Você está na página 1de 17

Se uma Pizza tem 20 cm de raio, qual é o

perímetro da sua circunferência ?

Resposta: 2× π×20 ≈ 125,7 cm


O NÚMERO π
O NÚMERO π
■ Como se sabe π ( pi ), é um dos números mais
famosos da história universal. Ao longo dos anos
tem recebido diferentes designações, porque é
um número que não pode ser escrito com uma
representação finita. O símbolo que o
representa actualmente, π, tem cerca de 200
anos, e é uma letra do alfabeto grego que se lê
“pi”.

■ O π representa a razão constante entre o


perímetro da circunferência e o respectivo
diâmetro.
O NÚMERO π
■O número π tem uma história fascinante, que
começou há cerca de 4000 anos atrás. Antes
de mais, é importante focar que na história do
π, um dos passos fundamentais, consistiu em
perceber que a razão entre o perímetro e o
diâmetro de qualquer circunferência é sempre
constante.

■ Inúmeros povos procuraram o valor exacto


deste número.
O NÚMERO π
■ No velho testamento lê-se: “E ele (Salomão) fez
também um lago de dez cúbitos, de margem a
margem, circular, cinco cúbitos de fundo, e
trinta cúbitos em redor ”. Esta passagem ocorre
numa lista de especificações para o grande
templo de Salomão, construído cerca de 950
a.C.. A circunferência era, pois, três vezes o
diâmetro. Isto significa que os antigos Hebreus
atribuiam a π o valor 3. Este valor foi muito
provavelmente encontrado por medição.
O NÚMERO π
■O valor 3 foi usado durante muito tempo por
motivos religiosos e culturais em certas
civilizações, como a dos Egípcios e a dos
Babilónios, quando já se conheciam, nessas
mesmas civilizações determinações melhores.

■ Arquimedes de Siracusa ( 287-212 a.C. ), pôs


mãos à obra com expedientes novos, muito mais
profundos. Sabia que π não era racionalmente
determinável, ou, pelo menos disso suspeitava.
O NÚMERO π
■ Assim sendo, Arquimedes propôs-se descobrir um
processo para a determinação de π, com a
precisão que se desejasse, usando o que ficaria
conhecido pelo Método de Arquimedes.
C
C
C
C
O NÚMERO π
■ Arquimedes usou processos geométricos,
complicados mas gerais, que dão limites inferiores
e superiores para π. Utilizou alguns polígonos
regulares, com um número crescente de lados,
até chegar ao polígono de 96 lados, através do
qual obteve a seguinte aproximação de π ,

3.1410 < π < 3.1428


Evolução histórica do
cálculo do π
 1593 Adriaen Romanus calcula π com 15 casas
decimais.
 1699 Abraham Sharp calcula π com 72 casas
decimais.
 1855 Richter calcula π com 500 casas decimais.
 1946 Ferguson calcula 808 casas, com recurso
a uma calculadora de secretária, um feito que
demorou cerca de um ano.
 1949 O ENIAC computa 2037 casas decimais
em setenta horas.
Evolução histórica do
cálculo do π
 1955 O NORC computa 3089 casas decimais
em treze minutos.
 1973 Jean Guilloud e M. Bouyer usam um CDC
7600 (Paris) para computarem 1 milhão de
casas decimais, em 23,3 horas.
 1997 Kanada e Takahashi calculam 51,5
milhares de milhões de dígitos.
 Recentemente, David Bailey, Peter Borwein e
Simon Plouffe contabilizaram 10 biliões de
casas decimais para π.
O NÚMERO π
Resumindo:
■ O número π designa o número de vezes
que o diâmetro “cabe” na circunferência.
■ O número π continua indefinidamente, de
modo que nunca pode ser calculado com
precisão:

■ A expansão decimal de pi é infinita e não


revela nenhum modelo, as suas décimas
não se repetem periodicamente, não têm
nenhuma ordem, razão ou regra.
O DIA DO π
O número π também faz anos! Pelo mundo
fora, no dia 14 de Março à 1h59m (ou às
15h09m, para quem não gosta de se deitar
tarde...) são organizadas festas em
homenagem ao número π.