P. 1
SOCIOLOGIA - INTERAÇÃO E GRUPOS SOCIAIS

SOCIOLOGIA - INTERAÇÃO E GRUPOS SOCIAIS

|Views: 7|Likes:
Publicado porLeonides Justiniano

More info:

Published by: Leonides Justiniano on Jan 25, 2014
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/27/2014

pdf

text

original

INTERAÇÃO GRUPOS SOCIAIS

Tipos Definições Classificação

INTERAÇÃO
• Interação social é a ação social, mutuamente orientada, de dois ou mais indivíduos em contato. Distingue-se da mera interestimulação em virtude de envolver significados e expectativas em relação às ações de outras pessoas. • Interação é a reciprocidade de ações sociais.

.COOPERAÇÃO • A cooperação é o tipo particular de processo social em que dois ou mais indivíduos ou grupos atuam em conjunto para a consecução de um objetivo comum. É requisito especial e indispensável para a manutenção e continuidade dos grupos e sociedades.

é a forma mais elementar e universal de interação”. inconsciente e impessoal.. consistindo em “luta incessante por coisas concretas”. .COMPETIÇÃO • “. • Trata-se de uma contenda contínua. • Existe competição quando os recursos de uma sociedade são inflexíveis e inadequados perante uma população portadora de desejos insaciáveis..

• Cada um dos contendores tem a consciência de que. • É uma luta consciente e pessoal.CONFLITO • Conflito é uma contenda entre indivíduos e grupos. precisa fazer com que o outro não atinja os seus. para alcançar os seus propósitos. em que cada qual dos contendores almeja uma solução que exclui a desejada pelos adversários. .

.. não conflitiva. .ADAPTAÇÃO • É a interação e integração do indivíduo ao grupo de forma “positiva”. • Níveis da adaptação: – Biológico e psicomotor – Afetivo – Pensamento – .

atitudes. • É um ajustamento formal e externo.ACOMODAÇÃO • Acomodação é um processo social com o objetivo de diminuir o conflito entre indivíduos ou grupos.. reduzindo-o e encontrando um novo modus vivendi. sendo pequen ou nula a mudança interna (valores.. aparecendo apenas nos aspectos externos do comportamento.) .

Formas da acomodação • • • • Coerção: ameaça ou uso da força Compromisso: concessões mútuas Arbitragem: recurso a um terceiro Tolerância: maneira de impedir conflito manifesto (grau mínimo de acomodação) • Conciliação: mudança de sentimento. diminuição de hostilidade. harmonização entre antagonistas .

. • É um indício da integração sociocultural e ocorre principalmente nas populações que reúnem grupos diferentes. tradição. sentimentos e atitudes da outra parte.ASSIMILAÇÃO • Assimilação é o processo social em virtude do qual indivíduos e grupos diferentes aceitam e adquirem padrões comportamentais.

Fatores influentes • Contatos primários • Linguagem • Ausência de caracteres físicos distintivos • Número e concentração de indivíduos • Prestígio da cultura .

.CATEGORIAS SOCIAIS “.. uma categoria social é uma pluralidade de pessoas que são consideradas como uma unidade social pelo fato de serem efetivamente semelhantes em um ou mais aspectos. apud Lakatos & Marconi) .” (Fichter.

• Valores-base para classificação das categorias sociais: – Parentesco – Riqueza – Ocupação – Educação – Religião – Fatores biológicos .

mas que para isso precisam contribuir de alguma forma para seu ambiente. caso agregadas. • GRUPO – a coleção de pessoas que. que compartilham uma consciência de membros. . qualquer conjunto de pessoas em interação. mais facilmente alcançam seus objetivos pessoais.GRUPOS • GRUPO – qualquer número de pessoas que partilham de uma consciência de interação e filiação.

Tipos de Grupos • • • • • • –Formais –Informais –Primários –Secundários –Pessoais –De interesse .

. normas para que as pessoas possam fazer parte dos mesmos.• Grupos formais: são aqueles que apresentam regras a serem seguidas. • Grupos informais: são aqueles bastante maleáveis quanto à sua constituição e forma de participação. apresentam “formalidades”.

• Grupos secundários: são aqueles criados para objetivos mais formais e menos íntimo às pessoas. . em nível de intimidade. têm uma existência dependente de aspectos mais profissionais. satisfazendo as necessidades mais básicas de afeto e segurança.• Grupos primários: são aqueles onde as relações são bastante próximas.

transitório. “imposto” pela força do conjunto. • Grupos de interesse: são aqueles em que as pessoas se reúnem temporariamente em função de se conseguir um objetivo comum.• Grupos pessoais: são aqueles em que os objetivos são particulares e em que as relações são diretas. . criando vínculos.

que é resultado de um ETNOCENTRISMO. os quais podem ser definidos como . que conduzem a uma DISCRIMINAÇÃO.• O grupo posiciona-se frente aos demais relacionando-se mediante ESTEREÓTIPOS. a qual subentende a estipulação de uma FRONTEIRA.

ESTEREÓTIPO • : a imagem preconcebida que um grupo pessoal atribui a uma categoria social de grupos externos .

sexo e.. em razão da diversidade de religião. de profissões. etc. raça. etnia. pagamentos. por extensão. classe social e até defeitos físicos . pela limitação de oportunidades.DISCRIMINAÇÃO • O tratamento desigual de pessoas com capacidades iguais.

FRONTEIRA • a separação dos membros pertencentes a um grupo dos participantes dos demais grupos .

ETNOCENTRISMO • a tendência de os membros do grupo pessoal considerarem sua subcultura como certa e superior às dos demais grupos externos .

AGREGADOS Agregado é uma reunião de pessoas frouxamente aglomeradas que. Variam em dependência da quantidade dos indivíduos e do tipo de “vínculo”. . têm um mínimo de comunicação e de relações sociais. apesar da proximidade física.

• Características das relações dos indivíduos com os agregados: – Presença física – Ausência de status – Padrão de comportamento – Comportamento coletivo – Anonimato – Diminuição da responsabilidade pessoal .

Características • • • • • Desordenada Descontrolada Unidades uniformes Anônima Baixo denominador comum • Emoções generalizadas • • • • • • Fanática Desinibida Segurança e poder Idéia fixa Motivos inconscientes Caráter cumulativo e circular .MULTIDÃO .

sem objetivo determinado . turbamalta: alvo ou objetivo canaliza a ação (agressiva/destrutiva) • Em pânico: voltada para a fuga de um perigo comum. turba. organização frouxa.Tipos • Casuais: existência momentânea. • Expressiva: movimento físico visando afrouxar a tensão. comportamento preestabelecido • Ativa.MULTIDÃO . sem unidade (rara) • Convencionais ou auditórios: duração limitada.

Opinião pública implica em acesso livre e total a informações que possibilitem a formulação de opiniões conscientes por parte daqueles que não participam do governo e que pretendam influenciar ou determinar as ações do governo.Público. além de dizer respeito ao número de um ou outro grupo (os que expressam e os que recebem opiniões). . massa e opinião pública Referem-se à maior ou menor possibilidade de interação entre os emissores/formadores de opinião e os receptores da mesma.

nunca mais!” . os “fenômenos sociais” abaixo. • Assistência de um espetáculo circense • Funcionários em greve • Empresários discutindo reajuste de preços • Presidiários • “Fiéis” em um evento religioso • Assembléia p/ premiação de consorciados • Alunos em uma sala-de-aula • Membros de um diretório político discutindo estratégias partidárias • Banhistas em uma praia do litoral • Militantes da ONG “Fome.Exercícios Classifique. justificando.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->