Você está na página 1de 9

Educao X Instruo

Para Dolores...
a educao no pode ser reduzida ao acmulo de conhecimentos para o desenvolvimento de projetos individuais e coletivos.

Afirma que ... , antes, necessrio estar altura de aproveitar e explorar, do comeo ao fim da vida, todas as ocasies de atualizar, aprofundar e enriquecer esses primeiros conhecimentos, e de se adaptar a um mundo em mudana.

a expanso do capitalismo, e consequentemente, do comrcio e da indstria, tornou-se necessrio preparar indivduos que sustentassem o sistema econmico com mo de obra qualificada. A instruo, naquele contexto, passou ser sinnimo de educao.

Demo (1994) ressalta que a habilidade obtida em processos direcionados apenas ao ensino e aprendizagem mecnica pode ser configurada como uma cpia ou imitao. Acrescenta que os mestres desempenham o papel de executores de planos e projetos elaborados por outrem e, nesse contexto, o aluno considerado treinado, ou seja, trabalhador capaz de realizar tarefas repetitivas com perfeio, visto que utiliza o reflexo condicionado.

Gmez (1998) nos ajuda a reforar a distino entre instruo e educao quando afirma que a segunda trata de um processo para alm da transmisso e da troca de conhecimentos, evidenciadas nas interaes que ocorrem no ambiente escolar.

Embora determinada socialmente, a escola pode contribuir para que o aluno construa sua autonomia como aprendiz e aprenda o sentido da participao, do respeito diferena, da solidariedade, das normas, dos valores de interao social etc., os quais ultrapassam os muros da escola e so vivenciados ao longo da vida.

Em uma concepo de formao do professor como intelectual crtico, profissional reflexivo, pesquisador e elaborador de conhecimentos, participante qualificado na organizao e gesto da escola (LIBNEO, 2003, p. 66), entendemos o papel fundamental da formao continuada desse profissional, com vistas a subsidiar a reflexo sobre sua prtica docente.

nessa perspectiva que surgiu a Lei de Diretrizes e Bases LDB, Lei n 9.394, de 20 de dezembro de 1996, como forma de superar a ruptura entre a formao do professor e a do aluno, focando na adequao de prticas pedaggicas voltadas para a construo de competncias e habilidades.