Você está na página 1de 2

Lista de Exerccios Conveco Mssica Conceitos: 1. Explique o significado dos adimensionais de transferncia de massa que situaes eles comparam?

m? 2. Mostre que StM = S !"#e.Sc$ %. &or que a espessura da camada limite m'ssica aumenta com a in(e)o de mat*ria? +ual o efeito disso no fluxo de massa? ,. - que de.e ser feito com a camada limite m'ssica para poder transportar uma grande quantidade de mat*ria? /. 0lassifique por ordem decrescente os .alores de 1 m o2tidos pelas analogias de #e3nolds4 &randtl e 5on 6arman. 7. Mostre que para difus)o em um meio estagnado4 S Clculos: &ara todos os pro2lemas escre.a a equa)o da continuidade com as poss8.eis simplificaes e condies de contorno. 1. 9r :mido a ,/;04 1 atm e <=> de umidade relati.a escoa a 2= ori?ontal parada de 1 m de comprimento4
p

= 2.

m!s so2re uma placa plana

em2e2ida por uma fina pel8cula de 'gua. @etermine o coeficiente con.ecti.o de transferncia de massa do .apor. 2. Ae?Bse escoar ar seco a / m!s so2re uma lCmina de madeira de 2

m em2e2ida por uma fina pel8cula de etanol. Sa2endo que o am2iente est' a 1 atm e 2=;0 calcule a taxa de e.apora)o do etanol. %. 0onstruiuBse uma tu2ula)o de 'cido 2en?Dico de 2 mm de

espessura por 1 m de comprimento e no interior in(etouBse 'gua pura a 2/ ;0. +ual o tempo necess'rio para toda a tu2ula)o ser consumida seE a$ 9 tu2ula)o tem se)o circular de 2 cm de diCmetro internoF 2$ 9 tu2ula)o tem se)o retangular de 14/ por 24/ cm.

,.

0onsidere uma esfera de naftaleno exposta a uma corrente de ar

seco a =4, m!s. - ar est' a ,7;0 e 1 atm4 condies nas quais sua press)o de .apor * de =4/7/ mmGg. @etermine o coeficiente con.ecti.o de transferncia de massa e a taxa de transferncia de massa. /. #efaa o exerc8cio , considerando um cilindro de 1 cm de

diCmetro por % cm de comprimento. 7. de massa. H. igual a =4H. I. Jse os resultados de Ko.ais e Laurindo "1<<2$ para S
p

Em um leito fixo de esferas de naftaleno de =4, cm de diCmetro ar

seco escoa a 1= m!s e 17;0. 0alcule o coeficiente con.ecti.o de transferncia

#efaa o c'lculo considerando leito fluidi?ado com porosidade

em leito

fixo de esferas de naftaleno para .erificar qual correla)o * mais precisaE #ep 2I41I ,24<I ,,4H1 /H47< <%41% 1%14,< 17/4/I 2224= S
p

1=4,/ 1%41/ 1,4<2 174H7 2%4/7

%=42%

%%4%2

%,4I=

<.

9 secagem de so(a pode ser feita em leito fixo ou fluidi?ado.

0alcule o tempo necess'rio em cada equipamento4 para secar gr)os de so(a de , mm de diCmetro4 com umidade inicial de 2=> at* />4 usando ar a /=;0 e 1> de umidade escoando a / cm!s "leito fixo$ ou 1= cm!s "leito fluidi?ado$. Mostre a equa)o da continuidade4 fa?endo as simplificaes necess'rias4 a condi)o inicial e as de contorno. Seguem alguns dados do processoE B 6p = 2F B @ifusi.idade da 'gua em ar seco a 2/;0 = =427= cm 2!sF B Sc = 14/F B @ef = 24/.1=B7 cm2!sF B &orosidade do leito fixo = =4/. B &orosidade do leito fluidi?ado = =4H