Você está na página 1de 2

Metodologia AGILE

Podemos definir a abordagem AGILE como um conjunto de práticas para desenvolver e


ajudar outros a desenvolver software.
Na abordagem AGILE valoriza-se:

• os indivíduos e as interacções acima de processos e ferramentas;


• software funcional acima de documentação detalhada;
• colaboração com o cliente acima de negociação de contratos;
• ser responsivo à mudança acima de concretização de um plano.

Objectivos da abordagem AGILE:


• Satisfazer o cliente através de um processo de entregas rápidas e contínuas de
software com valor;
• Acatar alterações de requisitos, mesmo em estados avançados de
desenvolvimento;
• Efectuar entregas de software funcional com frequência, com intervalos de
poucas semanas ou poucos meses, com preferência para a escala temporal mais
curta;
• Comerciais e equipa de desenvolvimento têm de trabalhar em conjunto
diariamente ao longo do projecto;
• Desenvolver projectos em torno de pessoas motivadas. Proporcionar-lhes o
ambiente e apoio necessários e confiar nas pessoas para concretizar o trabalho;
• A forma mais eficiente e efectiva para fazer chegar a informação a uma equipa
de desenvolvimento é a conversação cara-a-cara;
• Software funcional é a medida primária de progresso;
• Os processos AGILE promovem o desenvolvimento sustentável. Patrocinadores,
equipas de desenvolvimento e utilizadores devem ser capazes de manter um
ritmo constante indefinidamente;
• Atenção contínua para a excelência técnica e bom desenho melhora a
“agilidade”;
• Simplicidade - a arte de maximizar a quantidade de trabalho não realizado - é
essencial;
• As melhores arquitecturas, requisitos e desenhos emergem de equipas auto-
organizadas;
• Em intervalos regulares a equipa reflecte sobre como se tornar mais efectiva e
procede aos ajustes e afinações para melhorar o comportamento.

Desenvolvimento orientado ao modelo AGILE


Agile Model Driven Development (AMDD) é a versão Agile do Desenvolvimento
orientado ao Modelo (Model Driven Development – MDD) onde, no início do projecto,
é investido algum tempo para a modelação inicial, particularmente explorar os
requisitos fundamentais e identificar uma potencial abordagem ao nível da arquitectura.

De forma sucinta, pode-se classificar a Modelação Agile como sendo um conjunto de


Valores, Princípios e Práticas.
Valores

• Comunicação;
• Coragem;
• Feedback;
• Humildade;
• Simplicidade.

Princípios

• Assumir simplicidade;
• Abraçar a mudança;
• Capacitar a próxima meta é um objectivo secundário;
• Mudanças incrementais;
• Maximizar o investimento das partes interessadas;
• Modelar com um propósito;
• Múltiplos modelos;
• Trabalho de qualidade;
• Feedback rápido;
• Software é o objectivo primário;
• Transitar “leve�? (travel light – no sentido de avançar para uma nova fase após
considerar que a anterior está estável).

Práticas

• Participação activa das partes interessadas;


• Aplicar artefactos correctos;
• Propriedade colectiva;
• Criar vários modelos em paralelo;
• Criar conteúdo simples;
• Descrever simplesmente modelos;
• Mostrar publicamente os modelos;
• Iterar para outro artefacto;
• Modelizar com pequenos incrementos;
• Modelizar com os outros;
• Provar com a demonstração do código;
• Fonte de informação única;
• Utilizar as ferramentas mais simples.