Você está na página 1de 35

Novas Técnicas Eficientes para

Modulação e Ocupação de
Espectro baseadas em Moldagem
Hermiteana de Pulsos UWB

João Abdalla Ney da Silva


Sumário
 Introdução
 Representação de Sinais em Espaços de Hermite
 Conjuntos de Pulsos Hermiteanos Ortogonais
 Moldagem Hermiteana
 Novos Esquemas de Modulação
 Simulações
 Conclusão
Sumário
 Introdução
 Representação de Sinais em Espaços de
Hermite
 Conjuntos de Pulsos Hermiteanos Ortogonais
 Moldagem Hermiteana
 Novos Esquemas de Modulação
 Simulações
 Conclusão
Introdução
 UWB:

Ausência de portadora senoidal (rádio-impulso -- IR);
 Pulsos estreitos ⇒ espectro altamente espalhado;
 Transmissão relativamente simples.

 História:

Pulsos nos primórdios das telecomunicações;

Radares: evolução da tecnologia de pulsos;
 Aplicações militares:
• Comunicações encobertas (LPI/LPD).

Vantagens para aplicações civis:
• Baixa potência;
• Capacidade para multiusuários;
• Disponibilidade tecnológica;
• Bom com multipercursos.

Anos 90: boom tecnológico (tecnologias, aplicações, mercado).
Introdução (cont.)
 Desenvolvimento recente:
 Outras formas (OFDM, MC-CDMA, FH-SS, DS-SS);
 Objetivo comum: mínima densidade de potência;
 FCC 2002: máscara espectral.
 Contribuições:

Uso de funções de Hermite.

Método para moldagem de pulso:
• Conformidade espectral;
• Modulação;
• Ortogonalidade.

Novas formas de modulação para UWB (PSM, PASM).

Análises teóricas.

Simulações.
Sumário
 Introdução
 Representação de Sinais em Espaços de
Hermite
 Conjuntos de Pulsos Hermiteanos Ortogonais
 Moldagem Hermiteana
 Novos Esquemas de Modulação
 Simulações
 Conclusão
Representação de Sinais em Espaços
de Hermite
 Espaços de Sinais:
 Definidos sobre uma base de
funções ortogonais;
 L2: Espaço das funções de
energia finita.
 Funções de Hermite:
 Ortogonais;
 Formato “Gaussiano”:

 Autofunção de Fourier:
n
F{ψn(t)} = j ψn(ω)
Representação de Sinais em Espaços
de Hermite (cont.)
 Espaços de Hermite:

Alta concentração tempo-freqüência;
 HN = span{ψn(t)}nN=- 01
 Pulso Hermiteano de ordem N: pertence a HN.
Sumário
 Introdução
 Representação de Sinais em Espaços de
Hermite
 Conjuntos de Pulsos Hermiteanos Ortogonais
 Moldagem Hermiteana
 Novos Esquemas de Modulação
 Simulações
 Conclusão
Conjuntos de Pulsos Hermiteanos
Ortogonais
 Utilidade:
 Modulação; Múltiplo acesso; Multiplexação.
 Escolha entre infinitos conjuntos ortogonais:
 Espectros de freqüência os mais similares entre si.
 Restrição adicional: componente DC nula.
 Procedimento:
– Montar matriz ANxM , N = M + 1;
– Montar equação do pulso, w(t), em termos de ψ0(t) a ψN-1(t);
– Aplicar restrições de 0 DC;
T
– A A = IM;
– Calcular freqüência central ω0 e espalhamento σω2;
– Calcular funcional a ser minimizado (diferenças em ω1 e ω2);
– Busca extensiva interativa.
Conjuntos Ortogonais (M = 3)
h01 h02 h03
1) A= h11 h12 h13 ;
h21 h22 h23
h31 h32 h33
2) w1(t) = h01ψ0(t) + h11ψ1(t) + h21ψ2(t) + h31ψ3(t);

½
3) Restrição de 0 DC: h0 = - h2 /2 ;

T
4) A A = I 3 (6 equações e 9 incógnitas);

-½ ½
5)ω0 = K1 [2h1 + 4h2 + 3h3 – 4 6 h1h3]; σω2 = K2 [6h1 + 15h2 + 14h3 – 4 6 h1h3] - ω02;

6) ω1 = ω0 – 1,3σω; ω2 = ω0 + 1,3σω;
G = (ω11 - ω12)2 + (ω11 - ω13)2 + (ω12 - ω13)2 + (ω21 - ω22)2 + (ω21 - ω23)2 + (ω22 - ω23)2;

7) Busca pelo conjunto correspondente ao G mínimo.


Exemplo com M = 3 (resultado)

w 1H = [ 0 -0,95 0 0,32]T;
4
w 2H = [-0,41 -0,22 0,58 -0,67]T;
4
w 3H = [ 0,41 -0,22 -0,58 -0,67]T;
4

2
3 -t /2
w1H (t) = (-0,27 t + 1,42 t) e ;
4
2
3 2 -t /2
Conjuntos Ortogonais (M = 4)
1) A5x4 ;

2) w 1(t) usa de ψ0(t) até ψ4(t);

3) Restrição de 0 DC: h0 = - h2 /2½ - 6½ h4/4 ;

4) ATA = I4 (10 equações e 16 incógnitas);

5) ω0 = K1 [2h1 + 4h2 + 3h3 – 4 6-½h1h3 + 2 3½h2h4 ] e

σω2 = K2[6h1 + 15h2 + 14h3 - 4 6½ h1h3 – 5 3½h2h4] - ω02;

6) ω1, ω2 e G semelhantes ao caso anterior;

7) Busca agora baseada em geração de matrizes ortogonais.


M = 4 (resultado)
Sumário
 Introdução
 Representação de Sinais em Espaços de
Hermite
 Conjuntos de Pulsos Hermiteanos Ortogonais
 Moldagem Hermiteana
 Novos Esquemas de Modulação
 Simulações
 Conclusão
Moldagem Hermiteana (pulso único)

 Objetivo: adequação a um perfil espectral.


 FCC 2002, sistemas indoor:
 -41,3 dBm/MHz entre 3,1 e 10,6 GHz – pontos de -10dB;
 Entre 0,96 e 1,61 GHz: -34 dB (GPS);
 Adaptação:
 FCC-10dB= 3,1/10,6; FCC-34dB1= 0,96/10,6; FCC-34dB2= 1,61/10,6;
 M = 1; N = 4; (relaxamento do item 1)
 Itens 2 a 4 idênticos;

Alterações no procedimento:
• 5) Levantar a curva de densidade espectral de potência;
• 6) Calcule as razões entre dos pontos de –34 dB e –10 dB inferior
para o ponto de –10 dB superior: r-34dB1, r-34dB2 e r-10dB;
G = Max{r-34dB1/FCC-34dB1 - 1; FCC- 34dB2 /r-34dB2 - 1; FCC-10dB/r-10dB - 1}
 Item 7: busca extensiva interativa.
Moldagem Hermiteana (pulso único)
A1
Moldagem Hermiteana (par simétrico)

 Adaptação:
 M = 2; N = 5; (por tentativa)

Pulsos invertidos no tempo;
(metade do número
de variáveis)

• Itens 2 a 6 idênticos ao caso anterior;



Item 7: busca extensiva interativa com sistema de 3 equações e 5
incógnitas, auxiliada pela abordagem:
• Zeros das partes real e imaginária da T.F. próximos da região 0,96 —
1,61 GHz
• (facilitada pela representação como pulso Hermiteano)
Moldagem Hermiteana (par simétrico)
A2
Moldagem Hermiteana (quatro pulsos)

 Adaptação:
 M = 4; N = 9; (por tentativa)
 2 pares de pulsos invertidos no tempo;
(metade do número de variáveis)
 Itens 2 a 6 idênticos aos casos anteriores;
 Item 7: busca extensiva interativa com sistema de 8 equações e
18 incógnitas, viabilizada pela abordagem:
• Sem restrição de zeros da T.F.;
• Minimização com restrições – fmincon do MATLAB®;
• Geração de condições iniciais por Simulated Annealing.
Moldagem Hermiteana (quatro pulsos)
A3
Sumário
 Introdução
 Representação de Sinais em Espaços de
Hermite
 Conjuntos de Pulsos Hermiteanos Ortogonais
 Moldagem Hermiteana
 Novos Esquemas de Modulação
 Simulações
 Conclusão
Novos Esquemas de Modulação
P
 Técnicas básicas: A
M
P
P
M
P
S
M

 Sistemas M -ários,
símbolos
equiprováveis,
correlações iguais
(r = -1 / (M – 1)):
Novos Esquemas... (cont.)
 Múltiplo acesso:
Novos Esquemas... (cont.)

 Ortogonalidade:

Modulação ortogonal: correlações idênticas e nulas;
• UWB: imunidade à inversão do sinal.
 PPM ortogonal:
 PSM ortogonal:
 formas de onda
ortogonais
Novos Esquemas... (cont.)
 PPM Quaternário (δ = 1,2 σ): dibit → símbolo
00 → w(t)
01 → w(t - δ)
10 → w(t - 3δ)
11 → w(t - 2δ)
 PSM:
 Binário (PSM-pi, PSM-pd, PSM2);

Quaternário (QPSM-pi, QPSM-pd, PSM4).
 PASM:
 QPASM: dibit → símbolo
00 → wG(t)
01 → wR(t)
10 → - wR(t)
11 → - wG(t)
 PASM4 e PASM8
Sumário
 Introdução
 Representação de Sinais em Espaços de
Hermite
 Conjuntos de Pulsos Hermiteanos Ortogonais
 Moldagem Hermiteana
 Novos Esquemas de Modulação
 Simulações
 Conclusão
Simulações

 PPM-pd
 PPM-pi
 PSM-pi
 Canal aditivo Gaussiano, sem
 PSM-pd
restrições de banda e potência
 QPSM-pi
 QPSM-pd
 QPASM
 QPPM
 PAM
Simulações
 Canal com multipercursos e banda restrita:
• IEEE 802.15.4a

 Perfil espectral
• Energia unitária
 Taxa de transmissão
• Pico da PSD
 FCC: EIRP a 1 m, 1 MHz
• Concentração em raias
 Decaimento de potência
 ISI
Simulações
Simulações
 PAM2
 PPM2
 PSM2
 PPM4
 PSM4
 PASM4
 PASM8
 Pulsos:
• A1, A2 e A3
Simulações
Sumário
 Introdução
 Representação de Sinais em Espaços de
Hermite
 Conjuntos de Pulsos Hermiteanos Ortogonais
 Moldagem Hermiteana
 Novos Esquemas de Modulação
 Simulações
 Conclusão
Conclusão (contribuições)
 Pulso Hermiteano N-dimensional
 Método para obtenção de pulsos ortogonais
 Moldagem Hermiteana → conformidade espectral
 Probabilidade de erro de bit em um sistema M-ário
 Novos esquemas:
 PPM quaternários (bom desempenho em canal AWG)
 PSM binários e quaternários (ganho M-ário)
 PASM quaternários e octonário(baixa complexidade e redução de ISI)
 Simulações:
 Gaussiana
 Modelos de canal segundo o padrão IEEE 802.15.4a
 Considerações de banda, potência, energia por bit e ruído de forma a atender à
norma da FCC
Conclusão (pesquisas futuras)
 Busca de novos pulsos:

Compatível com a máscara FCC-outdoor (-20 dB nas bordas);
 Espectro mais concentrado BWfrac≅ 0,2 ⇒ multibanda;
 4 pulsos de correlações iguais a –1/3.
 Simulações de formas de onda não-Hermiteanas
 Paralelização de dados por pulsos ortogonais
 Deteção por filtro descasado para mitigar interferência
entre pulsos

“Poly-Phase Codes and Optimal Filters for Multiple User
Ranging” – Griep, K; Ritcey, J A; Burlingham, J J. IEEE Trans.
on Aerospace and Electr. Systems, v 31, no 2, Apr 1995.