P. 1
Olympia 1863. Com Essa Obra Observa-se o Rompimento Dos Valores

Olympia 1863. Com Essa Obra Observa-se o Rompimento Dos Valores

|Views: 423|Likes:
Publicado porSimonniFurtado

More info:

Published by: SimonniFurtado on Oct 06, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF or read online from Scribd
See more
See less

10/15/2012

pdf

original

OS VALORES

Olympia 1863. Com essa obra observa-se o rompimento dos valores morais vigentes, uma vez que a modelo era uma conhecida prostituta de Paris: dupla moral masculina; que permite procurar uma prostituta desde que o fato fique escondido da família

Édouard Menet (1832-1883)

Traje indígena Pakaraús;

dos

Rito carregado de valor cultural por reatualizar o que teria acontecido no início dos tempos com seus ancestrais

Estamos constantemente avaliando, mesmo quando não temos muita consciência desse fato.

•Avaliar é importante , para que possamos escolher bem; • A não-indiferença é a principal característica do valor • Juízo de Realidade: apresenta os fatos como realmente são: essa caneta é azul. • Sempre que formulamos juízo de realidade é inevitável que façamos, também, juízo de valor: • Estético A caneta azul não é tão bonita quanto a vermelha • Utilidade O lápis velho era melhor do que o novo • Moral Ela não deveria ter saído antes do término da aula • Econômico O pão está muito caro • Religioso Orar reconforta o espírito

• Valorar é uma experiência fundamentalmente humana que se encontra no centro de toda escolha da vida.

• O objetivo de qualquer valoração é, sem dúvida, orientar a ação prática

• Os valores resultam das relações estabelecidas entre os seres e o mundo em que vivem; • Por isso os valores são, em parte, herdados da cultura, fundamentando-se na comunidade em que vivemos; • Os valores variam conforme a cultura e a época
• Na Idade Média era proibido dissecar cadáveres, no entanto, as instituição de justiça torturavam seres humanos; • Na Idade Média era pecado emprestar dinheiro a juros, hoje os banco fazem isso legalmente; • Nosso costume de comer bife escandaliza o hindu, para quem a vaca é um animal sagrado; • Em algumas tribos matam-se os velhos e as crianças com algum defeito, visa a sobrevivência do grupo.

• Mesmo que os valores sejam transmitidos pela cultura, não há como desprezar a CAPACIDADE humana de CRITICAR os costumes vigentes e ANSIAR por novos horizontes de ação • No desenvolvimento do ser humano há períodos mais críticos: “crise da adolescência”

Na sua idade Tommy, o corpo de uma criança vai atravessar mudanças que nem sempre são fáceis de entender.

• A quebra dos paradigmas é necessária, no entanto, a maioria das pessoas tendem a resistir, buscando a segurança dos VALORES DADOS E NÃO QUESTIONADOS

Teresa de Saldanha.Lisboa

• 1907 Demoiselles d’Avgnon: Picasso buscou novos modelos de valores estéticos, causando impacto – criticado - ao romper com o modo tradicional.

• Picasso revolucionou a pintura contemporânea; • Não é que as pessoa tinham que aplaudir o conceito inovador de Picasso a qualquer custo; • O fato é que elas não tiveram tempo de educar sua sensibilidade para os novos valores estéticos • Para aceitá-los ou rejeitá-los por meio de uma análise crítica. • De igual modo acontece com os VALORES MORAIS •Não nascemos morais,mas devemos nos tornar sujeitos morais

• A construção da nossa Personalidade Moral envolve a superação do egoísmo, em direção ao reconhecimento do outro como um outro - eu

• O processo da Educação Moral deve estimular a passagem da HETERONOMIA para a AUTONOMIA

• HETERONOMIA – comportamento é regulado pelo meio social

• AUTONOMIA – passa a decidir por si mesmo

• A discussão do Juízo de Valor nos ajudam a buscar as razões que fundamentam nossas escolhas

• Devemos proceder a REVISÃO dos valores, sempre que eles deixam de estar a serviço de nossa humanização

"Todo mundo 'pensando' em deixar um planeta melhor para nossos filhos... Quando é que 'pensarão' em deixar filhos melhores para o nosso planeta?"

Exercício de revisão 1. Um mesmo objeto pode ter vários tipos de valor. Explique essa afirmação e dê exemplos. 2. O que significa dizer que a não-indiferença é a principal característica do valor 3. Quais são os valores dos seus pais que você acha que são ultrapassados para sua vida? 4. Quais são os valores dos seus pais que devem ser mantidos? 5. Justifique a frase: Valorar é uma experiência fundamentalmente humana que se encontra no centro de toda escolha da vida.

CONSTRUÇÃO DA MORAL

Como ninguém nasce moral – mas torna-se moral – é preciso todo um esforço de construção do sujeito ético, empreitada que nem sempre atinge os níveis desejados de amadurecimento.

Anel de Giges Ao perceber que podia ficar invisível, quando quisesse, entrou no castelo, seduziu a rainha, tramou com ela a morte do rei e tomou o poder Quais os motivo que estimulam ou coíbem uma ação? Se alguém estiver vendo, vou agir de forma correta? Se for recompensado, vou agir bem? Para parecer boa e justa, vou agir bem? Rezo todos os dias.... Minha recompensa? ....quando morrer irei para o céu.

• Quando nossa ação depende do medo ou da punição, estamos exercitando nossa HETERONOMIA • Pois neste caso, nosso comportamento é regulado exteriormente pelo meio social • O amadurecimento leva a AUTONOMIA • Alguns nunca conseguirão sair da condição de pessoa heterônoma, pois para tanto, será preciso formar seu sujeito moral, superando o egocentrismo infantil. • Autonomia NÃO é o mesmo que individualismo, pois o ato moral não diz apenas ao indivíduo • A moral é uma movimento constante entre o que é bom para NÓS e o compromisso que temos com os OUTROS

• Não vamos confundir MORAL com MORALISMO!!!! • MORAL – responde a pergunta, o que devo fazer? É o conjunto dos meus deveres, dos imperativos que reconheço como legítimos • MORALISMO – responde a pergunta, o que os outros devem fazer ? • Como ocorre a distorção da finalidade positiva da moral? As classes dominantes podem se apropriar de certos valores e disseminá-los às demais classes. Assim, o que é ensinado como sendo bom para todos, na verdade só é bom para as camadas privilegiadas Para manter inalterado o status quo, isto é, a situação vigente, tenta-se SILENCIAR o pensamento crítico.

• A experiência efetiva da vida moral supõe, portanto, o confronto contínuo entre a: • Moral Constituída - os valores herdados • Moral Constituinte – representada pela crítica aos valores ultrapassados e pela gestação de novos parâmetros de avaliação O esforço da construção da VIDA MORAL exige uma discussão constante dos valores vigentes, a fim de se verificar em que medida ela se orienta em favor da VIDA ou da ALIENAÇÃO.

O ato moral exige obrigação e liberdade, conceitos

aparentemente contraditórios • O dever moral não se cumpre devido a constrangimento externo, mas a partir de uma norma livre assumida • Só há moral madura quando o indivíduo decide por sua própria iniciativa • No contexto da moral, é preciso discernir entre os valores que tocam nossa sensibilidade • A decisão não diz respeito simplesmente a nós, mas também à coletividade em que estamos inseridos

• Um grupo de jovens foram submetidos a uma experiência pelo seu superior....... • Aplicar choques elétricos em um companheiro.... • Foram informados que se ultrapassassem certa intensidade os choques seriam dolorosos e até mortais • Quando essa intensidade era atingida consultava o médico sobre o que fazer.... • E o médico respondia, firmemente...CONTINUEM... • O que eles escolheram???

Construção da personalidade moral Existem três níveis de moralidade, por meio dos quais é avaliado o amadurecimento moral do indivíduo desde a infância até a fase adulta • Nível pré-convencional: caracteriza-se pela moral heterônoma; a ação tem por finalidade evitar punições e merecer recompensa; prevalece o egocentrismo; • Nível Convencional: caracteriza-se pela valorização do outro em campos cada vez mais avançados (grupo, família, nação);as atitudes mais individuais são consideradas do ponto de vista da coletividade. • Nível pós-convencional: nessa faze percebe-se os conflitos entre as regras e os sistemas entre o direito e o princípio moral • Ex: como conciliar a lei do apartheid com o o princípio moral da dignidade das pessoas???

Progresso Moral • Nem toda mudança moral equivale a um progresso moral • Só existe progresso quando há avanço na qualidade do ato moral • Critérios para avaliar o progresso moral: • Ampliação da esfera moral – certos atos antes garantidos por força legal, constrangimento social ou imposição religiosa, passam a ser cumpridos por exclusiva obrigação moral autônoma. • Pai divorciado não precisa da lei para continuar ajudando no sustento de seus filhos. • Caráter consciente e livre da ação – a responsabilidade moral depende de um compromisso livremente assumido. Responsável é a pessoa que reconhece seus atos como resultante da VONTADE, e responde pelas consequências.

• Grau de articulação entre interesses coletivos interesses pessoais – É importante que na vida moral estabeleça um equilíbrio entre os interesses comuns e pessoais.

e se os

Não há receita para agir compromisso conosco, com e com as gerações futuras estado de alerta constante

bem: o os outros exige um

Temas • Eutanásia Equipe a favor • Aborto Pena de Morte Equipe contra

• Marcos legais dentro e fora do país • Opiniões justificadas • Estudo de casos

1 aula para verificação do material pesquisado pelas equipes e procedimento para montagem do debate 2 aulas para apresentação e debate

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->