CIVIL PARTE GERAL RESUMO DA AUSNCIA

Conceito Ausente a pessoa que desaparece de se domiclio sem dar notcia de seu paradeiro e sem deixar um representante ou procurador para administrarlhe os bens (CC, art 22). A situa a) A b) A c) A o do ausente passa por tr!s "ases# da curadoria do ausente$ da sucess o pro%is&ria$ e da sucess o de"initi%a.

Fases

Curadoria dos bens do ausente

'esaparecido o indi%duo sem que tenha deixado procurador com poderes para administrar os seus bens, o (ui) nomear-lhe-* curador (CC, art. 22). A curadoria "ica restrita aos bens, n o produ)indo e"eitos de ordem pessoal, e prolon+a-se por um ano, durante o qual ser o publicados editais, de dois em dois meses, con%ocando o ausente a reaparecer. Cessa a curadoria# a) ,elo comparecimento do ausente$ b) ,ela certe)a da morte do ausente$ c) ,ela sucess o pro%is&ria. .nicia-se cento e oitenta dias ap&s a publica o da sentena que a determinar. /s bens ser o entre+ues aos herdeiros, como se o ausente "osse "alecido, porm em car*ter pro%is&rio. /s colaterais ter o que prestar +arantia da restitui o deles para serem imitidos na posse. 0ssa "ase cessa pelo comparecimento do ausente. Con%erter-se-* em de"initi%a# a) 1uando hou%er certe)a da morte do ausente$ b) 'e) anos depois de passada em (ul+ado a sentena de abertura da sucess o pro%is&ria$ e c) 1uando o ausente contar oitenta anos de idade e hou%erem decorrido cinco anos das 2ltimas notcias suas (C,C, art. 3.345, ...$ CC, arts. 65 e 67). A sua abertura e o le%antamento das cau8es prestadas poder o ser requeridos pelos interessados de) anos depois de passada em (ul+ado a sentena que concedeu a abertura da sucess o pro%is&ria ou pro%ando-se que o ausente conta oitenta anos de idade e decorreram cinco anos das 2ltimas notcias suas. Constitui causa da dissolu o da sociedade con(u+al (CC, art. 3.953, par*+ra"o 3:). Aberta a sucess o de"initi%a, os sucessores deixam de ser pro%is&rios, adquirindo o domnio dos bens, mas de modo resol2%el, porque, se o ausente re+ressar, receber* os bens existentes no estado em que se acharem, os sub-ro+ados em seu lu+ar ou o preo que os herdeiros hou%erem recebido pelos bens alienados (CC, art. 6<).

-ucess o ,ro%is&ria

-ucess o de"initi%a

;etorno do ausente