P. 1
Minhas Lagrimas Em Teus Odres

Minhas Lagrimas Em Teus Odres

5.0

|Views: 442|Likes:
Publicado porCandida Maria

More info:

Published by: Candida Maria on Oct 16, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/25/2010

pdf

text

original

MINHAS LAGRIMAS EM TEUS ODRES “Põe as minhas lágrimas no teu odre. Não estão elas no teu livro?

Salmos 56. 8b Põe minhas lágrimas no teu odre, Esconde-as contigo. Sejam elas para ti, Como diamantes preciosos. As lágrimas que brotam do meu peito, Que invadem a minha alma, Que escorrem da minha face, Que me perguntam em desalento: Onde está o teu Deus? Põe-nas te peço nos teus odres Para que tu não venhas a se esquecer delas Elas que são meu mantimento O alimento da minha dor. Lágrimas da rejeição, Lagrimas da solidão, Lagrimas do desprezo, Lagrimas de vaguear, vaguear, vaguear.... Lagrimas de não ver o futuro, De morrer no presente De lembrar o passado Daquilo que foi e não volta mais. Escreve cada lagrima no teu livro Faze delas um memorial Do meu coração sofrido Dos meus sonhos perdidos. Escreve no teu livro e não te esqueça Das noites vazias Do desalento Do ser roubada e espoliada...Escreve, pois, no teu livro. Quem há que me socorra? Quem há que veja minhas lágrimas? Quem há que as enxugue? Põe minhas lagrimas nos teus odres Escreve cada uma no teu livro

E faze delas um memorial

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->