Você está na página 1de 24

ECONOMIA POLÍTICA

Baseado na Obra: Fundamentos de Economia


Marco Antônio Sandoval de Vasconcellos
Manuel E. Garcia
ECONOMIA POLÍTICA

- Introdução`a Economia

Introdução;
O Crescente interesse pela Economia
Crescimento X Desenvolvimento
Alguns problemas econômicos
Definições de Economia
A Relação entre Economia e outras
ciências (Direito).
ECONOMIA POLÍTICA

O Crescente interesse pela Economia


A Economia é uma ciência relativamente nova;
somente a partir do séc.XVIII é que a mesma
despertou como ciência.
• Grandes guerras: Organização das estruturas de
produção dos países em apoio aos esforços de
guerra. No Pós-guerra, as nações buscaram o
equilíbrio macroeconômico, interessadas no
restabelecimento da economia e do emprego.
ECONOMIA POLÍTICA

O Crescente interesse pela Economia


• Grande Depressão de 1930: Abalou todo o
sistema econômico ocidental gerando grande
recessão e desemprego. Isso gerou a busca
constante de políticas econômicas de
estabilização em épocas de crises e de políticas
de crescimento econômico.
• Busca do Desenvolvimento econômico:
aproximadamente 3/4 da população mundial é
subdesenvolvida e pobre.
ECONOMIA POLÍTICA

Crescimento X Desenvolvimento
• Crescimento econômico: Fatores Quantitativos;
crescimento do produto, do emprego,aumento da renda.
• Desenvolvimento econômico: Fatores Qualitativos
Combinação de mudanças culturais (mentais) e sociais de
uma população que a tornam apta a fazer crescer seu
produto econômico.
Desenvolvimento Econômico – estuda modelos de desen-
volvimento que levem à elevação do padrão de vida (bem-
estar) da coletividade. Questões estruturais, de longo prazo
(crescimento da renda per capita, distribuição de renda,
evolução tecnológica).
ECONOMIA POLÍTICA

Alguns Problemas Econômicos:

- Por que a expansão da moeda e do crédito pode gerar


inflação ?
- Por que o nordestino possui uma renda per capita muito
inferior à do paulista ?
- Como pode uma desvalorização cambial conduzir a uma
melhoria na balança comercial e uma redução do salário
real ?
- Até onde juros altos reduzem o consumo e estimulam a
poupança ?
ECONOMIA POLÍTICA

Cont...

- Por que a taxa de juros de mercado e o preço esperado


de venda do produto são dados importantes para as
decisões de investimento das empresas ?
- Por que a renda dos agricultores se eleva quando ocorre
uma estiagem que reduz a produção ?
- Por que a alta de preço do cafezinho reduz a demanda de
açucar ?
- Por que estudar economia quando o lazer é mais atraente ?
ECONOMIA POLÍTICA

Economia: sua concepção:

A economia repousa sobre os atos humanos e é por excelência


uma ciência social. Apesar da tendência atual ser a de se obter
resultados cada vez mais precisos para os fenômenos econômi-
cos é quase impossível se fazer análises puramente frias e
numéricas, isolando as complexas reações do homem no con-
texto das atividades econômicas.
ECONOMIA POLÍTICA

Definições de
Economia
Deriva do grego: Oikos – casa, Nomos –Lei
Lei da casa - “aquele que administra o lar”.
- É a ciência que estuda a escassez.
- É a ciência que estuda o uso dos recursos
escassos na produção de bens e serviços.
- A Economia estuda a forma pela qual a sociedade
administra seus recursos escassos.
ECONOMIA POLÍTICA

Definição de Escassez
A maioria das pessoas deseja muito mais do
que seus recursos lhes permitem. Isso é
escassez: as pessoas querem mais do que
podem obter com os recursos disponíveis.
Não confunda escassez com pobreza. Até mesmo
os mais ricos querem mais. E lembre-se: o fato de
existir muito pouco de um bem não o torna escasso
– ele também precisa ser desejável.
ECONOMIA POLÍTICA

Definição
- Economia é uma ciência social que estuda como o
indivíduo e a sociedade decidem (escolhem) empregar
recursos produtivos escassos na produção de bens e
serviços, de modo a distribuí-los entre as várias pessoas e
grupos da sociedade, a fim de satisfazer as necessidades
humanas.
é uma ciência social que estuda a produção,
a circulação e o consumo dos bens e serviços que são
utilizados para satisfazer as necessidades humanas.
.
ECONOMIA POLÍTICA

Metodologia da Economia
Elaboração da Ciência econômica: a) Reconhecimento;
b)indução; c) Dedução; d) Aplicação.
a) Reconhecimento: Método de observação; Método pelo qual
os fatos reais são observados, descritos, classificados.
b) Método indutivo: Através das observações realizadas
(reconhecimento) formulam-se conclusões, teorias, e leis
econômicas de ordem geral.
-Particular para o geral.
- das causas para o efeito.
A emissão de moeda ( individual/causa) provoca aumento de
preços ( Geral/efeito)
ECONOMIA POLÍTICA

Metodologia da Economia
c) Método dedutivo: Parte da observação de fatos gerais para o
conhecimento de fatos particulares.
-Geral para o mparticular;
-Dos efeitos para as causas.
Ex. No Brasil há inflação (Geral/efeito) devido a Demanda ser
maior que a oferta (paticular/ causa)

D) Aplicação: a explicação dos fatos por meio da indução e ou


dedução levam à formulação de leis e teorias econômicas que
são confrontados com a realidade pela sua aplicação. Isto
confirma as teorias ou leva a reelaboração das mesmas.
ECONOMIA POLÍTICA

A Teoria Econômica

• Define princípios, teorias, leis e modelos da


economia. A Teoria econômica faz parte da
Economia positiva.
ECONOMIA POLÍTICA

A Política Econômica

• Aplicação da teoria econômica na prática.


Atuação sobre a realidade, com três
objetivos: Crescimento, Estabilidade e
Equitatividade. As proposições da Política
Econômica fazem parte da Economia
Normativa.
ECONOMIA POLÍTICA

Micro e Macroeconomia
Microeconomia – é o ramo da Economia que
estuda o comportamento dos agentes econômicos individuais
(como empresas e familias) ou seja, em nível desagregado
Analisa temas como a teoria do consumo, custos, o mercado,
A formação de preços, etc.
Ex.: O nível de empregos ou de vendas no varejo, numa
capital. O efeito de um imposto sobre a venda de cigarros.
ECONOMIA POLÍTICA

Micro e Macroeconomia
Macroeconomia – estuda o funcionamento da economia
Em seu conjunto, como um todo. Se ocupa do aspecto
Global do sistema econômico; estuda o funcionamento
como um todo; procurando identificar e medir variáveis
agregadas da economia.
Ex: Determinação do volume da produção total ( PIB), do
Crescimento e desenvolvimento econômico; nível geral de
Emprego; nível geral de preços (Inflação) etc.
ECONOMIA POLÍTICA

Autonomia e Inter-relação:

A Autonomia de cada um dos ramos das Ciências Sociais


não deve ser confundida com um total isolamento, mas sim
observada sob diferentes óticas e investigada em termos não
unilaterais.

As manifestações das modernas sociedades encontram-se


interligadas.
ECONOMIA POLÍTICA

Autonomia e Inter-relação: Economia e Política

Política é a arte de governar, é o exercício do poder.


É natural que este poder (político) tente exercer o domínio
sobre a economia.
Essa interdependência acentuou-se nos países capitalistas
a partir da grande depressão com a maior intervenção do
estado na economia. No lado socialista o estado definiu e
exerceu todas as questões econômicas uma vez que
desempenhou a gestão de todo o sistema empresarial e
econômico
ECONOMIA POLÍTICA

Autonomia e Inter-relação: Economia e História

Os próprios sistemas econômicos estão condicionados


à evolução histórica da civilização. As idéias que cons-
troem as teorias são formuladas num contexto histórico
onde se desenvolvem as atividades e as instituições
econômicas. O economista precisa acompanhar as rápidas
transformações da humanidade para melhor compreender
o presente e poder prever o futuro.
ECONOMIA POLÍTICA

Autonomia e Inter-relação: Economia e Sociologia

- A Economia sempre se preocupou com o comportamento


De grupos, com mudanças sociais e com as condições de
Vida da sociedade. A Economia é uma ciência social.
- Quando a política econômica visa atingir os indivíduos
de certas classes sociais, interfere diretamente no objeto
da sociologia, isto é, a dinâmica da mobilidade social
entre as diversas classes de renda.
Políticas salariais e gastos sociais ( educação, saúde,
transporte, alimentação etc. ) são exemplos que direta
ou indiretamente influenciam essa mobilidade.
ECONOMIA POLÍTICA

Autonomia e Inter-relação: Economia e Direito


A Economia tem como agentes: as famílias, as empresas,
o governo e o exterior. É o direito que define as regras
para harmonizar a convivência entre os mesmos pois as
esferas de interesses são divergentes.
Governo – mais impostos.
Empresas - mais lucros.
Exterior – mais transferências.
Famílias – mais rendas (salários mais altos / preços mais
baixos).
ECONOMIA POLÍTICA

Autonomia e Inter-relação: Economia e Direito


Outras questões da Economia X Direito

Leis Anti-truste: Atuam sobre as estruturas de mercado,


assim como o comportamento das empresas.

Agências de Regulamentação: Ditam as regras de atuação


em determinadas áreas (ex.: petróleo, telecomunicações,etc)

Constituição Federal: Determina a competência para exe-


cução de política econômica. Estabelece os direitos e de-
veres dos agentes econômicos.
ECONOMIA POLÍTICA

Autonomia e Inter-relação:
Economia, Matemática e Estatística
A Economia faz uso da lógica matemática e das
probabilidades estatísticas. Muitas relações do
comportamento econômico podem ser expressas
através de funções matemáticas.

Econometria -> A estratégia de se estimar as relações


econômicas, matematicamente formu-
ladas, a partir de fuinções e da
minimização dos desvios aleatórios.