Você está na página 1de 1

Dor elegante

Um homem com uma dor muito mais elegante Caminha assim de lado Com se chegando atrasado Chegasse mais adiante Carrega o peso da dor Como se portasse medalhas Uma coroa, um milho de dlares Ou coisa que os valha pios, dens, analgsicos No me toquem nesse dor