P. 1
Virgula e Reticências

Virgula e Reticências

|Views: 2.540|Likes:
Publicado porJanaina Antunes

More info:

Published by: Janaina Antunes on Aug 15, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/02/2013

pdf

text

original

PONTUAÇÃO

Através da fala somos capazes de expressar com clareza as dúvidas, surpresas, afirmações etc. O recurso que utilizamos na língua escrita para dar maior clareza ou expressividade ao nosso texto é a pontuação.

VÍRGULA (,)
A vírgula indica uma pausa pequena, deixando a voz em suspenso à espera da continuação da frase. Empregamos a vírgula para separar termos de uma oração ou orações. Emprega-se a vírgula para: a) separar os elementos enumerados de uma oração. Ex.: O diretor conversou com pais, alunos, professores e funcionários da escola. b) nas datas, separar o nome dos lugares. Ex.: Rio de Janeiro, 05 de março de 2009. c) indicar ausência de um termo (um verbo). Ex.: Eu comprei uma blusa; ela, um vestido. d) nas respostas sim e não, no início da frase. Ex.: Sim, eu estarei lá. / Não, irei com você. e) separar uma explicação: Ex.: Janaina Antunes, professora de língua portuguesa, ganhou um grande prêmio. f) separar expressões explicativas ou de correção. Ex.: Vejamos, por exemplo, a história da dona Maria. Sabíamos tudo o que acontecia, aliás, quase tudo. g) para separar orações: Ex.: Não discutimos o assunto, porque não tomamos nenhuma providência. h) para isolar o vocativo. Ex.: Vai, Carlos; é tarde.
 Importante: Nunca use vírgula para separar o sujeito do predicado. Ex.: João não quis fazer o exercício.

RETICÊNCIAS (...)

São utilizadas para indicar uma suspensão, uma interrupção na frase, continuidade das ideias: a) interrupção: Ele começou dizendo: - Gostaria que ouvissem o que eu... – de repente um barulho ensurdecedor impediu-o de falar. b) uma dúvida: Estive pensando... será que não seria melhor... c) continuidade da ideia: Você sabe muito bem: que o Armando anda fazendo...

PONTUAÇÃO Através da fala somos capazes de expressar com clareza as dúvidas, surpresas, afirmações etc. O recurso que utilizamos na língua escrita para dar maior clareza ou expressividade ao nosso texto é a pontuação.
VÍRGULA (,)

PONTUAÇÃO Através da fala somos capazes de expressar com clareza as dúvidas, surpresas, afirmações etc. O recurso que utilizamos na língua escrita para dar maior clareza ou expressividade ao nosso texto é a pontuação.
VÍRGULA (,)

A vírgula indica uma pausa pequena, deixando a voz em suspenso à espera da continuação da frase. Empregamos a vírgula para separar termos de uma oração ou orações. Emprega-se a vírgula para: a) separar os elementos enumerados de uma oração. Ex.: O diretor conversou com pais, alunos, professores e funcionários da escola. b) nas datas, separar o nome dos lugares. Ex.: Rio de Janeiro, 05 de março de 2009. c) indicar ausência de um termo (um verbo). Ex.: Eu comprei uma blusa; ela, um vestido. d) nas respostas sim e não, no início da frase. Ex.: Sim, eu estarei lá. / Não, irei com você. e) separar uma explicação: Ex.: Janaina Antunes, professora de língua portuguesa, ganhou um grande prêmio. f) separar expressões explicativas ou de correção. Ex.: Vejamos, por exemplo, a história da dona Maria. Sabíamos tudo o que acontecia, aliás, quase tudo. g) para separar orações: Ex.: Não discutimos o assunto, porque não tomamos nenhuma providência. h) para isolar o vocativo. Ex.: Vai, Carlos; é tarde.  Importante: Nunca use vírgula para separar o sujeito do predicado. Ex.: João não quis fazer o exercício.
RETICÊNCIAS (...)

A vírgula indica uma pausa pequena, deixando a voz em suspenso à espera da continuação da frase. Empregamos a vírgula para separar termos de uma oração ou orações. Emprega-se a vírgula para: a) separar os elementos enumerados de uma oração. Ex.: O diretor conversou com pais, alunos, professores e funcionários da escola. b) nas datas, separar o nome dos lugares. Ex.: Rio de Janeiro, 05 de março de 2009. c) indicar ausência de um termo (um verbo). Ex.: Eu comprei uma blusa; ela, um vestido. d) nas respostas sim e não, no início da frase. Ex.: Sim, eu estarei lá. / Não, irei com você. e) separar uma explicação: Ex.: Janaina Antunes, professora de língua portuguesa, ganhou um grande prêmio. f) separar expressões explicativas ou de correção. Ex.: Vejamos, por exemplo, a história da dona Maria. Sabíamos tudo o que acontecia, aliás, quase tudo. g) para separar orações: Ex.: Não discutimos o assunto, porque não tomamos nenhuma providência. h) para isolar o vocativo. Ex.: Vai, Carlos; é tarde.  Importante: Nunca use vírgula para separar o sujeito do predicado. Ex.: João não quis fazer o exercício.
RETICÊNCIAS (...)

São utilizadas para indicar uma suspensão, uma interrupção na frase, continuidade das ideias: a) interrupção: Ele começou dizendo: - Gostaria que ouvissem o que eu... – de repente um barulho ensurdecedor impediu-o de falar. b) uma dúvida: Estive pensando... será que não seria melhor... c) continuidade da ideia: Você sabe muito bem: que o Armando anda fazendo...

São utilizadas para indicar uma suspensão, uma interrupção na frase, continuidade das ideias: a) interrupção: Ele começou dizendo: - Gostaria que ouvissem o que eu... – de repente um barulho ensurdecedor impediu-o de falar. b) uma dúvida: Estive pensando... será que não seria melhor... c) continuidade da ideia: Você sabe muito bem: que o Armando anda fazendo...

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->