P. 1
DPC_SATPRES_Informática_MOkamura_Aula6_Aula6_27032013_TiagoFerreira

DPC_SATPRES_Informática_MOkamura_Aula6_Aula6_27032013_TiagoFerreira

|Views: 16|Likes:

More info:

Published by: Marcio Oliveira Lima on Nov 22, 2013
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/30/2014

pdf

text

original

DPC SEMESTRAL Informática Marcos Okamura Data: 27/03/2013 Aula 6 RESUMO SUMÁRIO 1) Redes / Internet...continuação.

P3 - REDES / INTERNET INTERNET: Funcionamento do Youtube: O grande fator descoberto pelo Youtube foi o equívoco no uso do protocolo TCP/IP para o transporte de vídeos. Assim, o Youtube usou o protocolo UDP (user datagram protocol), que também serve para transporte, mas não é confiável na transmissão completa de todos os datagramas antes e durante a exibição do vídeo, o que pode acarretar em “falhas” na exibição - porém tocará os datagramas mesmo que nem todos tenham sido recebidos. UDP: É um protocolo de transmissão. Toca o datagrama independentemente de ter recebido tudo por completo. É possível que nem todos os datagramas sejam recebidos, razão pela qual não é considerado confiável. *Ele não monta o arquivo no seu computador antes da exibição como o faz o TCP (este quebra e remonta). Isso justifica o porquê de não ser possível salvar vídeos do Youtube (até existe um programa para tanto) simplesmente toca os datagramas, não os remonta. *O UDP é protocolo não orientado à conexão. Na verdade os datagramas não são enviados ao solicitante estes são tocados no próprio site do Youtube. Em suma, o protocolo UDP fornece serviço de transporte, sem orientação à conexão, com entrega rápida, porém não confiável.

Camada ISO - OSI: ISO - organização de padronização internacional / international standard organization. Trata-se de uma empresa que cria regramento. OSI - padronização para comunicação aberta / open system interconnection. Trata-se de regramento criado pela ISO - Regramento para que haja comunicação. Regramento ISO: -Camadas (eventos). -Simetria. -Os eventos / camadas comunicam com o seu próximo (não pulam - devem seguir a sequência). -Fluxo de informação vai de baixo para cima.

DPC SEMESTRAL – 2013 Anotador(a): Tiago Ferreira Complexo Educacional Damásio de Jesus

Gateway: São equipamentos que permitem interligar redes (roteador. -Camada Física: Equipamento / voltagem / Cabos de redes. Switch).quebra em datagramas e coloca o nº IP de destino.no máximo são 07 / não precisa de todas: 7 6 5 4 3 2 1 aplicação apresentação sessão transporte rede enlace física 7 aplicação 6 apresentação 5 sessão Portas de protocolos (Ex: HTTP . Hub.tradução. 4 transporte 3 rede TREF – ‘tribunal regional eleitoral federal’ (para memorizar) 2 enlace 1 física AAS – ‘dor de cabeça’ (para memorizar) -Camada de Aplicação: Camada de programação. criptografia . -Hub: equipamento que não permite que todos falem / comuniquem-se. controle de erros / marcadores para transmitir. -Camada de Rede: Onde está o IP (roteadores) .teóricas [não obrigatórias] .é a mais importante. 2 de 3 . -Camada Enlace: Onde fica p MAC Address (media access control / controle médio de acesso). -Camada de Sessão: Controle de transferência de dados. MAC: É o número que identifica o fabricante de placa de rede. Roteador: -Fez a internet possível. -Camada de Apresentação: Formatação de dados. -Camada de Transporte: Papel do TCP.São 07 camadas .além dele há também: -Switch: chave que permite a comunicação. -A união de IP para MAC feita pelo roteador é chamada ARP. Roteador é uma espécie de Gateway .porta 80). -Faz a conversão de IP para MAC e vice-versa. Provas de concursos: -Uma das finalidades do IP é rotear os dados entre o equipamento de origem e o equipamento de destino.

3 de 3 . Cookies: -São arquivos criados pelos sites para armazenar as preferências pessoais dos usuários . -É uma forma de ganhar a confiança do usuário que navega na internet para roubar seus dados (Ex do orkut golpe do “nossas fotos da praia”).Lembrar que cookies não são vírus). isso porque são dados pessoais armazenados/registrados pelos sites [mas que ficam nas máquinas dos usuários] . -Não são vírus. -É a criatividade usada para o mal. CGI: Comitê Gestor da Internet.isso para não ter que ficar digitando os mesmos dados diversas vezes (criado a priori para o bem). O antivírus capta vírus e vulnerabilidades (cookies são considerados como vulnerabilidade. mas ficam no computador do usuário.CRIMES (Segurança da informação): Segurança da informação: Verificar apostila/cartilha da CGI disponibilizada na área do aluno. Conceitos necessários: Engenharia social: -Trata-se de um conceito ruim. -São arquivos feitos pelos sites. -Cookies criados por um site não servem para outros.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->