Você está na página 1de 2

Figurao

numa perspectiva tonal/modal

A - Notas de acorde
1. Figurao Harmnica
Sucesso de notas de acorde na mesma voz, mantendo-se a harmonia. Ex.

(Compasso 1da Inventio a duas partes em FM de J. S. Bach)

& ! ' & & $ % # " & & & (

2. Figurao Rtmica
Repetio de nota(s) na(s) mesma(s) voz(es), mantendo-se a harmonia. Ex.:

#)

Allegro con brio pp

' +) % & & & & & & & & & & & & &

* & & & & & & & & & & & & & & & & & & & & & & & & & & & & & & & & ,& & & & & & & & & & & &

& & & &

(Compassos 1 e 2 do 1 Andamento da Sonata Op. 53 de Beethoven)

B - Notas estranhas ao acorde (Figurao meldica)


a) Retardo

,! # "& & + ,! & "&

& -" " -" ' & / / / /

Um Retardo uma nota estranha ao acorde, que, pertencendo harmonia anterior, permanece na mesma voz - onde se verifica efectivamente o retardo - e resolve geralmente descendentemente por graus conjuntos, devendo essa resoluo ter lugar numa parte mais fraca do que o retardo propriamente dito.

b) Antecipao

$ & #$ . "-" + $$ . "

Uma Antecipao uma nota estranha ao acorde que procede por grau conjunto e que ser na mesma voz na harmonia seguinte nota de acorde. A Antecipao encontra-se sempre numa parte fraca.

,, #,)& && & & & + ,,, ) - &

c) Nota de Passagem

Uma Nota de Passagem uma nota estranha ao acorde que est no meio de um movimento por graus conjuntos no mesmo sentido.

d) Ornato

! !

Um Ornato uma nota estranha ao acorde, que procede por grau conjunto de uma nota de acorde e a ela retorna

,. & & & # "+ ,. "

Ornato superior

e) Apogiatura

,& & & # +, -

Ornato inferior

A Apogiatura uma nota estranha ao acorde no preparada que resolve para a nota do acorde, em regra, por grau conjunto. Existem duas formas de apogiaturas: 1. A que alcanada por salto; 2. A que alcanada por grau conjunto. 1. Ex. de Apogiatura alcanada por salto.

,, # 0+ ,, 0 -

& - & / / / /

2. Ex. de Apogiatura por grau conjunto.

,, # + ,, -

& - & / / / /

f) Escapada

. " # $" & & + .& $" &

' & & & &

A Apogiatura uma nota estranha ao acorde que, procedendo por grau conjunto, se movimenta por salto, em regra, para a harmonia seguinte.

Nota importante: Tericos h que defendem que a Apogiatura por grau conjunto pode ser entendida como uma Nota de Passagem acentuada ou como Ornato acentuado, consoante os casos. Assim sendo, o termo Apogiatura por eles unicamente utilizado para os casos em que esta precedida por salto.