P. 1
Decodificar Tv a Cabo Net

Decodificar Tv a Cabo Net

|Views: 12.023|Likes:
Publicado porNando

More info:

Published by: Nando on Oct 05, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/31/2013

pdf

text

original

Descodificação de Canais Codificados da TVcabo

Uma outra observação para as pessoas sem Placa BT-8xx TV-Card e sem Placa de vídeo ASUS V-3x00: Não há nenhum programa para descodificar transmissões codificadas CableCrypt para outras Placas. Não me envie um E-Mail a pedir um programa completo apenas para a sua Placa. Eu não escrevi nenhum programa de descodificação, escreva um programa você mesmo e envie para FreeTV. Lembre-se que as pessoas estão a trabalhar livremente e de boa vontade, logo não seja abusivo!

Prefácio: O visionamento de canais codificados utilizando software de descodificação é uma área um pouco escura. As companhias TV (TvCabo, Cabovisão, etc.) dizem que é ilegal, eu penso que não é. Nós recebemos o sinal em nossa casa, sem tal ter sido solicitado especificamente, e penso que poderemos fazer com o sinal aquilo que bem entendermos, pois podemos inclusive visualiza-lo na sua forma codificada como também o podemos analisar e mesmo descodificar - Nós não usamos informação de exclusiva propriedade, software pirateado, etc. Mas honestamente não vos posso garantir se é ou não uma ilegalidade. O uso de TV Boxes Clonadas, isso sim, é considerado ilegal. Em todo o caso, use esta informação como uma aproximação académica ao assunto. I. Introdução Esta página tem como finalidade ajudar a descodificar transmissões de TV codificada pelo método CableCrypt de Iredeto. Tanto quanto eu sei, há os seguintes operadores da TV usando este sistema de codificação: Holanda: Canal+ Holanda Bélgica: Canal+ Vlaanderen Itália: Tele+ Grécia: FilmNet Grécia África do Sul: M-Net Portugal: TvCabo (Tele Cine 1 , Tele Cine 2, Playboy, SporTV, SexyHot,

TV Saúde, Agro Rural, etc.) Ásia: Diversos países na Ásia usam este sistema O CableCrypt de Iredeto é um método análogo de codificação que consiste remover o sinal da sincronização vertical e horizontal e o substituir pelo digital, colocado acima da área visível da imagem, onde o videotexto é transmitido normalmente. A configuração das televisões convencionais não podem travar a imagem e a imagem parecerá mover-se toda em torno do ecrã. Além disso, a cor e a polaridade da imagem da TV são invertidos aleatoriamente. Actualmente a polaridade do vídeo comuta de positivo ao negativo nos intervalos aleatórios que duram geralmente diversos segundos. Ambos os efeitos criarão uma imagem em TV's padrão que se rodará verticalmente, distorcendo horizontalmente e o conteúdo da imagem torna-se imperceptível. Embora à primeira vista possa parecer fácil descodificar o CableCrypt, quando comparado com o NagraVision ou o VideoCrypt, constata-se não ser assim tão fácil. Como compara linhas se não souber onde começam? Como sabe qual é a primeira linha? Como sabe se a imagem está ou não invertida? Na maioria dos países, o som é também codificado. Eu não sei se as ferramentas disponíveis para descodificar o som são as ideais para este método ou não - os espectadores portugueses da TvCabo têm sorte, pois o som não é por enquanto codificado, mas já ouvi dizer que o som da cabovisão também é codificado. O sinal áudio estereofónico é emitido numa frequência de 31,250 kHz e com definição 16-bit. Os dados áudio digitais são incluídos em dados 36-bit e disparados antes de cada linha vídeo. II. O que é que necessita Para conseguir a descodificação necessita dos seguintes componentes e softwares: - Computador com processador mínimo Pentium-II e 64MB RAM - RAM física (DMA buffer) 682kB livre, contígua, não-paginada - Placa TV com Chip Bt848A, Bt849, Bt878 ou Bt879 - Placa de vídeo compatível DirectDraw - opção: Placa vídeo ASUS VT-3400/3800 TV-IN/Vídeo-OUT - Microsoft Windows 95/98 - Microsoft DirectX 6.1 - Descodificador CableCrypt de Ewald Snel (inicialmente denominado CCD agora CABLE) - alternativa, se possuir a placa de vídeo ASUS, pode tentar o descodificador de Kossaks Eu possuo uma placa de vídeo Asus AGP-V3800 Ultra (Riva TNT2) e uma placa de TV Studio PCTV da Pinnacle, mas não é absolutamente necessário as 2, para opção mais económica sugiro a placa de TV por se conseguir melhores resultados (convém no entanto possuir uma boa placa de vídeo).

Placas TV compatíveis CCD/CABLE (da página de Ewald Snel's) Chip Placa TV Compatível Bt848A AIMS Labs Xtreme 98 Video Highway Tuner sim/não Bt849 AIMS Labs Live! (esta é uma Placa pirata de TV!) sim Bt848A Annubis Typhoon TV sim Bt829 ATI All In Wonder não (*) Bt878 AVerMedia TVPhone98 sim Bt878 Best Buy Easy TV sim Bt878 Hauppauge WinCast/TV sim Bt878 Hauppauge WinTV Go sim Bt878 Hauppauge WinTV PCI model 406 sim Bt878 Hauppauge WinTV PCI model 605 sim Bt878 Hauppauge WinTV PCI / Radio card sim Bt848 Hauppauge WinTV Primio não Bt878 Hauppauge WinTV Primio sim Bt848A Miro PcTV Pro sim Bt848A FlyVideo TV sim Bt878 FlyVideo 98 sim Bt878 FlyVideo II sim Bt878 PixelView Play TV sim Bt879 Winfast TV 2000 TV Card sim POR FAVOR NÃO ME PERGUNTE SOBRE OUTRAS PLACAS DE TV QUE NÃO CONSTEM NA TABELA. (*) - ATI All in Wonder - Em relação a esta placa o software CCD/CABLE não é compatível, no entanto encontrei estes ficheiros (AtiDecrypt.zip, AtiAw128.zip) na Internet que de alguma forma poderão ser úteis aos proprietários destas placas. Contudo não possuo nenhuma informação, nem do modo de funcionamento, nem da eficácia deste software, e não possuo forma de teste, por isso, agradeço desde já toda a informação que me enviarem! III. Como configurar 1) CCD/CABLE (v1.50) - beta Para usar este software deve sintonizar todos os canais na aplicação TV que vinha com a sua placa. Com minha placa TV (Studio PCTV da Pinnacle) não é possível usar o selector de canais do CABLE para todas as frequências. Consequentemente, a solução passa por seleccionar previamente o canal pretendido para descodificação na aplicação TV, fechar esta aplicação, e só depois correr o CABLE (o software inicialmente era denominado de CCD até à versão v0.35 e após esta versão passou a ser denominado de CABLE que começou com a versão v1.0).

Tenha em atenção que o software da sua placa de TV pode não conseguir sintonizar todos os canais codificados CableCrypt, poderá por vezes o software considerar tratar-se apenas de ruído. Se vive na área de Lisboa (Portugal) poderá usar a informação de frequência contida na tabela desta página. Se não pode sempre usar um VCR ou TV ver qual o canal seguinte ao codificado e sintonizá-lo manualmente com a opção FINE TUNE do software da placa de TV. O som não é descodificado pelo CABLE. Os espectadores portugueses têm sorte, enquanto a TvCabo não codificar também o som. Algumas versões do CABLE activam e desactivam o som correctamente, outras versões não. No caso de som codificado use a ferramenta RemoteSound de Viper's. Também poderá encontrar um utilitário destes para outros programas de descodificação. A fim descodificar CableCrypt de forma correcta, tem que efectuar algumas configurações manualmente nas versões actuais. Estas configurações consistem em rodar a imagem bloqueada verticalmente até à posição correcta, desbloquear a imagem e rodar horizontalmente até à posição correcta, e por fim travar novamente a imagem.

Imagem 1 - Posição vertical errada e horizontal a rodar 1º Passo: Rode a imagem para cima ou par baixo, usando as teclas do cursor, até posicionar o inicio da imagem no topo. Convém deixar uma barra (branca ou preta, conforme a polaridade da imagem) em cima (Imagem 2). Isto é importante, pois sem essa barra (correspondente a 1 ou 2 linhas) em cima da imagem real da TV, o descodificador não poderá inverter automaticamente a imagem quando necessário (polaridade automática). Poderá perder algum tempo até encontrar a largura da referida barra para que a inversão automática da imagem trabalhe correctamente. Quando perfeitamente ajustado a referida barra irá transitar de branco para preto e o conteúdo da imagem deverá ser sempre no formato de imagem positivo.

Imagem 2 - Posição vertical correcta, mas ainda a horizontal a rodar 2º Passo: Desligue o bloqueamento (Lock - tecla "L") e rode a imagem para a esquerda ou para a direita na horizontal, usando as teclas do cursor. Faça a imagem rodar muito lentamente e quando a borda esquerda da imagem estiver próximo do lado esquerdo da janela, pressione novamente "L" para bloquear a imagem. Terá que se certificar que as cores trabalham correctamente e que a imagem trava na realidade. O resultado será idêntico à imagem seguinte.

Imagem 3 - Posição vertical e horizontal correctas: boa imagem com boas cores! 3º Passo: Active a auto polaridade (Auto Polarity - tecla "P"). Se deixar a posição vertical da imagem bem ajustada (uma linha branca pequena em cima da imagem - Imagem 3), a polaridade deve mudar correctamente. Alguns erros ocorrem em transmissões com mudanças de imagens bruscas (acontece frequentemente com vídeos musicais).

Poderá sempre usar a inversão manual (destrave com tecla "P" e inverta então com tecla "X"). Finalmente, pode também ajustar o brilho, o contraste e a cor. Nota Importante: Tem que ajustar estes valores para a imagem invertida e para a imagem nãoinvertida independentemente, mas faça-o para que as imagens sejam praticamente iguais de maneira a que na inversão da polaridade não se aperceba de qualquer diferença. A tecla de "A" tentará ajustar as configurações automaticamente. Os resultados são questionáveis, ou eu estou a fazer algo de errado. Em todo o caso, o CABLE manterá os ajustes. Uma coisa que eu observei (poderá ser uma impressão errada) é que o software começa a descodificar melhor após alguns minutos, e os erros de inversão ocorrem menos. Por outro lado, pode acontecer de tempo a tempo, a imagem começar a moverse na horizontal. Apenas destrave com a tecla "L", mova a imagem lentamente com as teclas do cursor (ESQUERDA e/ou DIREITA) até que esteja quase na posição correcta, e pressione novamente a tecla "L". 4º Passo: Download CCD_PATCH (by Vempire) e use-o para substituir a mudança automática da polaridade. A ferramenta analisa uma área de 35x35 pixels do canto superior esquerdo da janela do CABLE e verifica o pixel. Se o pixel for superior ao valor de entrada, é porque a imagem é negativa. Neste caso a ferramenta envia automaticamente a tecla "X" ao CABLE, invertendo a imagem. É rápido e simples de usar. Apenas configure a imagem no CABLE, trave-a na horizontal e corra o CCD_PATCH. Este PATCH não trabalha em modo "full screen", se ler as linhas em cima perceberá porquê, emite também um flash branco cada vez que a polaridade muda, mas trabalha muito bem. Têm que compreender que os autores destas ferramentas de descodificação trabalham de livre vontade e geralmente têm uma vida para além da descodificação de transmissões TV.

Perguntas Frequentes
"Error: Couldn't load PHYSMEM.VxD" Deve colocar o ficheiro "PHYSMEM.VXD" no mesmo directório que o "CABLE.EXE", e use este como o directório de funcionamento (se criar um atalho). O ficheiro "CABLE.CFG" é o que arquiva a configuração e não é obrigatório. Se não existir, a configuração por defeito será usada. "Error: Couldn't allocate physical memory buffer"

Se tiver esta mensagem, significa que o Windows não disponibiliza um DMA de memória suficiente para o programa. Há três soluções possíveis para este problema. - Pode tentar libertar a memória física RAM, efectuando um restart do computador e correndo a aplicação de descodificação logo no inicio (poderá correr primeiro a aplicação de TV da sua placa para sintonizar o canal a descodificar). - Pode reservar a memória DMA no Control Panel; System; Device Manager; System Devices; Direct memory access controller. Eu ainda não tentei este método. - Adicione mais memória. Com o 128MB da memória, possivelmente nunca obterá este erro. "A imagem roda lentamente na horizontal, eu não consigo travá-la." Se a imagem for centrada na horizontal e na vertical, pode trava-la pressionando a tecla "L". Se esta opção não funcionar (a imagem move quando pressiona "L"), tente rodar a imagem 1 ou mais linhas para baixo. "A imagem é a brilhante ou então é obscura" Na versão 1.10 e superiores, pode ajustar o brilho pressionando as teclas de PageUp e PageDown. O brilho tem que ser ajustado para o normal e para o invertido separadamente, porque a imagem invertida pode ser ligeiramente mais brilhante ou mais escura. "Linhas brilhantes ou escuras na imagem ou imagem en flash's" Na versão 1.20 e superiores pode permitir a Adaptive Brightness Control opção através da tecla "A" ou seleccionável a partir do Menu. Isto ajustará o nível do brilho ao nível médio do brilho do estouro da cor, que deve ser constante para a imagem inteira. "A imagem é invertida, as pessoas parecem fantasmas" O Sinal de vídeo é invertido pelo codificador cablecrypt após alguns segundos. Como resultado a imagem aparece no modo "negativo" e as pessoas parecem-se com fantasmas. Na versão 1.06 e superiores pode pressionar "X" para inverter manualmente a polaridade. É melhor usar a opção automática do ajuste da polaridade, activando com a tecla "P", mas esta opção não trabalha correctamente em todos os canais codificados. "Eu não ouço o som, porque é áudio não suportado?"

A codificação digital áudio, como usado pelo canal+ nos Países Baixos, não é suportado. O som analógico, usado pelos canais codificados em Portugal, pode ser activado usando outro software para chips Bt8xx para permitir o som. Poderá tentar isto: Corra o software que veio com a sua placa de TV. Seleccione o canal codificado. Minimize a aplicação. importante!! Corra o software de descodificação, o som deve permanecer activado. Pode também usar RemoteSound 3.5 by FastViper. Algumas versões mais novas do CABLE têm suporte de som analógico, mas diferentes versões trabalham com diferentes placas de TV. Tente usar a ou v1.50. Alguma deve trabalhar com a sua placa de TV. "O programa não trabalha com a minha placa de TV" Pode também tentar com o programa de Stealth ou Ronny's cablecrypt decoder. Para placas com chip SAA11 tipo o da Asus V3x00, pode tentar o programa TVcabo Decoder by Kossak. Verifique também na tabela desta página se a sua placa de TV tem compatibilidade. 2) Ghost CCD Patch (Ghost200.zip, Ghost210.zip) Para começar o programa GHOST CCD PATCH NÃO É UM DESCODIFICADOR de canais por cabo ou satélite. A primeira versão do programa capturava imagens do CCD, analisava e mostrava a imagem corrigida, com o inconveniente de o frame rate e a qualidade das imagens não ser o melhor possível. Mais tarde o autor encontrou na Internet o programa CCD Patch (by Vempire), e pensou interessante a ideia de desactivar a opção de Automatic Polarity e deixar um programa exterior enviar comandos Invert Polarity quando fossem detectadas imagens invertidas. O objectivo deste programa é apenas analisar a imagem da client area do CCD CableCrypt e no caso de detectar uma imagem invertida (ghost) efectuar a sua correcção, utilizando o mesmo princípio do CCD Patch (by Vempire), com a diferença que enquanto o CCD Patch analisa apenas um ponto, o Ghost CCD Patch analisa toda a imagem ou apenas uma região de forma a detectar se a imagem está ou não invertida. Utilização O programa Ghost, pode ser instalado em qualquer directório.

Antes de correr o Ghost, execute o CCD e faça os ajustes que achar necessários, assim como desactive a opção Automatic Polarity (P), que se encontra no menu Decode. Execute o programa Ghost. Caso o programa Ghost não encontre o CCD visível no desktop ou em Full Screen mostrará uma das seguintes mensagens de erro : - CableCrypt Decoder not found! - CableCrypt Decoder window is minimized! Active a opção File | Debug, assim como, seleccione a opção File | Settings.

Quando é seleccionado o modo CCD Capture, nenhuma correcção é efectuada no CCD, e o programa Ghost simplesmente captura imagens da client area do CCD e ao mostrar na sua client area tenta efectuar a sua correcção. O objectivo deste modo é observar os histogramas das imagens normais e invertidas (debug) de forma ao utilizador poder ajustar os parâmetros Area, Threshold, Trigger e Timer até conseguir que o Ghost detecte todas as imagens invertidas. Na opção CCD Area deve ser seleccionada qual zona da imagem a ser analisada pelo programa Ghost, nomeadamente Window ou Region. Na primeira opção toda a imagem é analisada enquanto que na segunda apenas é analisada a zona delimitada pelas coordenadas ( X, Y, W, H ). O modo Window tem a desvantagem de que se durante o programa aparecerem imagens muito brancas ( neve, praias, exteriores com muito sol, etc. ) o programa acciona o mecanismo de inverter a imagem por achar que a imagem esta invertida.

Devido aos inconvenientes do modo Window, sempre que possível utilize o modo Region. Tal como pode observar nas figuras anteriores, tente sempre seleccionar zonas que estejam sempre escuras durante as imagens normais e claras nas imagens negativas.

O parâmetro Threshold determina o nível a partir do qual um ponto da imagem é considerado claro ou escuro.

Gray

Red

Green

Blue

Light 0 64 128 160 192 216 240 255

Após a contagem de pontos claros e escuros, é calculado a percentagem de pontos claros ( Nº Pontos Claros / Nº Total de Pontos ) e caso seja inferior ao valor do parâmetro Trigger a imagem é considerada Normal enquanto que se for superior é considerada Invertida. Tanto o Threshold como o Trigger devem ser parametrizados de acordo com o modo (Window ou Region) seleccionado na opção anterior. A melhor forma de determinar os valores para os parâmetros é observar os histogramas de imagens Normais e Invertidas no modo Debug. O valor do Timer deve ser o mais reduzido possível de forma ao programa Ghost detectar as imagens invertidas e efectuar a sua correcção o mais rápido possível. No entanto tenha em ATENÇÃO que caso o valor do Timer seja muito reduzido a imagem do CCD pode ficar a oscilar entre Normal/Invertida devido ao envio de vários comandos (Invert Polarity), ou seja, neste caso temos que o valor do Timer é inferior ao tempo de resposta do CCD. Uma vez configurado os parâmetros, pode-se desactivar a opção File | Debug, assim como, activar o modo CCD Patch, de forma ao programa Ghost enviar

comandos para o CCD sempre que detectar uma imagem invertida. Neste modo o programa Ghost pode ser minimizado, assim como o CCD pode ser visualizado em Full Screen. O modo CCD Patch, não é recomendado para a configuração dos parâmetros visto que ao enviar comandos Invert Polarity para o CCD : - o focus esta sempre a passar CCD - não é possível visualizar o histograma de imagens invertidas - não é visível quando e como o Ghost efectua as correcções Para configurar as opções utilize sempre o modo CCD Capture. Exemplos:

Nesta imagem "normal", podemos verificar que o parâmetro Threshold foi definido como 152 e com base neste número foi determinado que apenas 3% dos pontos da imagem são considerados "claros" ou "muito brancos" relativamente a uma imagem "normal".

Nesta imagem "invertida", podemos verificar que com base no Threshold de 152 foi determinado que 97% dos pontos da imagem são considerados "muito brancos" relativamente a uma imagem "normal", pelo que como o Trigger é de

35%, o programa considera que se trata de uma imagem invertida fazendo a sua correcção assim como mostrando no ecrã a mensagem (GHOST). Notas - Recomendo a utilização do CCD V1.33, visto que parece ser o mais estável de todos, pelo menos com o hardware que disponho actualmente. - Para enviar comandos ao CCD, o programa Ghost tem de activar a janela do CCD, o que em algumas situações pode não ser possível se estiver a correr e a trabalhar com outras aplicações ( processadores de texto, etc. ) ao mesmo tempo. 3) Descodificador de Kossak (GuiDek.exe) Este descodificador trabalha duma maneira completamente diferente do CCD/CABLE. Em vez de analisar a transmissão, alinhando as linhas, etc., este software ajusta correctamente a configuração à direita por marcas no TV chip da placa ASUS. O Phillips SAA711A 'Enhanced Video Input Processor (EVIP)' tem as marcas que superam a falta da sincronização vertical e horizontal. Desta maneira a única coisa que fica por fazer é a inversão de polaridade e da cor. Infelizmente Kossak não executou nenhuma rotina automática que verificasse quando estas inversões teriam que ser feitas - por isso o melhor para este software será retirar totalmente a cor (passa-se a visualizar a preto e branco) e fazer a inversão da polaridade manualmente, o que obriga ter a mão sempre no rato... Isto não é muito útil para as transmissões que mudam constantemente a polaridade (como o canal SporTV). No entanto, a notícia boa é que este método de descodificação não consome nenhum tempo ao processador central. Pode realmente gravar trechos de vídeo para o disco rígido ou funcionar ao mesmo tempo com outras aplicações. 4) Descodificador de Ronny's - Ccrypt (v2.04) Este funciona muito semelhante ao CCD/CABLE. A vantagem é que este software faz automaticamente a instalação. Mas no entanto não me parece que trabalhe com os canais portugueses. 5) Stealth (Stealth04src.zip) Este software de descodificação foi um dos pioneiros. Eu não consegui nenhuns resultados com ele. Parece que os utilizadores em diversos países usam aproximações ligeiramente diferentes ao CableCrypt. Não há actualizações à muito tempo. Algo sobre as placas de TV ASUS V3x00 A razão para muita conversa sobre estas placas gráficas é que têm um chip que pode mostrar uma imagem constante numa transmissão sem V-Sync e HSync. Desta maneira não necessita da potência do CPU para mostrar a imagem. O problema é que não existe quase nenhuma informação sobre esta

placa e o único software TV disponível da ASUS está usando a overlay, tornando-se impossível para ferramentas como CCD_PATCH verificar se há ou não inversão da imagem. É por isto que o Kossak teve que fazer um inversão manual da imagem. Mas - sim há um mas - existe uma pessoa chamada Lookin que fez um driver para alcançar o chip da ASUS. Este driver é chamado VLIO.SYS e cada descodificador de ASUS necessita-o. Preste atenção que existem muitas versões de VLIO.SYS e que cada programa necessita a versão especifica para trabalhar correctamente. Se tem uma versão recente, provavelmente o descodificador de Kossak não trabalhará... Lookin fez também um programa que mostra a imagem em modo PREVIEW, melhor que o modo OVERLAY. IV. Indicações úteis A melhor indicação que posso dar é que se optar por uma placa TV com chip BT8x8 mais uma placa gráfica ASUS V-3400/3800 com Line-IN e Line-OUT. Poderá através de ligações por cabos visualizar as emissões descodificadas numa televisão convencional! O CABLE permite usar um selector de canais, para tal terá que definir a frequência para cada canal, mas isto só é possível para alguns dos canais portugueses, pois os restantes devem possuir uma frequência superior ao limite por ele aceite. No entanto e como já foi referido em cima poderá sempre correr o software da sua placa de TV, sair dele, e só depois correr o CABLE. Frequências para canais codificados da TvCabo que poderá definir no CABLE para a área de Lisboa. Frequência 688837501 848825001 868875001 878875001 Nome do Canal SexyHot ZeeTv Disney Channel Canal Agro Rural

V. Descodificação por Hardware Finalmente, algumas palavras sobre outras maneiras de visualizar os canais codificados. Tudo que necessita é clonar uma TV Box. Cada TV Box tem uma EPROM com um número de série. A imagem transmitida da TV inclui nas linhas superiores não-visíveis alguma informação para as TV Boxes. Elas incluem a activação e o desactivação das Boxes, os códigos para descodificar a imagem correctamente e outras coisas. O CableCrypt usa uma lista branca que significa que cada descodificador necessita receber um sinal 'keep-alive' dentro de um período de tempo específico, definindo o período de tempo da transmissão para continuar a trabalhar. Pode carregar 48 séries diferentes ou canais e pode diferenciar 28 diferentes níveis de Pay-Per-View. As chamadas das mensagens são

colocadas no intervalo branco vertical do sinal vídeo. Em cada campo um pacote a 33-byte é transmitido, e 50 pacotes por o segundo! Somente responderá uma TV Box com o número de série combinando. Clonar uma Box consiste em copiar a EPROM que contem o número de série de uma outra TV Box. Assumindo que o proprietário da Box original pagará sempre ao fornecedor, o proprietário da Box clonada poderá visualizar as transmissões gratuitamente. É realmente muito simples, a parte difícil consiste encontrar alguém com vontade de pagar por si! O que necessita para clonar uma Box: - um dispositivo de programação da EPROM. - conhecimento avançado nos diferentes tipos de EPROM. - provavelmente uma EPROM vazia, suponho que seja mais fácil do que substituir o numero já existente. - Alguma experiência em soldar, pois a EPROM deve ser soldada correctamente na placa. Se souber algo sobre electrónica, pode analisar o ficheiro tvcabo.zip que contem documentos e esquemas sobre descodificação por hardware do CableCrypt. Este ficheiro é vendido em newsgroups portugueses. Eu não percebo mesmo nada de electrónica, logo não posso opinar. AVISO: Este esquema de hardware não parece trabalhar, tanto quanto foi dito por pessoas que o tentaram construir! A segurança do sistema confia pesadamente na codificação áudio e na força do acesso condicional. O descodificador de CableCrypt têm um ASIC (Delta 5.3 de instrumentos Texas) que executa a maioria do trabalho como desmodulação de dados áudio digitais e mensagens chamadas do VBI. As mensagens são emitidas ao housekeeper que é uma máscara da versão ROM de um microcontrolador TMS370. O housekeeper segura o acesso condicional e gera uma palavra de controle cada segundo que emite para trás ao ASIC. O ASIC necessita esta palavra de controle para poder descodificar o áudio digital. Até a codificação vídeo e áudio é concernido, estes sistemas são ambos os mesmos. A única diferença é que o descodificador de ComCrypt têm um Delta 5.4 ASIC que integra mais elementos do que nos modelos de CableCrypt, permitindo uma placa menor e uma produção mais barata. Funcionalmente o ASIC é ainda idêntico e usa alguns algoritmos de descodificação áudio. O housekeeper é uma outra história. O descodificador de ComCrypt têm uma Dallas 5002FP em vez de um TMS370. A Dallas é um processador seguro inteiramente reprogramável assim teoricamente a camada condicional do acesso nos modelos de ComCrypt é actualizável. Há um soquete especial na parte traseira destes modelos para reprogramar a Dallas. Actualmente o descodificador de ComCrypt têm o mesmo sistema condicional do acesso instalado que o descodificador de CableCrypt, fazendo ambos os descodificadores compatíveis.

VI.. Links úteis FreeTV TvCabo Decoder Project A grande Central para Download's. Homepage de Kossak, autor dum descodificador de CableCrypt para ASUS. Homepage de Marcus Gustafsson. Está a fazer um outro descodificador de CableCrypt para ASUS. Esta página é dedicada à descodificação por hardware, construindo uma Box. É o autor de diversas ferramentas para as placas ASUS V3x00TV. Fórum português de discussão sobre televisão por cabo. Outro Fórum português de discussão sobre televisão por cabo. Fórum de discussão em Inglês.

Cable Decoder for Asus

CableCrypt Decoder Page Lookin's Site Diskussion Forum TV Codificada Tv-Freaks board VIII. Agradecimentos

Os agradecimentos especiais vão para as seguintes pessoas: O grande responsável por esta página. Grande parte desta página limita-se a uma tradução da sua informação. Fez o primeiro software de descodificação *que trabalha* de CableCrypt. Parte desta página é baseada na ajuda e na FAQ da sua página. Fez o primeiro descodificador de CableCrypt, que eu nunca consegui trabalhar, provavelmente porque eu não tenho a placa conveniente... Também, parte desta página foi obtida de seus textos originais sobre CableCrypt. Salienta-se que o seu descodificador foi o primeiro com instalação automática e o primeiro com cor. Mas não parece trabalhar correctamente com os canais portugueses. Este projecto foi interrompido. É o pioneiro da programação para as placas ASUS

Vempire

Autor do CableCrypt FAQ

Ewald `Snel

Autor do CCD/CABLE

Revolt

Autor do Stealth

Ronny

Autor do CCrypt

Lookin

Autor do VLIO.SYS

V3x00TV! Kossak Autor do TvCabo Decoder Project Transmitiu que as placas de vídeo ASUS 3x00TV podem superar a falta de sincronização (vertical e horizontal) e fez um descodificador. Está a desenvolver um descodificador completo para as ASUS: deve possuir a mudança automática da polaridade e uma janela para a imagem (não deverá necessitar do Live3400). Use banners ou envie o seu trabalho - nós todos beneficiamos com este site!

Marcus Gustafsson MediaMaster (FreeTV)

Autor do Cable Decoder for Asus Webmaster do 1º site de software de descodificação

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->