Você está na página 1de 16

TIPOS DE EXPOSITORES

PROFESSOR
ORADOR PALESTRANTE

FAZ APRESENTAO TIPO AULA

O POETA DA EXPOSIO

PALESTRADOR

Dele se exige: Mxima objetividade explicaes didticas Mnimo de floreios literrios

Dele se ESPERA: Eloqncia Arrebatamento Magnetizao das massas

Espcie da fuso entre professor e orador.

01 02 03

Fale de alguma coisa que conhea realmente.


Prepara-se bem, mesmo que demore algum tempo. Coloque toda emoo possvel sobre a sua palestra.

04
05 06

Procure no seu ntimo os temas para as suas palestras.


Deseje ardentemente, comunicar sua mensagem. Escolha temas de acordo com o pblico alvo.

07
08 09

Observe se seu vesturio est de acordo com o pblico.


Procure olhar para todos. Evite falar atrs de objetos: mesa, cadeiras, etc.

10
11 12

Evite piadas picantes.


Procure chegar ao local da palestra a tempo, para evitar possveis contra tempos. Organize a sua palestra, de acordo com o tempo pr-estabelecido.

13
14 15

Em caso de erro na exposio, evite desculpa, corrija a falha e prossiga a palestra.


Bom vocabulrio Fluncia Domnio de voz Boa memria Boa postura Criatividade Originalidade Objetividade Domnio das emoes.

Consoantes Oclusivas
GASTAM MAIS AR NA PRONNCIA Domnio da Respirao

P B T D G Q
DESENVOLVER A FACULDADE DE ECONOMIZAR FLEGO QUANDO ESTIVER FALANDO

O Sol da perfeio que ilumina os gnios

Vogais

RIFIFI DE PIRIQUIRIBI VIRIL CHINFRIN E TIQUIMIRIM

Vogais
O GURU DOS MURUTUTUS, MUTUNS, TUPUTUS, JUTUS, JUBURUS E URUTUMUNS.

Ditongos, Tritongos e Hiatos

A GAITA DO PAI DE ADELAIDE EST EMBAIXO DA CAIXA

O LACAIO DO CAVALO BAIO LEVA O BALAIO DE PAIO.

ARIBIA VIA JIBIA QUE BOIAVA NA PITIMBIA

Consoantes

SFOCLES SOLUANDO CICIOU NO SENADO SUAVES CENSURAS SOBRE A INSENSATEZ DE SEUS FILHOS INSENSVEIS.

O MAMELUCO MELANCLICO MEDITAVA E A MEGERA MEGALOCFALA, MACABRA E MAQUIAVLICA MASTIGAVA MOSTARDA NA MALOCA MIASMTICA. MIGALHAS MINGUADAS DE MOAGEM MITIGAVAM MSERAS MENINAS.

REPELIR

Recuar um pouco o peito, erguer a cabea, Gesto da mo volvido para baixo at a altura do peito.

DEFESA

Erguem-se as mos altura do peito, palma aberta para fora.

DESOLAO PEDIR

As mos caem, palmas abertas para fora.

Quando se pede, elevam-se as mos at o peito, Palmas para cima, movimento trmulo.

ACEITAR

Leve avano da cabea que baixa, peito para frente, Palma da mo aberta para cima.

MORTE JUGO LEVE NO COLOCAR A CANDEIA DEBAIXO DO ALQUEIRE MEDIUNIDADE

A PRECE
PERTUBAO ESPRITA POBRE DE ESPRITO CU, INFERNO E PURGATRIO REENCARNAO

Arai