Você está na página 1de 2

Coronel da PM preso por descumprir medida judicial e com armas sem registros dentro de carro

Delegada Vanderleia Gadi informou que em 2013, o coronel passou 90 dias presos por ter invadido a residncia da ex-companheira dele, que uma tenente da Polcia Militar, Portal Correio
Reproduo/ Portal Correio

Caso foi registrado na Delegacia da Mulher

O coronel da reserva da Polcia Militar da Paraba, Joo batista Guedes, 50 anos, foi preso na noite dessa quarta-feira (5) ao descumprir uma medida protetiva e por infrao ao estatuto do desarmamento, de acordo com a delegada da Mulher de Joo Pessoa, Vanderleia Gadi. O caso ocorreu na cidade de Bayeux, na regio metropolitana da Capital paraibana. A delegada informou que em 2013, o coronel passou 90 dias presos por ter invadido a residncia da ex-companheira dele, que uma tenente da Polcia Militar,

e ainda ter efetuado disparos em via pblica. Por causa desse delito, foi expedido uma medida protetiva para a mulher. - O coronel reformado deveria ficar afastado da mulher conforme prev a medida protetiva. Mas, ele descumpriu a primeira vez e foi preso. Passou 90 dias e em dezembro de 2013 foi posto em liberdade. Nessa quarta, teve uma reunio de divrsio durante o dia e quando foi noite, o coronel foi at a casa da ex-mulher com o pretexto de pegar um equipamento de som disse a delegada. A tenente percebeu a presena do coronel e acionou a polcia. Quando os policiais chegaram na residncia, encontraram o coronel e durante uma revista no veculo dele foram encontradas duas armas de fogo sem registro, revelou Gadi. O coronel foi levado para as Delegacias da Mulher e a 6DD, em Santa Rita. Ele j est recolhido no Centro de Ensino da PM, no bairro de Mangabeira, na Capital. A Delegacia da Mulher vai solicitar ainda nesta quinta, um mandado de priso preventiva contra o coronel, por ele ter descumprido a medida protetiva, finalizou a delegada.