Você está na página 1de 32

So os olmos, os pilriteiros, o cavalo branco no campo que vejo pela janela enquanto escrevo. So homens na tarde de novembro [...

] e as mulheres de leno na cabea [...]esperando pelo nibus azul que as levar para o campo, onde trabalharo na colheita durante o horrio escolar, [...] a luz acesa na madrugada , na criao de porcos do outro lado da estrada, no momento de um parto. [...]

no se pode entender um projeto artstico ou intelectual sem entender tambm sua formao (WILLIAMS apud CEVASCO, 2003, p.81)

George Orwell

Stephen Spender Cecil Day Lewis

Quero comear com um problema terico

fundamental, que , ao meu ver, central para os estudos de cultura, ainda que nem sempre seja lembrado nessa disciplina. E esse problema, para usar os termos contemporneos em vez dos termos antigos mais informais com que ele foi originalmente definido, que no se pode entender um projeto artstico ou intelectual sem entender tambm a sua formao. O diferencial dos estudos de cultura precisamente que tratam de ambos, em vez de se especializar em um ou outro. Os estudos de cultura no lidam com uma formao da qual um determinado projeto um exemplo ilustrativo, nem com um

[...]O projeto e a formao nesse sentido so maneiras diferentes de materializao maneiras diferentes, ento de descrio do que de fato uma disposio comum de energia e direo. Esta foi, penso, a inveno terica crucial: uma recusa em dar prioridade ou para o projeto ou para a formao, ou, usando termos mais antigos, a arte ou a sociedade. (WILLIAMS, 1977, p.154)

Subjetividade

Estruturas de Sentimentos

Obra artstica

Mundo emprico e suas relaes de fora

CASTELO BRANCO, Renato. A Janela do Cu. So Paulo: Quatro Artes, 1969

CEVASCO, Maria Eliza. Dez Lies Sobre os Estudos Culturais. So Paulo: Boitempo Editorial, 2003. _________. Para ler Raymond Williams. So Paulo, Paz e Terra, 2001

FILMER, P. Structures of feeling and socio-cultural formations: the significance of literature and experience to Raymond Williamss sociology of culture. British Journal of Sociology, London, v.54, n.2, p.199-219, jun. 2003.

THOMPSOM, E.P. A formao da classe operria inglesa. Rio de Janeiro: Paz e Terra,1987. WILLIAMS, Raymond. O campo e a cidade : na histria e na literatura / Raymond Williams ; traduo Paulo Henriques Britto. So Paulo : Companhia das Letras, 2011.