Você está na página 1de 8

UNIO ESTVEL HOMOAFETIVA

Unio entre pessoas do mesmo sexo.

HOMOSSEXUALISMO
(prefixo grego homos + Sexual do latim) Viso da cincia no passado. No Brasil, art. 302 do Cdigo Internacional das Doenas (CID), tinha como doena mental. Reviso de 1995, o sufixo ismo, que significa doena foi trocado pelo sufixo dade, que tem o significado de modo de ser.

ESTADO X HOMOSSEXUAIS
O movimento lsbico, gay, bissexual e transgnico (LGBT). Julgamento histrico (2011), feito pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Ministro Ayres Britto e o conceito de famlia. Registro civil e aprovao religiosa.

ADOO
Estatudo da Criana e do Adolescente (ECA). Artigo 42: Podem adotar os maiores de 21 anos, independentemente do estado civil. Objeo Art. 29: no familiar adequado. oferecer ambiente

17 cmara Cvel do Rio de Janeiro .

PARTILHA DE BENS
Cobrana de leis que agregam fim de relacionamento. Soluo atual: identificar a proporo econmica de cada um. Art. 981 do Cdigo Civil Celebram contrato de sociedade as pessoas que reciprocamente se obrigam a contribuir, com bens ou servios, para o exerccio de atividade econmica e a partilha, entre si, dos resultados.

PROJETOS E LEIS
No h lei vigente que regulamente a unio estvel . Existem projetos de leis (Senadora Martha Suplicy). Altera a redao do art. 1.723 da Lei n 10.406/02 (Cdigo Civil) reconhecer como entidade familiar a unio estvel entre duas pessoas e art. 1.726 da mesma Lei para prever que a unio estvel poder converter-se em casamento.

UNIO ESTVEL
Previso legal no artigo 1723 do cdigo civil reconhecida como entidade familiar, a unio estvel entre o homem e a mulher (...). Artigo 1725: Na unio estvel, salvo contrato escrito entre os companheiros, aplica-se as relaes patrimoniais, no que couber, o regime da comunho parcial de bens. Entendimento do STF. Acrdo Ministro Ayres Brito.

MUITO OBRIGADO!
Adam Araujo Aline Bruna Pimenta Eduardo Amncio Fabiane Diniz Pedro Leite Rafael Daviny Renata Franciely