P. 1
Fis04 Livro Teoria[1] Import Ante

Fis04 Livro Teoria[1] Import Ante

|Views: 16.225|Likes:
Publicado por*83*22*

More info:

Published by: *83*22* on Oct 23, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/30/2015

pdf

text

original

Um circuito elétrico constituído por um
único gerador e um único resistor, a ele liga-
do, é denominado circuito simples.

Nesse caso, como não há nó, ambos estão
em série e a corrente elétrica i que atravessa o
gerador é a mesma que atravessa o resistor
de resistência elétrica R.
Sendo,
–no gerador: UAB = E – r · i
–no resistor: UAB = R · i
Igualando, temos: R · i = E – r · i ⇒
R · i + r · i = E

(R + r) · i = E ⇒ 1 2

3 4

=

+

expressão esta conhecida como lei de
Ohm-Pouillett.
Se fizermos um balanço energético, pode-
mos chegar à mesma expressão, pois toda
energia não elétrica está sendo dissipada na
resistência interna do gerador e na resistên-
cia elétrica do resistor.
Assim,

1 2 3

1

= ⋅(não elétrica)

1 2 3

1

= ⋅1

(dissipada internamente no gerador)

1 2 3

1

1 = ⋅1

(dissipada no resistor)

e como 1 1 1 2 3 4 3 5 3

1

2

2

= + ⇒ ⋅ = ⋅ + ⋅

1

1

1

1 2 3 4 4 1

2 3

= + ⋅ ⇒ =

+

1 2

Observação

No caso do gerador ser considerado ideal

(r = 0), a expressão de Ohm-Pouillett fica:

1 2

3

=

Da expressão de Ohm-Pouillett, percebe-
mos que, para um dado gerador, a corrente
elétrica i que o atravessa é função exclusiva
da resistência elétrica R do circuito simples
ao qual está ligado.

Exercícios Resolvidos

01. Qual a energia não elétrica que o gera-
dor do circuito está transformando, a cada
20 s?

Resolução

Determinemos a corrente no circuito:

1 2

3 4 566
76 8

=

+ =

+

1 233

45 1 67

=

=

Capítulo 04.Geradores Elétricos

37

Eletrodinâmica

PV2D-06-FIS-41

Sendo:

1 2 3 1 455 6 1 6557

1

1

1

= ⋅ ⇒ = ⋅ =

Mas 1

2 344

54

1

1

1

= ⇒ =

ε

ε

ε

ε

1

1

2

12223

1 42 3

=

⇒ = ⋅

é a energia não

elétrica transformada durante 20 s.

02.Um reostato (resistor de resistência
arbitrariamente variável) é conectado a um
gerador, constituindo um circuito simples.
Variou-se o valor da resistência elétrica
do reostato e mediu-se a corrente elétrica que
o atravessou, obtendo-se a tabela abaixo.

Determine a fem. (E) do gerador e sua re-
sistência elétrica (r).

Resolução

Por tratar-se de circuito simples, podemos aplicar
a lei de Ohm-Pouillett utilizando os dados da tabela,
de modo a obtermos duas equações, pois temos duas
incógnitas (E e r).

1 2

3 4

1 3 4 2

=

+ ⇒ ⋅ + =

1 2

, da tabela:

Igualando I e II.

1 234 5 54 64 3 4

+ = + ⇒ = = 1 23 Ω que
substituindo em I fica:

1 23 456 7 7 238

+ ⋅ = ⇒ =

03.Um circuito simples é constituído por
um gerador e um resistor, cujas curvas caracte-
rísticas estão representadas no gráfico abaixo.
Determine os valores de i e U no gráfico.

Resolução

No circuito simples:

A ddp U e a corrente i são as mesmas para o gerador
e para o resistor, correspondendo, no gráfico, à intersecção
das duas retas, ou seja, os valores solicitados.
Para o resistor, temos:

1 2

3

= = 123

4

1 23

= Ω

Capítulo 04.Geradores Elétricos

38

Eletrodinâmica

PV2D-06-FIS-41

Para o gerador, temos:

1 2

3

1
1

=

12 32

4 4 3

=

= Ω

Aplicando a expressão de Ohm-Pouillett:

1 2

3 4

1 56
78 5

1 56
96

=

+ ⇒ =

+ =

1 2

= 1 e como U = R · i (no resistor)

1 23 2 1 345

= ⋅ ⇒

=

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->