Você está na página 1de 1

Logo aps vencerem o X-Factor britnico em 2011, Perrie, Jade, Jessy e Ane Leigh, integrantes da Little Mix, mostraram

que entraram nessa para ficar, e tm tido bons resultados desde ento. Seu primeiro lbum, DNA, prova viva disso, graas, principalmente, ao seu single de estreia, Wings, que ecoou no mundo inteiro, chegando a conquistar at mesmo a terra do Tio Sam. Agora, as garotas mostraram novamente seu potencial vocal e lanaram um lbum ainda melhor. Lanado na Europa em novembro e nos EUA esta semana (e alcanado o to esperado nmero 1), Salute, o novo lbum do grupo ainda melhor que seu antecessor, apostando numa pequena mistura de estilos que resultam num lbum diversificado e com msicas para todos os momentos: pra danar, cantar junto, chorar e namorar. O primeiro single, Move, viciante, alm de abusar de uma coisa que h tempos no vamos numa girlband ocidental: coreografias! O segundo, Little Me, , para mim, a melhor faixa do lbum, e uma das que melhor faz uso da harmonizao (elemento caracterizado pela composio de todas as vozes do grupo de uma s vez), ao lado de Boy e A Different Beat. Outras faixas, porm, merecem o mesmo destaque, como a faixa-ttulo, Salute, que uma homenagem e um resgate do conceito de Girl Power, mundialmente disseminado pelas Spice Girls, ou Competition, que soa exatamente como o que ela prope: um campeonato de dana. Towers, They Just Dont Know You e These Four Walls so as baladinhas pra ouvir sozinho, enquanto Mr. Loverboy e About The Boy trazem todo aquele balano delicioso de faixas como How Ya Doin, do CD anterior. Resumindo: se voc ainda no ouviu, est perdendo um dos melhores representantes da msica pop do ano passado, que certamente vai despertar seu interesse por girlbands novamente. Vamos torcer para que as Little Mix no sejam isoladas nessa nova safra de (boa) msica pop, e rezar para 2014 trazer bons artistas com ele.

Você também pode gostar