Espero, espero

Espero, espero, esperando Espero, quase me irritando Espero pela realidade Espero pela oportunidade

Espero por uma vida Uma vida que não seja secante Uma vida de sonho E simplesmente, brilhante.

Concurso “Faça lá um poema”
Espero pelo sonho E pela realidade

Vencedora 2.º ciclo

Espero por mais, Do que a vida de um trabalhador Espero por uma carreira Com muito mais esplendor.

Beatriz Rocha 5.º G

Espero pela canção, Pela prosa e poesia, Espero pelo talento E pela melodia.

Parabéns!

Continua em frente

Às vezes o coração aperta O tempo fica frio E não consigo alcançar a meta.

Por isso, continua em frente. Pois é essa a direção. Tendo apenas em mente Que a felicidade não cresce do chão.

A solidão fica mais sozinha, O vazio fica mais fundo, E a escuridão mais minha. Não te proíbas de sentir Pois o que sentes Não tem nada de errado Querendo ou não, Por aí sou arrastada. No abismo me perco, Com mais uma peça quebrada. Mais vale meia dúzia de lágrimas Que um sorriso forçado.

Concurso “Faça lá um poema”
Com a cabeça às voltas, Perco o meu Norte. O que é que eu posso fazer? Nunca tive muita sorte.

Vencedora 3.º ciclo

Beatriz Mina 9.º C

Saudades? Todos nós as sentimos. Remorsos? Também. Mas, lembra-te, Um sorriso faz sempre bem.

Parabéns!

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful