Você está na página 1de 26

Escola Básica 2,3 de D.

Fernando II

As Causas e os Tipos de Movimentos Migratórios


O que são movimentos
migratórios ou migrações?

 É o movimento de uma população,


temporário ou definitivo, de uma área
para outra, com mudança de
residência.
Causas das Migrações

-Catástrofes Naturais ou Ambientais:


 Sismos
 Inundações
 Erupções vulcânicas
 Secas prolongadas
 etc.
1994
Vulcão Nyiragongo
Exemplo Português
Causas das Migrações

- Religiosas:
 Perseguições religiosas
 Exemplo: judeus na II Guerra Mundial
Causas das Migrações

- Étnicas:
 Rivalidades entre grupos Étnicos
Causas das
Migrações
- Económicas:

 Desemprego
 Baixos salários
 Deterioração da vida Rural
Causas das Migrações

-Políticas:
 Guerras
 Regimes políticos
repressivos
 Perseguições
políticas
Causas das Migrações

-Reduzidos obstáculos às migrações


 Melhorias na rede
de transportes
 Políticas permissivas
 Abertura de
fronteiras
Principais Tipos de
Migrações

No espaço

Internas

Externas

Intracontinentais Intercontinentais
Os Padrões Migratórios
Actuais

 Estima-se que cerca de 150 milhões


de pessoas resida fora do seu país de
origem.

 Tem-se assistido ao crescimento das


migrações internacionais a longo prazo
(+ de 1 ano)
Crescimento das Migrações a Longo Prazo
 Actualmente assiste-se à feminização dos
movimentos migratórios.
Exemplo: mais de 60% dos emigrantes
do Sri-Lanka são mulheres.
Grandes Movimentos
Migratórios na Actualidade
 1ª Fase (1950-1960) – Países do sul da Europa: Espanha,
Portugal, Itália, Grécia fornecem mão-de-obra aos países
da Europa Ocidental (França, Alemanha, Inglaterra,
Bélgica,…).

 2ª Fase - os países do Norte de África (Marrocos, Argélia,


Tunísia) e a Turquia entram nesse fluxo.

 Actualmente a Europa continua a ser um pólo de


atracção, verificando-se deslocações de pessoas da
América Latina, África Negra e Ásia.
Assistiu-se nos últimos anos a movimentos migratórios
massivos provocados por crises de refugiados

Refugiado: é um indivíduo que é alvo de discriminação devido


à sua etnia, raça, crença religiosa ou política.
Todos os países do mundo são
afectados pelas migrações: por serem
países de origem, destino ou trânsito.
Consequências das
Migrações Internacionais
- Nas áreas de origem assiste-se a:
 Diminuição da população
 Diminuição da taxa de natalidade devido à
escassez de população jovem e adultos
 Envelhecimento da população
 Ocorrência de classes ocas em determinados
níveis etários
 Diminuição da população activa
 Entrada de divisas (moeda estrangeira) enviadas
pelos emigrantes
Consequências das Migrações
Internacionais
- Nas áreas de destino assiste-se a:
• Aumento da população devido à entrada de
imigrantes
• Aumento da taxa de natalidade consequência do
elevado número de jovens e adultos
• Rejuvenescimento da população
• Aumento da população activa
• Possível aparecimento de bairros degradados
• Dificuldades de aceitação de novas culturas,
línguas e costumes
O ÊXODO RURAL:
Causas e Consequências
Êxodo Rural, o que é?

 É o processo segundo o qual uma parte


da população migra, de uma maneira
geral com carácter definitivo, do campo
para a cidade.
Causas do Êxodo Rural
Consequências do Êxodo Rural

Para o campo:
 Perda de mão-de-obra
 Permanência de mão-de-obra idosa que dificulta
a modernização da agricultura
 Envelhecimento da população
 Diminuição da taxa de natalidade
Consequências do Êxodo Rural

Para o cidade:
 Aumento da disponibilidade de mão-de-obra
 Rejuvenescimento da população, que se
revela numa maior capacidade produtiva e na
dinamização da economia
 Aumento da taxa de natalidade
 Problemas habitacionais que levam ao
aparecimento de bairros de lata e bairros
clandestinos

Interesses relacionados