P. 1
Corpo Humano - Músculos

Corpo Humano - Músculos

4.5

|Views: 32.501|Likes:
Publicado porrafrancoo
Sistema Muscular
Sistema Muscular

More info:

Published by: rafrancoo on Sep 09, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/01/2013

pdf

text

original

Músculos

O que são músculos?

Músculos são “mais um tecido do que um órgão” propriamente dito, pois se constituem de um conjunto de fibras musculares células alongadas que têm a capacidade de se contrair quando estimuladas por impulsos elétricos (estímulo nervoso)

Tipos de tecidos musculares – movimento do corpo  Estriado esquelético
 

Músculo liso – movimento os órgãos internos Estriado Cardíaco – batimento do coração

Tipos de tecidos musculares

Estriado esquelético – são os músculos responsáveis pela grande maioria dos movimentos voluntários do corpo; muitos se ligam aos ossos através dos tendões, permitindo que possamos movimentar partes do corpo; olhado ao microscópio, suas células possuem estrias (regiões mais claras e mais escuras), daí seu nome.

possui inúmeros núcleos e pode atingir comprimentos que vão de 1mm a 60 cm, um tamanho enorme para uma célula!

Tipos de tecidos musculares Músculo liso – estão presentes em órgãos viscerais e

realizam os movimentos involuntários (que ocorrem automaticamente, sem o nosso controle) destes órgãos, como: movimentos peristálticos do duto digestivo (esôfago, intestino), aparelho respiratório, bexiga etc. e também nos vasos sanguíneos; suas células são alongadas e uniformes, e possuem apenas um núcleo

Tipos de tecidos musculares
Estriado Cardíaco – este tecido muscular é encontrado apenas no coração, cobrindo suas principais peças anatômicas – é o miocárdio. e é ele que realiza a pulsação cardíaca (também involuntariamente); suas células também são estriadas, porém possuem ramificações (em forma de rede).

Tipos de tecidos musculares

Tipos de tecidos musculares

Sistema Muscular

a expressão sistema muscular do corpo humano geralmente se refere ao conjunto de músculos estriados esqueléticos o corpo humano possui aproximadamente 639 destes músculos. estes músculos possuem 3 propriedades principais: a elasticidade (distensão), a contratilidade (contração) e a tonicidade (tônus).

Sistema Muscular

Sistema Muscular

A maioria dos músculos está presa ao esqueleto, próximo a articulações. Nas articulações, esses músculos são presos a ossos por meio de tendões, que são cordões de tecido conjuntivo. Quando os tendões são chatos e largos, e não possuem a forma de cordão, recebem o nome de aponeuroses.

Sistema Muscular

As fibras musculares geralmente estão cercadas de tecido conjuntivo, que une umas as outras e transmitem a força produzida pelos músculos aos ossos, ligamentos e outros órgãos executores de movimento.

Contração Muscular

para que um músculo possa se contrair, ele precisa receber um estímulo nervoso. este estímulo chega ao músculo através de um nervo motor (cada músculo tem o seu). o nervo motor se divide em vários feixes para que possa enervar cada célula do feixe de um músculo, se ligando a elas através de uma estrutura de conexão chamada placa motora.

Contração Muscular

a contração de tecidos musculares pode ser testada em laboratório:

quando se aplica uma corrente elétrica, o tecido de comporta de uma maneira (resposta sensível a estímulo elétrico); quando cessa a aplicação, a resposta muda

  

se a corrente é fraca até determinado nível, não há qualquer tipo de resposta do tecido; quando ela excede um nível, o tecido responde, contraindo-se – este é o valor limiar. porém, se aplicarmos intensidades cada mais altas da corrente elétrica, a resposta de contração é a mesma, não muda. = lei do tudo ou nada.

Contração Muscular

um único estímulo elétrico provoca uma contração muscular. depois da aplicação do estímulo, há um período durante o qual não há qualquer resposta = período latente após este período, a contração se inicia, alcança um pico e depois o músculo relaxa voltando ao seu estado anterior, naturalmente. se aplicarmos um segundo estímulo antes do fim da contração, uma nova contração se sobrepõe à primeira. contração sustentada – ocorre quando se aplica estímulos muito próximos no tempo, sequencialmente – o músculo permanece contraído.

Tetania

A estimulação contínua faz com que o músculo atinja um grau máximo de contração, o músculo permanece contraído, condição conhecida como tetania. Uma tetania muito prolongada ocasiona a fadiga muscular. Um músculo fadigado, após relaxar, perde por um certo tempo a capacidade de contrair. Pode ocorrer por deficiência de ATP, incapacidade de propagação do estímulo nervoso através da membrana celular ou acúmulo de ácido lático.

Tônus Muscular
 

Os músculos mantêm-se normalmente em um estado de contração parcial, o tônus muscular, que é causado por uma pequena estimulação nervosa. é um processo inconsciente que mantém os músculos preparados para entrar em ação. por exemplo, podemos ficar o dia inteiro muito tempo com a cabeça levantada sem ter que pensar em fazer isso. No entanto, temos controle sobre o tônus, pois podemos relaxar os músculos a hora que quisermos. Estados de tensão emocional podem aumentar o tônus muscular, causando a sensação física de tensão muscular. Quando a pessoa se mantém nesta condição, gasta mais energia que o normal e ocasionando a fadiga.

Equilíbrio

Para manter na respectiva posição a cabeça, o tronco e os membros, é necessária uma harmônica contração de diversos grupos musculares. O corpo tende a cair ora para diante e ora para trás, tanto para a direita como para a esquerda; apesar da nossa aparente imobilidade, somos constrangidos, para evitar a queda, a contrair, de momento a momento e no tempo oportuno, diversos grupos musculares. O trabalho necessário para manter o equilíbrio se chama "trabalho estático" e é comparado ao trabalho fornecido pelo músculo para manter um peso a uma determinada altura.

Equilíbrio

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->