P. 1
RESUMO E QUESTÕES DE VESTIBULARES COM GABARITO SOBRE A INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS Prof Marco Aurélio Gondim [www.mgondim.blogspot.com]

RESUMO E QUESTÕES DE VESTIBULARES COM GABARITO SOBRE A INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS Prof Marco Aurélio Gondim [www.mgondim.blogspot.com]

5.0

|Views: 45.488|Likes:
Publicado porMarcoAurélioGondim
RESUMO E QUESTÕES DE VESTIBULARES COM GABARITO SOBRE A INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS Prof Marco Aurélio Gondim [www.mgondim.blogspot.com]
RESUMO E QUESTÕES DE VESTIBULARES COM GABARITO SOBRE A INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS Prof Marco Aurélio Gondim [www.mgondim.blogspot.com]

More info:

Published by: MarcoAurélioGondim on Sep 10, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/11/2014

pdf

text

original

Org. Prof. Marco Aurélio Gondim www.mgondim.blogspot.

com

INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS RESUMO E QUESTÕES DE VESTIBULARES    A independência dos Estados Unidos da América 1. Apresentação: A primeira coisa a se refletir sobre esse assunto é a forma como ele geralmente é exposto. Chama-se geralmente esse tema de Revolução americana, há aí um erro. Não se trata de uma revolução, pois este termo pressupõe que haja uma mudança profunda na estrutura social existente com modificações na economia, na política e cultura, o que não ocorre. O que há é a independência de uma região da América que se tinha tentado estabelecer um pacto colonial tardiamente. O novo país cria uma forma relativamente nova de poder, baseada nos ideais iluministas. Tratava-se, porém, de uma democracia fortemente reduzida, com o predomínio dos grandes fazendeiros e sem o voto feminino e o voto dos escravos. Estes últimos continuaram a existir após a independência. 2. A situação da Inglaterra e das colônias inglesas na América: . A colonização inglesa na América: A Inglaterra só se estabelece no século XVII na América, depois das outras potências européias. São fundadas treze colônias na América do Norte, a colônia da Jamaica e outras de menor importância. A Jamaica e a região Sul das treze colônias são colonizados nos moldes do colonialismo moderno. O Norte das treze colônias ficou como um espaço livre para perseguidos religiosos e políticos ingleses e europeus. Há terra livre para esses colonos e não há interferência da Coroa britânica na região. . As treze colônias nos séculos XVII e XVIII: Enquanto o Sul do território era colonizado nos moldes do colonialismo, com grandes plantations escravistas que produziam tabaco, arroz e açúcar para a exportação, o Norte recebia grande leva de perseguidos europeus. Essa região ia desenvolver uma forte ordem de pequenas propriedades policultoras com trabalho livre e com certa urbanização e comércio. No início do século XVIII não havia mais terras para os imigrantes. . A ruptura do não-pacto: Não havia uma fiscalização muito rígida em relação à colônia por parte da metrópole e os impostos também eram poucos e baixos. No entanto, após a Guerra dos Sete anos (1756-1763) entre a Inglaterra e a França, a Coroa britânica, fortemente endividada, passa a arrochar a situação da colônia. Ela estabelece um aparato fiscalista digno do colonialismo no Norte e no Sul. Essa ruptura de um não-pacto colonial cria revolta em toda a colônia. Eram as leis coercitivas como a lei do selo que previa o uso de selo real em todos os documentos que transitavam na colônia, a lei do açúcar que taxava o comércio de açúcar das treze colônias com colônias não-britânicas, leis que impediam o contrabando e a interdição do avanço das pequenas propriedades do Norte da colônia para áreas mais adentro do território ou para o Canadá. 3. A independência e a organização do novo Estado: . A organização da resistência: Desde as primeiras décadas da colonização, as questões públicas dos cidadãos – apenas os homens livres – da colônia eram decididas em assembléias, isso é um ponto importantíssimo para a escolha posterior do regime republicano. A partir da década de 1760, organizam-se os Congressos continentais, reuniões com representantes de cada uma das treze colônias. Com a consecução das 1

Org. Prof. Marco Aurélio Gondim www.mgondim.blogspot.com

diversas leis coercitivas, a situação se radicaliza e os colonos decidem pela ruptura. Em 1776 é declarada a independência dos Estados Unidos da América, o que dá início à guerra de independência. . A guerra: A Inglaterra envia tropas às treze colônias, mas os colonos contavam com a ajuda de uma coalizão que reunia França, Espanha, Rússia, Holanda, Dinamarca e Suécia. As tropas rebeldes, então, vencem as tropas leais. É assinado o tratado de Paris em 1783, onde a Grã-Bretanha admite a independência dos EUA. . A formação do novo governo: A independência não faz esconder os conflitos de idéias que existiam entre sulistas e nortistas. Os nortistas desejavam um governo mais centralizado e os sulistas uma confederação, como nos tempos da guerra. Forma-se um pacto, cria-se uma federação presidencialista, onde cada Estado tem a sua Constituição própria tendo que respeitar uma Constituição da União – criada em 1787 – com um líder máximo da nação, o presidente da República. A organização do poder se baseia nas idéias de Montesquieu. A escravidão é mantida. No entanto, logo adiante o conflito entre Norte e Sul se tornará intolerável e será decidido em uma guerra civil (1861-5) onde dois modelos de país estarão em disputa. EXERCÍCIOS (UNEMAT/MT) Questão 1: No ano de 1776, a primeira colônia do continente americano declarou a sua independência – os Estados Unidos da América. Sobre este acontecimento é CORRETO afirmar. A - Um dos motivos que levaram os colonos a se rebelar contra a metrópole foi o excessivo controle das manufaturas e do comércio praticados por eles. B - A separação das 13 (treze) colônias da Inglaterra ocorreu como no Brasil, sem luta armada e prolongada, isto é, através de compromisso entre as lideranças políticas locais e a metrópole. C - O papel do exército Confederado foi fundamental para a vitória das 13 (treze) colônias sobre a Inglaterra. D - Após a independência das 13 (treze) colônias, foi promulgada a primeira Constituição, no ano de 1787, que tinha como característica principal a união entre Estado e Igreja. E - Um dos primeiros atos do governo dos Estados Unidos da América foi a libertação de todos os escravos africanos que viviam em seu território. (UEA/AM) Questão 2: Após a Guerra dos Sete Anos, a Inglaterra aplicou os princípios mercantilistas já inaceitáveis para os colonos norte-americanos. A reação a essa política culminou com a independência das 13 colônias. A respeito da independência dos Estados Unidos da América, assinale a afirmativa correta. A - Excetuando-se os escravos, as diversas camadas sociais apoiaram o movimento de independência por serem prejudicadas pela política colonial inglesa. B - Apesar dos protestos dos industriais britânicos, a metrópole não reprimiu os triângulos comerciais norte-americanos por se encontrar em constantes guerras externas. C - A burguesia manufatureira do Norte tomou o poder em detrimento do setor agrário e instituiu as leis protecionistas que impulsionaram a indústria. D - As restrições mercantilistas inglesas combatiam a concorrência norte-americana, que era responsável pela crise financeira da metrópole.

2

Org. Prof. Marco Aurélio Gondim www.mgondim.blogspot.com

E - A Revolução Americana teve rápido sucesso, no século XVIII, devido à inclusão dos elementos mais pobres e sem terra nos benefícios econômicos decorrentes da independência. (UNIMONTES/MG) Questão 3: Pela Constituição de 1787, os Estados Unidos consolidaram a sua independência adotando um governo constitucional e representativo, republicano e presidencialista. A Constituição dos Estados Unidos foi inspirada nas: A - ideias de Locke e nos princípios iluministas de Rousseau. B - ideias de Jackes Bossuet e nos princípios iluministas de Rousseau. C - ideias de Adam Smith e Maquiavel. D - ideias de Hobbes e nos princípios de Babeuf. (UFJF/MG) Questão 4: Sobre o processo de independência dos EUA, é incorreto afirmar que: A - está relacionado à difusão das idéias iluministas, contrárias à dominação e à exploração das metrópoles sobre suas colônias; B - teve início a partir das “leis intoleráveis”, o que provocou a reação da colônia, dando força ao movimento de emancipação; C - França e Espanha participaram diretamente desse processo, enviando tropas para as áreas de conflito; D - apesar de se unirem contra a Inglaterra, as trezes colônias continuaram a apresentar uma contradição básica, caracterizada pela industrialização da região norte e a manutenção da escravidão no sul; E - pode ser caracterizado como uma verdadeira revolução, pois produziu uma alteração na forma e na teoria de governo, promovendo uma radical mudança na economia das diversas regiões. (UFMG) Questão 5: Em 1776, após uma série de conflitos, parcela expressiva das sociedades das Treze Colônias se articulou no sentido de romper com o domínio inglês. Considerando-se esse processo, bem como seus desdobramentos, é correto afirmar que: A - notabilizou pela consolidação do latifúndio, o que atendia aos interesses das elites religiosas, que se apropriaram de grandes glebas de terras; B - caracterizou, desde o início, pela intransigente defesa da escravidão por parte dos americanos, no que eram contraditados pelos interesses ingleses; C - configurou como uma primeira tentativa de instalação de um regime socialista anticolonial, o que contrariava seriamente os interesses dos comerciantes; D - destacou pela repercussão internacional alcançada, tornando-se uma referência, na prática, para outras colônias americanas. (PUC-SP) Questão 6: Sobre a independência dos Estados Unidos, podemos afirmar que: A - envolveu um conflito armado entre Inglaterra e França, a Guerra dos Sete Anos (1756-1763), e chegou ao fim com a conquista do Oeste, na metade do século XIX; B - contou com mobilizações e ações armadas contra a cobrança de taxas e impostos, como a "Festa do Chá de Boston" (1773), e completou-se com a presidência de Abraham Lincoln; C - iniciou-se sob influência da Revolução Francesa (1789) e das independências nas Américas portuguesa e espanhola, lideradas, respectivamente, por D. Pedro I e Simón Bolívar; D - resultou da união das colônias inglesas nos Congressos da Filadélfia (1774 e 1775) e da influência das idéias de Maquiavel e de Hobbes, defensores do Estado republicano forte; 3

Org. Prof. Marco Aurélio Gondim www.mgondim.blogspot.com

E - sofreu influência do pensamento iluminista francês e a declaração de independência (1776), redigida por Thomas Jefferson, antecedeu a obtenção da autonomia, conquistada por via militar. (FGV/RJ) Questão 7: Os conflitos entre os colonos americanos e a Inglaterra, que desencadearam a guerra de independência dos Estados Unidos, originaram-se de divergências sobre as seguintes questões: A - direito dos colonos de organizarem milícias; extinção da atividade agrícola no sul; criação de escolas. B - liberdade de comércio; representação colonial do Parlamento; legalidade de cobrança de impostos. C - direito do Parlamento de legislar sobre as colônias; importação das manufaturas inglesas; liberdade de culto. D - imigração estrangeira; nomeação de governadores; extinção das assembléias coloniais. E - desenvolvimento das manufaturas coloniais; sucessão ao trono inglês; pagamento da dívida da Guerra dos Sete Anos. (PUC-SP) Questão 8: As leis inglesas do século XVIII, relativas às colônias americanas, compunham um conjunto de medidas que buscava: A - estabelecer o soberano direito da Coroa de governar as colônias da América. B - evitar a bancarrota dos governos coloniais, fornecendo-lhes o usufruto de impostos e taxas. C - solucionar a crise do sistema inglês, propiciando condições de exploração de novas áreas para colonização. D - equilibrar as finanças, extraindo das Treze Colônias da América, através da taxação, os recursos necessários. E - possibilitar o avanço das práticas mercantilistas de estabelecer áreas privilegiadas de colonização. (UEM/PR) Questão 9: A “Lei do Selo”, o “Monopólio do Chá” e as “Leis Intoleráveis”, impostos por Jorge III, estão ligados: A - à Revolução Gloriosa – 1688; B - à Independência dos Estados Unidos – 1776; C - à Revolução Francesa – 1789; D - ao Bloqueio Continental – 1806; E - à Independência da Argentina – 1816. (UEPG/PR) Questão 10: Assinale a alternativa que contém afirmação correta sobre a independência dos Estados Unidos: A - A luta pela independência, que resultou da discordância entre a elite agrária colonial e o governo britânico, rompeu uma tradicional aliança entre esses dois pólos. B - A independência dos Estados Unidos representou um marco no processo de formação da sociedade capitalista burguesa, assentada nos princípios liberais e individualistas do iluminismo. C - Após a independência, os Estados Unidos enfrentaram vários problemas de natureza política e, especialmente, econômica, uma vez que a antiga colônia inglesa era economicamente bastante frágil. D - A independência dos Estados Unidos ocorreu num momento em que o ideal iluminista declinava diante das propostas do Ancien Régime.

4

Org. Prof. Marco Aurélio Gondim www.mgondim.blogspot.com

E - O I e o II Congresso Continental, realizados na colônia às vésperas da independência, já demonstravam claramente o desejo irreversível dos colonos liderados por Abraham Lincoln de levar adiante a luta pela independência. (UFRGS) Questão 11: Após a capitulação de Yorktown (1781) e tendo em vista a posição de muitos países europeus em relação às Treze Colônias americanas, a Inglaterra viu-se obrigada a: A - admitir a presença de colonos no Parlamento inglês; B - revogar o Stamp Act sobre as publicações coloniais; C - negociar e reconhecer a independência norte-americana; D - indenizar as vítimas dos soldados ingleses no Massacre de Boston; E - aceitar o Quebec Act que limita a área do território do Canadá. (PUC/CAMP) Questão 12: Primeira colônia americana a se tornar independente, em 4 de julho de 1776, os Estados Unidos assumiram no século XIX: A - uma posição estimulante aos movimentos revolucionários, contestando as estruturas tradicionais do poder vigente em grande parte da Europa. B - uma intransigente defesa da intervenção do Estado nas atividades econômicas, visando a controlar os abusos da burguesia. C - a identificação do Estado com a religião puritana, que seria obrigatória a todos os cidadãos. D - dentro do Continente Europeu, uma política imperialista, impondo seus interesses econômicos às demais nações. E - uma política de expansão colonial em direção à África e à Oceania. (FATEC-SP) Questão 13: A Constituição dos Estados Unidos da América, promulgada em 1787, representou uma solução de compromisso entre as duas tendências da primeira democracia moderna. Essas tendências eram: A - o parlamentarismo e o legalismo; B - o federalismo e o presidencialismo; C - o unitarismo e o igualitarismo; D - o liberalismo e o corporativismo; E - a democracia e o sindicalismo. GABARITO: questão 1: A - questão 2: A - questão 3: A - questão 4: E - questão 5: D - questão 6: E - questão 7: B - questão 8: D - questão 9: B - questão 10: B questão 11: C - questão 12: A - questão 13: B

5

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->