Você está na página 1de 100

Gráfica

Rápida

Aprendendo a personalizar objetos!

Gráfica Rápida Aprendendo a personalizar objetos! Criação, pesquisa e elaboração Equipe Pegasus 2008

Criação, pesquisa e elaboração

Equipe Pegasus

Gráfica Rápida Aprendendo a personalizar objetos! Criação, pesquisa e elaboração Equipe Pegasus 2008

2008

Índice

Introdução Personalizando sandálias havaianas Personalizando camisetas Personalizando bonés Personalizando canecas Personalizando azulejos e pratos de porcelana Personalizando mouse pad Personalizando quebra-cabeça Placas de alumínio Personalizando canetas Personalizando vidros e cristais Transfer pronto O sistema Bulk Ink Tintas sublimáticas Mercado Links úteis Links de fornecedores

sublimáticas Mercado Links úteis Links de fornecedores PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line
sublimáticas Mercado Links úteis Links de fornecedores PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

2

Introdução

Para confeccionar sandálias de borrachas, camisetas, bonés e outros objetos personalizados, o processo aqui usado é a sublimação por transfer. Basicamente, esse processo consiste em transferir substâncias sólidas – no caso a impressão- para as superfícies que se pretende aplicar a imagem (sandália, camiseta, boné, porcelanas, etc.) Nessa técnica, quando submetida a pressões,certas temperaturas e um determinado tempo, algumas tintas têm a capacidade de transformarem-se em gás ou vapor e serem transferidas para outras áreas, ficando então, unidas a estas. Se aplicados corretamente, essas imagens sublimadas são extremamente laváveis – mesmo em máquina de lavar - e resistente a arranhões, pois, em sua composição empregam corantes especiais que devido ao calor gerado penetram nos substratos e o tingem permanentemente. É por isso que dependendo do material que o transfer sublimático irá ser aplicado, este deverá ser preparado previamente com substratos de poliéster para obter um resultado satisfatório. Através desse processo você poderá imprimir desenhos, imagens scaneadas e fotografias digitais geradas em seu computador e depois transferir para o local desejado através de uma prensa térmica. É de suma importância que as tintas usadas nessas impressões sejam do tipo sublimáticas e a impressora poderá ser uma Jato de Tinta. Nesse curso iremos mostrar-lhes como personalizar sandálias de borrachas (tipo Havaianas) camisas e canecas e outros objetos.

(tipo Havaianas) camisas e canecas e outros objetos. Personalizando Sandálias Havaianas PEGASUS – Cursos,

Personalizando Sandálias Havaianas

e outros objetos. Personalizando Sandálias Havaianas PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

3

1º Passo:

O ponto de partida para a personalização é ter uma imagem com adequação e qualidade de impressão necessária, a chamada, “arte final”. Dá-se o nome de arte final quando a composição de uma imagem está de acordo com as medidas, cores, modelos e linha de corte já definidas pelo idealizador, podendo então ser executado o serviço propriamente dito. Para que algumas imagens possam “encaixar” com perfeição em determinadas áreas onde serão postas, por vezes é preciso aumentar, diminuir, corrigir, retocar, contraste, brilho, etc. de um desenho e para isso, é preciso que você tenha programas especiais do tipo Corel Draw ou Photoshop; programas esse muito usado por profissionais de artes gráficas. São esses os programas mais indicados para que você capture e trate as imagens que serão impressas. Depois que suas imagens estiverem prontas, salve-as em pastas como formatos TIF para que não percam a qualidade.

2º Passo:
2º Passo:

Com a imagem devidamente pronta, será a vez de imprimi-la para então poder passar à etapa posterior. Para fazer a impressão, você usará a impressora jato de tinta EPSON, com os cartuchos contendo tintas sublimáticas. Não tente fazer essas impressões com tintas comuns por que não funcionam. Da mesma forma, os papéis para a impressão também tem de serem próprios para impressora jato de tinta e usados para o processo de transfer por sublimação ou transfer sublimático. Regule a impressora para a qualidade “fotográfica” para que possa ter uma imagem com excelente qualidade e atente para um detalhe importante que passa despercebido pela maioria dos iniciantes:

A imagem tem de ser impressa em modo “espelhado” (invertida).

Observe abaixo:

1- Impressão de forma tradicional = ERRADO

Observe abaixo: 1- Impressão de forma tradicional = ERRADO PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

4

2 – Impressões em modo espelhado = CERTO

2 – Impressões em modo espelhado = CERTO Como nota-se, a figura número 2 mostra um

Como nota-se, a figura número 2 mostra um nome “detrás para frente” e é como a impressão deverá ser impressa, no lado indicado no próprio papel da impressão. Se a intenção for fazer uma imagem menor que a área da aplicação, a imagem pode perfeitamente ser recortada com uma tesoura e serem alinhados ao local posteriormente. Caso sua intenção seja fazer trabalhos em maiores quantidades ou trabalhos que consumam muita tinta, existe no mercado um sistema denominado Bulk ink em que os cartuchos são alimentados externamente por dutos condutores, proporcionando grande economia de valores e sem a necessidade de troca de cartuchos.

3º Passo
3º Passo

Para que uma sandália havaiana receba a estampa já impressa (estampa sublimática) é preciso que a mesma tenha em sua superfície uma camada de substrato de poliéster. Como dito anteriormente, a superfície onde se aplica o transfer deve conter esse componente e no caso das sandálias estas não possuem. Portanto é necessário que você aplique um produto para só então a imagem ser aplicada no local. Esse produto é a resina de poliéster sublimática ou verniz com base poliéster. Procure usar materiais de boa qualidade, pois são justamente esses materiais que fazem a diferença em qualidade e durabilidade. As resinas de poliéster sublimáticas podem ser encontradas em lojas que trabalham com produtos serigráficos. Já os vernizes são encontrados em lojas de produtos automotivos e são vendidos juntamente com o catalisador que será adicionado conforme explicação na própria embalagem do produto. É por isso que são chamados de bi-componentes. Para a aplicação do verniz - depois de preparado conforme instruções no rótulo – você usará uma pistola de pintura e compressor de ar, ou um pincel macio. É aplicada uma demão do produto e deixa a sandália secar por 20 minutos. Decorridos esse tempo outra demão é aplicada deixando a sandália secar por 48 horas em temperatura ambiente. O consumo gira em torno de 20 ml por par de sandálias. Você deverá retirar as tiras que prendem a sandália aos pés para poder aplicar o produto. Quando o produto estiver totalmente seco você poderá fazer a aplicação da impressão. (termotransferência).

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

5

4º Passo

Chega à hora de passar aquela imagem escolhida para suas sandálias, fazer a termotransferência. Para que isso ocorra, é preciso que você tenha uma prensa térmica que também é usada para fazer o processo de sublimação em camisas. Essas prensas térmicas existem de diversos fabricantes, com preços, modelos e recursos variados.

fabricantes, com preços, modelos e recursos variados. Operar esse equipamento é muito fácil. Basta regular a

Operar esse equipamento é muito fácil. Basta regular a temperatura para trabalhar com 200º C e esperar por aproximadamente 2 minutos. A própria máquina irá lhe avisar quando chegar à hora de soltar a alavanca que comprime a sandália dentro das duas partes com um sinal sonoro. Esse tempo de aproximadamente 2 minutos e até mesmo a operação da máquina pode variar em função de fabricante e potencia, mas eles mesmos encarregam-se de ensinar através do manual de operação o funcionamento correto de seus equipamentos. Já sabendo de todos os procedimentos, aquela imagem que você escolheu, tratou e imprimiu com as tintas sublimáticas e de forma espelhada, é agora colocada com a parte impressa diretamente sobre a sandália, onde a camada de poliéster foi aplicada e então é colocada dentro da prensa. Assim que soar o alarme e retirar a sandália, deixe que material esfrie completamente para então cuidadosamente retirar o papel. Para essa tarefa não precisa pressa. Não será agora, praticamente no final que você irá por a perder o seu trabalho. Retire o papel com cuidado, devagar. Com as imagens devidamente postas nas sandálias você deverá promover mais uma demão do mesmo poliéster aplicado anteriormente para que suas sandálias tenham mais durabilidade, resistência e beleza. Lembre-se de deixar secar bem.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

6

Finalmente, depois de todas essas operações coloque novamente as tiras das havaianas. Pronto, você fez uma sandália personalizada.

CUIDADOS:
CUIDADOS:

A prensa térmica trabalha em temperaturas altíssimas, portanto deve-se trabalhar com cuidado extra ao posicionar e retirar o material na máquina. Lembre-se que os insumos encontram-se quentes após a sublimação. Nunca se encoste à fôrma térmica enquanto ela estiver aquecida e principalmente, mantenha as crianças longe da área de trabalho. Para fazer eventuais limpezas em suas sandálias, somente um detergente neutro é suficiente. Não use nada áspero, pois irá danificar o trabalho realizado.

Personalizando camisetas

danificar o trabalho realizado. Personalizando camisetas PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

7

Para personalizar camisetas usando a prensa, o processo ainda é mais fácil e rápido, pois não é preciso que seja aplicada a resina de poliéster por que as camisas usadas para o processo já contêm esse produto em sua composição ou são usadas camisas 100% algodão e as impressões também são absorvidas por essa composição (as melhores são aquelas que possuem o poliéster). No caso das camisas, o que deverá ser observado é que em cores escuras existem papéis especificamente destinado para esse tipo de impressão bem como, difere um pouco a maneira de ser impresso. No verso das embalagens, contém todas as instruções. Abaixo, iremos mostrar uma seqüência de fotos da produção de um transfer numa camiseta.

1º - O transfer é impresso, de acordo com as instruções e materiais específicos.

de acordo com as instruções e materiais específicos. 2º - Recorte o transfer no tamanho adequado

2º - Recorte o transfer no tamanho adequado e observe bem a posição da imagem abaixo

tamanho adequado e observe bem a posição da imagem abaixo PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

8

3º - Depois de recortado o transfer será colocado com a imagem impressa diretamente sobre o tecido. Como você pode observar, a imagem está com a forma invertida e uma cor diferente em virtude desta ser o lado oposto da impressão.

diferente em virtude desta ser o lado oposto da impressão. 4º Coloque a camiseta na fôrma

4º Coloque a camiseta na fôrma da máquina de forma que não fique nenhum vinco ou marca.

da máquina de forma que não fique nenhum vinco ou marca. Obs. Antes de colocar a

Obs. Antes de colocar a camiseta na fôrma, coloque umas 3 ou 4 folhas de papel Kraft sob a camiseta para separar esta da parte inferior, feita de silicone. Isso evitará manchas futuras. Se depois de alguns trabalhos o papel Kraft estiver manchado, troque-os por outros.

5º- Coloque a imagem no local onde será impresso com a tinta diretamente sobre o tecido.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

9

6º - Ligue a prensa térmica, programando-a para 200º C e aguarde por 20 segundos
6º - Ligue a prensa térmica, programando-a para 200º C e aguarde por 20
segundos para que prensa aqueça (poderá variar em função do
equipamento).
prensa aqueça (poderá variar em função do equipamento). 7º - Passados os 20 segundos de aquecimento

7º - Passados os 20 segundos de aquecimento da prensa, feche-a.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

10

8 º - Aguarde a maquina soar o alarme para poder ser aberta. Esse tempo
8 º - Aguarde a maquina soar o alarme para poder ser aberta. Esse tempo
8 º - Aguarde a maquina soar o alarme para poder ser aberta. Esse tempo
pode variar em função do fabricante e em seu manual, indica o tempo
correto.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

11

9º Examine a aplicação para então promover a retirada do papel

Faça essa tarefa sem pressa. Um ponto que você deve saber é que existe retiradas
Faça essa tarefa sem pressa. Um ponto que você deve saber é que
existe retiradas à quente e à frio desses papéis. Quando você comprar,
observe atentamente no verso da embalagem.
você comprar, observe atentamente no verso da embalagem. PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

12

11º - O resultado final

Obs. A prensa que usada nas camisetas é a mesma utilizada para Personalizar sandálias, mouse
Obs. A prensa que usada nas camisetas é a mesma utilizada para
Personalizar sandálias, mouse pads, azulejos, quebra cabeças, etc.
Personalizando Bonés
pads, azulejos, quebra cabeças, etc. Personalizando Bonés Os procedimentos são exatamente iguais que os das

Os procedimentos são exatamente iguais que os das camisetas. O que difere um e outro, é que no caso das camisetas a fôrma da prensa é curvilínea.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

13

Existem prensas especificamente para bonés e outras que essas fôrmas podem ser trocadas. Veja abaixo uma prensa de bonés.

Personalizando Canecas de porcelana
Personalizando Canecas de porcelana
uma prensa de bonés. Personalizando Canecas de porcelana Personalizar canecas de porcelana também é facílimo. As

Personalizar canecas de porcelana também é facílimo. As prensas trabalham da mesma forma que os apresentados acima e estas são usadas exclusivamente para as canecas. No mercado existem modelos e preços variados.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

14

No caso das canecas, para que possam receber a impressão, elas devem ter o poliéster
No caso das canecas, para que possam receber a impressão, elas devem ter o poliéster

No caso das canecas, para que possam receber a impressão, elas devem ter o poliéster em sua composição. Existe à venda canecas que são fabricadas já com esse componente (recomendada) e que evitará que você precise aplicar o poliéster líquido para só então poder imprimir. A caneca leva de 15 a 20 segundo para ficar pronta.

A caneca leva de 15 a 20 segundo para ficar pronta. Acompanhe o processo: Passo 1

Acompanhe o processo:

Passo 1 - Coloque o papel impresso com a tinta sublimática virado para o lado da caneca, revestindo o lado de fora com o papel no tamanho que desenha a estampa, a imagem deverá estar invertida no papel. Fixe o papel na caneca com uma fita adesiva resistente, esta fita adesiva terá que ficar sobre o papel que esta na caneca para não haver falhas no lado oposto das extremidades da impressão.

Passo 2 - Deslize na prensa térmica a caneca com o papel da estampa já colada para fazer pressão, ligue a prensa e deixe-a atingir uma temperatura aproximada de 200°, prense a caneca por uns 15 a 20 segundos e retire a caneca a pós este tempo.

Passo 3 - Deixe a caneca em ar fresco na temperatura do ambiente. Remova a fita e o papel quando a caneca estiver fria.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

15

Outro modelo de prensa para canecas Uma forma mais econômica de fazer a personalização em
Outro modelo de prensa para canecas
Uma forma mais econômica de fazer a personalização em canecas é
usar um forno elétrico e uma garra de metal feita especificamente para
isso. Você encontrará essa garra na empresa art hot.
http://www.arthot.com.br/index1.html
Veja abaixo o processo:

1-

Prepare a imagem no tamanho desejado e de forma espelhada.

Prepare a imagem no tamanho desejado e de forma espelhada. PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

16

2- Coloque a imagem sobre a caneca.

2- Coloque a imagem sobre a caneca. 3- Depois trave a garra. PEGASUS – Cursos, e-books,
3- Depois trave a garra.
3- Depois trave a garra.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

17

4- Pré- aqueça o forno por 15 minutos para então colocar a caneca com a imagem e a trava já fixadas. Ajuste o time do forno por 19 minutos e aguarde o tempo marcado.

5- Quando o forno emitir o sinal sonoro, abra-o e retire a caneca para então
5- Quando o forno emitir o sinal sonoro, abra-o e retire a caneca
para então soltar a garra e retirar o papel transfer ainda quente.
Lembre-se de usar luvas grossas para evitar queimaduras graves.
Usando-se um forno elétrico de 45 litros é possível fazer 6 canecas
um forno elétrico de 45 litros é possível fazer 6 canecas PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

18

6- As canecas prontas.

6- As canecas prontas. Usando-se um forno elétrico de 45 litros é possível fazer até 6

Usando-se um forno elétrico de 45 litros é possível fazer até 6 canecas por vez.

Personalizando azulejos e pratos de porcelana
Personalizando azulejos e pratos de
porcelana

Os pratos e azulejos de porcelana são como as canecas, precisam ter em sua composição o poliéster, para que a sublimação seja realizada com sucesso. No caso das prensas para personalizar os azulejos, estas são similares as prensas para personalizar camisetas, sandálias, mouse pads, quebra cabeças e placas de alumínio.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

19

Já para personalizar os pratos, as prensas possuem algumas características diferentes ( modelo específico), mas já existe no mercado prensas que possuem peças intercambiáveis e que dessa forma, uma prensa que era especifacemente para personalizar pratos poderá ser usada para personalizar outros objetos bastando somente, trocar a parte superior da forma.

Prensa para pratos da Rimac AZULEJOS:
Prensa para pratos da Rimac
AZULEJOS:

Assim como os outros objetos, o ponto de partida para personalizar os azulejos, é ter a a arte final devidamente pronta (conforme indicado na página 4 no 1º passo).

Para que um azulejo receba a estampa já impressa (o transfer) é preciso que o mesmo tenha em sua superfície uma camada de substrato de poliéster. Como dito anteriormente, a superfície onde se aplica o transfer deve conter esse componente e dessa maneira, você tem duas opções:

1º - Comprar azulejos com esse substrato nas lojas especializadas do ramo (no final, temos lista de fornecedores).

2º - Você mesmo aplicar o substrato de poliéster para poder fazer as personalizações sublimáticas. Esse produto é a resina de poliéster sublimática ou verniz com base poliéster.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

20

NOTA: A resina é vendida em lojas que vendem produtos para serigrafia e o verniz, em lojas que vendem tintas automotivas. Em ambos os casos, são vendidos juntamente com o catalisador que será adicionado conforme explicação do próprio fabricante, na embalagem do produto (por isso são chamados de bi-componentes). Procure por produtos de boa qualidade, pois certamente, terá uma melhor qualidade e durabilidade.

Para a aplicação do verniz - depois de preparado conforme instruções no rótulo – você usará uma pistola de pintura e compressor de ar, ou um pincel macio (a primeira opção é melhor). Aplica-se uma demão do produto e deixa secar por 30 minutos. Decorridos esse tempo outra demão é aplicada deixando a sandália secar por 48 horas em temperatura ambiente. Quando o produto estiver totalmente seco você poderá fazer a aplicação da impressão. (termotransferência).

Obs.: Você poderá terceirizar essa tarefa de passar o verniz nos azulejos facilmente, em oficinas de pinturas e assim, não precisará comprar um compressor.

Com os azulejos já preparados, chega à hora de passar aquela imagem escolhida para eles.
Com os azulejos já preparados, chega à hora de passar aquela
imagem escolhida para eles.
Para que isso ocorra, é preciso que você faça uso da prensa térmica
(que também é usada para fazer o processo de sublimação em outros
objetos e informados em outros tópicos).

Conforme dissemos anteriormente, essas prensas térmicas existem de diversos fabricantes, com modelos, tamanhos, recursos e preços variados, mas que no final das contas, fazem o mesmo processo.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

21

- Como fazer:

Já sabendo de todos os procedimentos, aquela imagem que você escolheu, tratou e imprimiu com as tintas sublimáticas e de forma espelhada, é agora colocada com a parte impressa diretamente sobre o azulejo onde a camada de poliéster foi aplicada e então o azulejo é colocado dentro da prensa e esta é fechada, travando-a com sua alavanca. Assim que soar o alarme (com o tempo determinado previamente), solta-se a alavanca que trava a parte superior e inferior, abre o equipamento e retira-se o azulejo, deixando-o esfriar para lentamente retirar o papel impresso e não venha a danificar os trabalhos.

Com as imagens devidamente passadas para os azulejos você deverá promover mais uma demão do mesmo poliéster aplicado anteriormente e assim tenham mais durabilidade, resistência e beleza. Lembre-se de deixar secar bem e não ponha a mão enquanto o poliéster estiver úmido para não marcar a peça com suas digitais.

Lembre-se que a prensa térmica trabalha em temperaturas altíssimas, portanto deve-se trabalhar com cuidado extra
Lembre-se que a prensa térmica trabalha em temperaturas altíssimas,
portanto deve-se trabalhar com cuidado extra ao posicionar e retirar o
material na máquina. Lembre-se que os insumos encontram-se quentes
após a sublimação. Nunca se encoste à fôrma térmica enquanto ela
estiver aquecida e principalmente, mantenha as crianças longe da área de
trabalho. Não use nada áspero para eventuais limpezas, pois isso irá
danificar o trabalho realizado.
- Veja a seguir o passo a passo:

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

22

Imprime-se a imagem desejada com papel e tinta sublimática.

Imprime-se a imagem desejada com papel e tinta sublimática. Regula-se o equipamento para a temperatura de
Imprime-se a imagem desejada com papel e tinta sublimática. Regula-se o equipamento para a temperatura de

Regula-se o equipamento para a temperatura de 200º C

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

23

E o tempo para 240 segundos ( = a 4 minutos)
E o tempo para 240 segundos ( = a 4 minutos)
E o tempo para 240 segundos ( = a 4 minutos) Separa-se a imagem já impressa

Separa-se a imagem já impressa

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

24

Pega-se o azulejo já devidamente preparado com o poliéster
Pega-se o azulejo já devidamente preparado com o poliéster
Pega-se o azulejo já devidamente preparado com o poliéster PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

25

Coloca-se o azulejo sobre o transfer
Coloca-se o azulejo sobre o transfer
Coloca-se o azulejo sobre o transfer E ajusta-o à imagem. PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e

E ajusta-o à imagem.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

26

Dobram-se as pontas da impressão para a parte de dentro do azulejo
Dobram-se as pontas da impressão para a parte de dentro do
azulejo
as pontas da impressão para a parte de dentro do azulejo E prende a impressão com

E prende a impressão com fita crepe no lado oposto onde será

a impressão para que a imagem não saia do local determinado

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

27

Nos dois lados
Nos dois lados
Nos dois lados Abre-se então a parte superior do equipamento (já aquecido em 200º C). PEGASUS

Abre-se então a parte superior do equipamento (já aquecido em 200º C).

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

28

Coloca-se o azulejo devidamente “embrulhado”com o papel impresso na face que receberá a impressão da
Coloca-se o azulejo devidamente “embrulhado”com o papel impresso na face que receberá a impressão da

Coloca-se o azulejo devidamente “embrulhado”com o papel impresso na face que receberá a impressão da tinta e voltado para a parte superior da máquina.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

29

E cobre-o com dois pedaços de tecido fino, para não queimar a impressão. (Obs: entre
E cobre-o com dois pedaços de tecido fino, para não queimar a
impressão. (Obs: entre o azulejo e a parte inferior da máquina
possui uma camada de espuma que ajuda a proteger o azulejo
de eventuais quebras).
que ajuda a proteger o azulejo de eventuais quebras). Note o azulejo coberto com o tecido

Note o azulejo coberto com o tecido fino, totalmente pronto para receber a máquina ser fechada e receber a impressão.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

30

Com a máquina já aquecida nos 200ºC, chega hora de fechar o equipamento.
Com a máquina já aquecida nos 200ºC, chega hora de fechar o
equipamento.
aquecida nos 200ºC, chega hora de fechar o equipamento. PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

31

Baixa-se a alavanca PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008
Baixa-se a alavanca PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008

Baixa-se a alavanca

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

32

Até travar o equipamento
Até travar o equipamento
Até travar o equipamento E então, a máquina inicie a contagem regressiva do tempo determinado (nesse

E então, a máquina inicie a contagem regressiva do tempo determinado (nesse caso, 240 segundos = 4 minutos).

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

33

NOTA: alguns equipamentos podem ter configurações de tempo e temperatura diferentes.

podem ter configurações de tempo e temperatura diferentes. PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line
podem ter configurações de tempo e temperatura diferentes. PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

34

Assim que a máquina chegar no zero, um sinal sonoro lhe informará que o equipamento
Assim que a máquina chegar no zero, um sinal sonoro lhe
informará que o equipamento deverá ser aberto
sonoro lhe informará que o equipamento deverá ser aberto Solta-se então a alavanca que trava o

Solta-se então a alavanca que trava o equipamento

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

35

E abre-se a parte superior da máquina
E abre-se a parte superior da máquina
E abre-se a parte superior da máquina PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

36

Note como estáo tecido depois que a máquina foi aberta. Totalmente liso e sem vincos
Note como estáo tecido depois que a máquina foi aberta.
Totalmente liso e sem vincos na parte que foi prensada.

Retira-se então os dois pedaços de tecido

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

37

Tenha cuidado que o papel e o azulejo estão quentes. PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas
Tenha cuidado que o papel e o azulejo estão quentes. PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas

Tenha cuidado que o papel e o azulejo estão quentes.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

38

Com cuidado, o papel impresso será rasgado. Não precisa pressa para que a pintura não
Com cuidado, o papel impresso será rasgado.
Com cuidado, o papel impresso será rasgado.

Não precisa pressa para que a pintura não seja danificada

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

39

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos:
PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos:

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

40

Se precisar, faça uso do tecido para ajudar a segurar o azulejo e retirar o
Se precisar, faça uso do tecido para ajudar a segurar o azulejo
e retirar o resto do papel transfer.
a segurar o azulejo e retirar o resto do papel transfer. PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

41

Ao final, tem-se o azulejo totalmente personalizado. Com as imagens devidamente passadas para os azulejos
Ao final, tem-se o azulejo totalmente personalizado.
Com as imagens devidamente passadas para os azulejos você
deverá promover mais uma demão do mesmo poliéster aplicado
anteriormente e assim tenham mais durabilidade, resistência e beleza.
Principalmente se estes forem ficar expostos ao tempo, como é o caso de
azulejos para lápides.

Lembre-se de deixar secar bem e não ponha a mão enquanto o poliéster estiver úmido para não marcar a peça com suas digitais.

NOTA: Esse tempo de aproximadamente 4 minutos e até mesmo a operação da máquina pode variar em função de fabricante e potencia, mas eles mesmos encarregam-se de ensinar através do manual de operação o funcionamento correto de seus equipamentos.

PRATOS DE PORCELANA

Os procedimentos são exatamente iguais aos azulejos, diferenciando somente o tipo de equipamento usado pois este tem a parte superior da fôrma arredondada.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

42

Prensa para pratos da Rimac
Prensa para pratos da Rimac
Prensa para pratos da Rimac Observe o formato e tamanho da parte superior da prensa (sobre

Observe o formato e tamanho da parte superior da prensa (sobre o prato)

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

43

Mouse Pad

Mouse Pad Pode ser usada a mesma prensa das camisas e o procedimento também é similar.

Pode ser usada a mesma prensa das camisas e o procedimento também é similar. Nos fornecedores de equipamentos e insumos se vende os materiais usados para sua confecção e no verso do produto, também contém mais instruções.

Personalizando quebra cabeças
Personalizando quebra cabeças

Modo de aplicação:

Usa-se duas placas de metal (não sublimáticas) como material adicional. Uma será colocada por baixo, como base, e outra será colocada por cima depois da prensagem.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

44

Regula-se a prensa para a temperatura de 200º e com o tempo de 20 segundos. Coloque uma das placas como base, por cima o quebra-cabeça e depois o transfer em modo espelhado (invertido). Prense o quebra-cabeça por 20 segundos e após retirar o papel à quente, coloque a outra placa metálica por cima e com uma luva ou um pano comprima a placa superior no transfer para que este não fique curvo ou empenado. A prensa usada é a mesma das sandálias ou camisas (reta).

Placas de alumínio

Com o processo sublimático, algumas placas de alumínio também podem receber imagens. Normalmente essas placas
Com o processo sublimático, algumas placas de alumínio também
podem receber imagens. Normalmente essas placas são usadas para
quadro de mensagens, calendários, placas indicativas para serem postas
sobre mesas, etc.
placas indicativas para serem postas sobre mesas, etc. Para fazer o processo nas placas de alumínio,

Para fazer o processo nas placas de alumínio, a imagem é preparada de modo espelhado. É preciso ter atenção quando manusear o transfer para que as impressões digitais não fiquem na imagem e comprometa o trabalho.

A temperatura de trabalho também é de 200°C e você deverá regular a máquina para uma pressão média.

Quando a máquina atingir essa temperatura, programe o time para 150 segundos e na parte inferior da forma você deverá colocar papel Kraft (algumas folhas) para que o isole da borracha de silicone e evite manchas inclusive, se o papel manchar após fazer algumas impressões substitua- o, para então colocar a placa de alumínio sobre o papel e depois colocar o transfer sobre a placa na forma correta. Com a figura sobre a placa, coloque um fino pedaço de tecido de poliéster sobre o transfer para então fechar e travar a prensa, esperando que o aviso sonoro indique o término.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

45

Disparado o alarme, abra a máquina e retire o papel do transfer “à quente”.

As placas de alumínio, já prontas para impressão são vendidas em lojas que vendem os insumos, com tamanhos variados. Verifique na empresa Art Hot. ( http://www.arthot.com.br/index1.html )

Personalizando canetas

) Personalizando canetas Para fazer a personalização de canetas, existe uma
Para fazer a personalização de canetas, existe uma máquina específica para isso, mas o processo
Para fazer a personalização de canetas, existe uma máquina
específica para isso, mas o processo pode ser o mesmo. Existe um papel
transfer exclusivo para o caso das canetas.
A máquina também funciona à quente, tem termostato eletrônico e
temporizador que avisa dando um sinal sonoro de que está pronto. É
indicado que seja utilizada uma impressora a laser que tenha óleo de
silicone na fusão para imprimir o papel transfer.

Basicamente, imprime-se o papel transfer específico para as personalizações em canetas, da mesma maneira que o informado anteriormente (imagem espelhada) recorta o tamanho desejado e posiciona-o no gabarito de uma das partes da máquina. Depois introduz a caneta e baixa a alavanca, aguardando o tempo informado pelo fabricante.

NOTA: Algumas máquinas podem ter pequenas diferenças nas operações de uso, tempo e temperatura, mas isso é questão de fabricantes e não altera nada nos trabalhos.

Veja abaixo duas máquinas da Nova Dampex (www.novadampex.com.br) e a forma de operação das mesmas:

MODELO: ND modular

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

46

TIPOS DE PAPÉIS DE TRANSFER: - Papel TRANSPEN: este papel pode ser impresso em copiadoras

TIPOS DE PAPÉIS DE TRANSFER:

- Papel TRANSPEN: este papel pode ser impresso em copiadoras ou impressoras à laser. -
- Papel TRANSPEN: este papel pode ser impresso em copiadoras ou
impressoras à laser.
- Papel MULTITRANS: este papel pode ser impresso em copiadoras ou
impressoras à laser.
INSTRUÇÕES PARA IMPRESSORA À LASER

Ativar a imagem espelho (invertida). Tipo de Papel: Papel pesado, papel cartão ou de acordo com as propriedades de sua impressora. Alimentação do papel: Manual. Medidas do transfer: 8cm de altura x 6cm de largura. Especificações para copiadora: as mesmas acima para impressora à laser.

REGULAGEM DA MÁQUINA DE TRANSFERÊNCIA

O tempo, a temperatura e a pressão para aplicação variam de acordo com o material a ser estampado.

IMPRESSÃO DO TRANSFER NA CANETA

1 - Recortar e posicionar o transfer no gabarito da parte superior da máquina acima da caneta.

2 - Colocar a caneta no gabarito inferior, posicionando o local a ser estampado.

3 - Abaixar a alavanca da máquina e esperar o apito sonoro para erguer.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

47

4 - Após a estampagem retirar a caneta da máquina e aguardar o

resfriamento para a retirada.

5 - É aconselhável uma cura de mais 8 segundos, sobre a imagem já estampada na caneta, com o papel fixador que deve ser retirado

depois de frio.

* De acordo com o modelo da caneta a ser estampada poderá haver mudança de temperatura e tempo de estampagem.

Fazer testes antes de iniciar a produção.

NOTA DO FABRICANTE:

* Os únicos papéis aprovados na aplicação sobre canecas são o TRANSPEN e o MULTITRANS e estes papéis só podem ser impressos em laser (não serve para impressoras jato de tinta).

MODELO: MC – 10
MODELO: MC – 10

TIPO DE PAPEL DE TRANSFER:

- Papel MULTITRANS: este papel pode ser impresso em copiadoras ou impressoras à laser.

INSTRUÇÕES PARA IMPRESSORA À LASER

Ativar a imagem espelho (invertida).

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

48

Tipo de Papel: Papel pesado, papel cartão ou de acordo com as propriedades de sua impressora. Alimentação do papel: Manual

Especificações para copiadora: as mesmas acima para impressora à laser.

REGULAGEM DA MÁQUINA DE TRANSFERÊNCIA

O tempo, a temperatura e a pressão para aplicação variam de acordo com o material a ser estampado.

IMPRESSÃO DO TRANSFER NA CANETA

1 - Recortar e posicionar o transfer no gabarito da parte superior da máquina acima da caneta.

2 – Colocar a caneta no gabarito inferior, posicionando o local a ser estampado. 3
2 – Colocar a caneta no gabarito inferior, posicionando o local a ser
estampado.
3 – Abaixar a alavanca da máquina e esperar o apito sonoro para
erguer.
4 – Após a estampagem retirar a caneta da máquina e aguardar o
resfriamento para a retirada.
5 - É aconselhável uma cura de mais 3 segundos após a retirada do
papel transfer com fixador sobre a imagem estampada.
* De acordo com o modelo da caneta a ser estampada poderá haver
mudança de temperatura e tempo de estampagem.

Fazer testes antes de iniciar a produção.

NOTA DO FABRICANTE:

*

O único papel aprovado na aplicação sobre canetas é o MULTITRANS

e

este papel só pode ser impresso em laser (não serve para

impressoras jato de tinta).

Outra alternativa para a personalização de canetas, é a máquina da Rimac (www.rimaq.com.br). Nesse fabricante você também encontrará a máquina e suprimentos e demais informações sobre o uso e o equipamento.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

49

Regulagem de tempo e temperatura PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados
Regulagem de tempo e temperatura PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados

Regulagem de tempo e temperatura

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

50

Introduzindo a caneta no gabarito da máquina para depois baixar a alavanca, fechando a parte

Introduzindo a caneta no gabarito da máquina para depois baixar a alavanca, fechando a parte superior e inferior para que ocorra o processo sublimático.

superior e inferior para que ocorra o processo sublimático. Decorrido o tempo indicado pelo fabricante, retira-se
superior e inferior para que ocorra o processo sublimático. Decorrido o tempo indicado pelo fabricante, retira-se

Decorrido o tempo indicado pelo fabricante, retira-se a caneta.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

51

A caneta finalizada. Com essas máquinas, você personaliza mais de 60% dos modelos de canetas

A caneta finalizada.

Com essas máquinas, você personaliza mais de 60% dos modelos de canetas existentes no mercado e caso a intenção seja personalizar canetas que as máquinas não estejam apropriadas para certos modelos, é possível encomendar ao próprio fabricante um gabarito específico para suas canetas.

Dessa forma, você não deixará de personalizar praticamente nenhum modelo das canetas mais usadas como brindes.

Lembrete: Todos os fabricantes de equipamentos e insumos fornecem instruções para o uso da máquina e produtos.

Personalizando vidros e cristais
Personalizando vidros e
cristais

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

52

Iremos agora ensinar-lhes como personalizar vidros e cristais

VIDROS:

Assim como nas outras personalizações, o ponto de partida para a personalização é ter uma imagem com adequação ao tamanho da peça e uma boa qualidade de impressão, pois é justamente isso que faz com tenhamos uma peça com excelente acabamento ao final dos trabalhos.

uma peça com excelente acabamento ao final dos trabalhos. Entretanto, as impressões que serão usadas nos

Entretanto, as impressões que serão usadas nos vidros podem ser feitas de forma tradicional - sem serem espelhadas - (quando a impressão será colocada atrás do vidro) ou de forma invertida – espelhada - (quando as impressões serão aplicadas na frente do vidro, por exemplo).

serão aplicadas na frente do vidro, por exemplo). Impresssão em forma espelhada Nota: Lembre-se de regular

Impresssão em forma espelhada

Nota: Lembre-se de regular a impressora para a qualidade “fotográfica” para que possa obter uma imagem com excelente qualidade.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

53

Igualmente aos outros objetos, para que um vidro ou cristal receba a estampa já impressa (estampa sublimática) é preciso que o mesmo tenha sido devidamente preparado ou tenha em sua superfície uma camada de substrato de poliéster para que as tintas impressas nos papéis sublimáticos possam aderir aos vidros e cristais que são usados no processo.

Recomendamos que compre os vidros já preparados e específicos para isso devido a complexidade de tratamento do mesmo.

Com as imagens devidamente prontas e os vidros ou cristais específicos para esse tipo de
Com as imagens devidamente prontas e os vidros ou cristais
específicos para esse tipo de trabalho em mãos, chega à hora de passar
aquela imagem escolhida e devidamente preparada, para eles.
O equipamento usado no caso dos vidros é o mesmo que é usado
para personalizar camisetas, sandálias, pratos
A prensa térmica.
A única diferença que ocorre quando do uso desse equipamento
para fazer as personalizações nos vidros é o tempo recomendado (que
também pode variar de acordo com o fabricante).
(que também pode variar de acordo com o fabricante). No caso de vidros e cristais, a

No caso de vidros e cristais, a temperatura é de 200º C e o tempo é de 190 segundos para as placas de vidros e 100 segundos para cristais

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

54

pequenos, 120 segundos para os médios e 130 segundos para os cristais de tamanhos grandes, (Podendo variar em função do fabricante. Siga informações do mesmo.)

Já sabendo de todos os procedimentos, aquela imagem que você escolheu, tratou e imprimiu com as tintas sublimáticas é agora colocada com a parte impressa diretamente na parte indicada pelo fabricante (onde recebeu o substrato) para que o equipamento seja fechado durante o tempo indicado e ocorra a transferência da tinta do papel para o objeto.

Veja a seguir o passo a passo da personalização em vidro e depois, a personalização em cristal:

Passo a passo da personalização em vidros

em cristal: • Passo a passo da personalização em vidros PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e
em cristal: • Passo a passo da personalização em vidros PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

55

Escolhe-se a imagem e faz eventuais tratamentos necessários. Imprime-se a imagem PEGASUS – Cursos, e-books,

Escolhe-se a imagem e faz eventuais tratamentos necessários.

Escolhe-se a imagem e faz eventuais tratamentos necessários. Imprime-se a imagem PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas

Imprime-se a imagem

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

56

A imagem totalmente impressa
A imagem totalmente impressa
A imagem totalmente impressa Terá o vidro sublimático colocado sobre ela ( na parte indicada pelo

Terá o vidro sublimático colocado sobre ela ( na parte indicada pelo fabricante e previamente tratada)

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

57

Ajustado a impressão do transfer ao vidro para então dobrar as lateriais do papel
Ajustado a impressão do transfer ao vidro para então dobrar as
lateriais do papel
transfer ao vidro para então dobrar as lateriais do papel Prendendo-o na placa de vidro com

Prendendo-o na placa de vidro com uma fita crepe ou do tipo durex, para que não saiam do local desejado.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

58

Prenda todos os lados como se fosse fazer um pacote. Regula-se a temperatura do equipamento
Prenda todos os lados como se fosse fazer um pacote.
Prenda todos os lados como se fosse fazer um pacote.

Regula-se a temperatura do equipamento para 200º C

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

59

E o tempo para 190 segundos (podendo o tempo e temperatura variar conforme o trabalho

E o tempo para 190 segundos (podendo o tempo e temperatura variar conforme o trabalho e/ou equipamento. Veja recomendação do fabricante).

e/ou equipamento. Veja recomendação do fabricante). Coloca-se um pedaço de feltro na parte inferior da forma

Coloca-se um pedaço de feltro na parte inferior da forma do equipamento

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

60

E uma ou duas folhas de papel sobre o feltro (use papel kraft)
E uma ou duas folhas de papel sobre o feltro (use papel kraft)
uma ou duas folhas de papel sobre o feltro (use papel kraft) Pegas-se o vidro devidamente

Pegas-se o vidro devidamente “embrulhado” para ser colocado no equipamento

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

61

Com a a folha de impressão voltada para a parte superior da forma do equipamento
Com a a folha de impressão voltada para a parte superior da
forma do equipamento
voltada para a parte superior da forma do equipamento Manuseie com cuidado para não fazer com

Manuseie com cuidado para não fazer com que a impressão saia do lugar.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

62

Cubra o vidro e a impressão com um ou dois pedaços de tecidos finos
Cubra o vidro e a impressão com um ou dois pedaços de
tecidos finos
e a impressão com um ou dois pedaços de tecidos finos PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

63

Depois que cubrir o objeto, deixe o tecido bem estirado PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas
Depois que cubrir o objeto, deixe o tecido bem estirado PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas

Depois que cubrir o objeto, deixe o tecido bem estirado

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

64

Cubra o tecido com uma ou duas folhas de papel (use o papel kraft)
Cubra o tecido com uma ou duas folhas de papel (use o papel
kraft)
tecido com uma ou duas folhas de papel (use o papel kraft) Para que não danifique

Para que não danifique a parte superior da forma do equipamento

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

65

Para então fechar a parte superior da máquina
Para então fechar a parte superior da máquina
Para então fechar a parte superior da máquina Prensando o vidro e a impressão PEGASUS –

Prensando o vidro e a impressão

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

66

Até que a máquina fique travavada E inicie uma contagem regressiva do tempo determinado PEGASUS
Até que a máquina fique travavada
Até que a máquina fique travavada

E inicie uma contagem regressiva do tempo determinado

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

67

Até que chegue a zero. Quando isso ocorrer um sinal sonoro do equipamento irá soar
Até que chegue a zero. Quando isso ocorrer um sinal sonoro do equipamento irá soar

Até que chegue a zero. Quando isso ocorrer um sinal sonoro do equipamento irá soar

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

68

Indicando que a máquina deve ser destravada e aberta
Indicando que a máquina deve ser destravada e aberta
Indicando que a máquina deve ser destravada e aberta PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

69

Para retirar papel superior
Para retirar papel superior
Para retirar papel superior Que cobria o tecido PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line

Que cobria o tecido

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

70

E depois o tecido que cobria o objeto
E depois o tecido que cobria o objeto
E depois o tecido que cobria o objeto PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

71

Deixando que o papel e o vidro esfriem um pouco.
Deixando que o papel e o vidro esfriem um pouco.
Deixando que o papel e o vidro esfriem um pouco. Para então iniciar a etapa de

Para então iniciar a etapa de retirada do papel transfer, fazendo rasgos na folha.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

72

Não precisa pressa
Não precisa pressa
Não precisa pressa Para que não danifique ou estrague a personalização no vidro. PEGASUS – Cursos,

Para que não danifique ou estrague a personalização no vidro.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

73

Levante o vidro PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008
Levante o vidro PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008

Levante o vidro

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

74

Pra retirar o restante do papel transfer
Pra retirar o restante do papel transfer
Pra retirar o restante do papel transfer PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

75

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos:
PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos:

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

76

Retire o papel com cuidado, sempre observando se o mesmonão está “colado” em alguma parte
Retire o papel com cuidado, sempre observando se o
mesmonão está “colado” em alguma parte do vidro.
se o mesmonão está “colado” em alguma parte do vidro. PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

77

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos:
PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos:

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

78

E no final, tem-se o vidro totalmente personalizado com a imagem desejada. CRISTAIS
E no final, tem-se o vidro totalmente personalizado com a
imagem desejada.
CRISTAIS
totalmente personalizado com a imagem desejada. CRISTAIS Basicamente a personalização é a mesma, diferenciando

Basicamente a personalização é a mesma, diferenciando somente no tempo.

No caso de cristais pequenos 100 segundos, tamanhos médios 120 segundos e os cristais maiores 130 segundos, à 200º C (sabendo que pode haver diferenças entre fabricantes diferentes).

Veja o passo a passo da personalização em cristal:

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

79

A imagem pronta
A imagem pronta
A imagem pronta PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 –

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

80

O cristal é colocado sobre a imagem ( no local indicado pelo vendedor do crista).
O cristal é colocado sobre a imagem ( no local indicado pelo
vendedor do crista).
a imagem ( no local indicado pelo vendedor do crista). PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

81

Ajusta-se cristal à imagem impressa no transfer
Ajusta-se cristal à imagem impressa no transfer
Ajusta-se cristal à imagem impressa no transfer Dobrando a parte excedente do papel transfer PEGASUS –

Dobrando a parte excedente do papel transfer

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

82

Para ser presa com fita tipo crepe ou durex
Para ser presa com fita tipo crepe ou durex
Para ser presa com fita tipo crepe ou durex Em todas as laterais PEGASUS – Cursos,

Em todas as laterais

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

83

Veja como ficou o papel preso e ajustado ao cristal. Depois o cristal devidamente “embrulhado”
Veja como ficou o papel preso e ajustado ao cristal.
Veja como ficou o papel preso e ajustado ao cristal.

Depois o cristal devidamente “embrulhado” é colocado sobre uma espuma, dentro da prensa elétrica.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

84

Cobre-se o cristal e o papel transfer com uma ou duas folhas de pepel
Cobre-se o cristal e o papel transfer com uma ou duas folhas
de pepel
cristal e o papel transfer com uma ou duas folhas de pepel Para depois iniciar o

Para depois iniciar o processo de fechamento da máquina.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

85

Assim que chegar na posição correta PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos
Assim que chegar na posição correta PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos

Assim que chegar na posição correta

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

86

Baixe a alavanca
Baixe a alavanca
Baixe a alavanca PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 –

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

87

Até que a máquina fique travada e inicíe a contagem regressiva
Até que a máquina fique travada e inicíe a contagem regressiva
que a máquina fique travada e inicíe a contagem regressiva Até finalizar o tempo e o

Até finalizar o tempo e o sinal sonoro avise

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

88

Que o equipamento deverá ser aberto
Que o equipamento deverá ser aberto
Que o equipamento deverá ser aberto Para ser retirado o papel que protegia a parte superior

Para ser retirado o papel que protegia a parte superior da forma e o papel transfer preso ao cristal.

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

89

Começa-se então, a retirar o papel transfer do cristal PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e
Começa-se então, a retirar o papel transfer do cristal PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e

Começa-se então, a retirar o papel transfer do cristal

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

90

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos:
PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos:

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

91

E ao final, tem-se um cristal personalizado PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line
E ao final, tem-se um cristal personalizado PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line

E ao final, tem-se um cristal personalizado

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

92

Aqui, o cristal com iluminação ao fundo Vidros e Cristais para sublimação
Aqui, o cristal com iluminação ao fundo
Vidros e Cristais para sublimação
iluminação ao fundo Vidros e Cristais para sublimação Os vidros para esses trabalhos você poderá comprar

Os vidros para esses trabalhos você poderá comprar através da Metalnox. Entre em contato por telefone ou através do site desse vendedor: www.metalnox.com.br Trata-se de uma empresa com mais de 25 anos de mercado e possui uma variedade muito grande de equipamentos e suprimentos.

uma variedade muito grande de equipamentos e suprimentos. PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

93

Transfer pronto
Transfer pronto

Uma alternativa para quem pretende abrir uma loja ou mesmo ter mais variedade é comprar o transfer já pronto. Algumas empresas que trabalham com venda de suprimentos também oferecem esses produtos em embalagens com várias unidades e inúmeros modelos; com modelos, tamanhos e formas variadas. Não é coisa cara. Entre nesse site http://www.arthot.com.br/index1.html e encontrará mais de uma centena de modelos.

e encontrará mais de uma centena de modelos. PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line
e encontrará mais de uma centena de modelos. PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line
e encontrará mais de uma centena de modelos. PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

94

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos:
PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos:
PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos:
PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos:
PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos:
PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos:
PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos:
PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos:
PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos:
PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos:
PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos:

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

95

O sistema Bulk ink Sistema BULK INK acoplado a impressora. Os sistemas bulk ink, é
O sistema Bulk ink Sistema BULK INK acoplado a impressora. Os sistemas bulk ink, é
O sistema Bulk ink Sistema BULK INK acoplado a impressora. Os sistemas bulk ink, é
O sistema Bulk ink Sistema BULK INK acoplado a impressora. Os sistemas bulk ink, é
O sistema Bulk ink Sistema BULK INK acoplado a impressora. Os sistemas bulk ink, é
O sistema Bulk ink
O sistema Bulk ink
O sistema Bulk ink Sistema BULK INK acoplado a impressora. Os sistemas bulk ink, é uma

Sistema BULK INK acoplado a impressora.

Os sistemas bulk ink, é uma alternativa economicamente viável para quem irá fazer muitas impressões, pois como os cartuchos são acoplados

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

96

do lado de fora da impressora, além de poderem receber mais tintas e ficarem visíveis, você mesmo poderá fazer a recarga das tintas facilmente comprando-as diretamente nos fornecedores e evitando assim ter de encher os cartuchos em empresas especializadas. Esses sistemas podem ser acoplados para vários fabricantes de impressoras todavia, as impressoras indicadas para fazer os transfers são as da marca Epson (a impressora C110 é muito boa). Existem no mercado diversos vendedores e fabricantes desses sistemas.

Tintas sublimáticas

e fabricantes desses sistemas. Tintas sublimáticas São tintas especificamente destinadas para esses tipos de
e fabricantes desses sistemas. Tintas sublimáticas São tintas especificamente destinadas para esses tipos de

São tintas especificamente destinadas para esses tipos de trabalhos, devido suas qualidades técnicas. Também são encontradas facilmente nos fornecedores de equipamentos e insumos, em embalagens com quantidades variadas (100, 250, 500 ml) e vendidas em cores, individualmente.

Mercado

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

97

É vasto o campo de atuação dos produtos acabados. O que irá diferenciar os serviços
É vasto o campo de atuação dos produtos acabados. O que irá diferenciar os serviços
É vasto o campo de atuação dos produtos acabados. O que irá diferenciar os serviços

É vasto o campo de atuação dos produtos acabados. O que irá diferenciar os serviços é a qualidade do produto, tempo de entrega e o preço também. É possível trabalhar com a sublimação de forma formal ou informalmente. Para aquelas pessoas que estão iniciando, recomendamos que inicie de uma maneira informal, fazendo um mostruário dos produtos que podem produzir e os divulguem com amigos, na internet, em classificados, colégios, empresas que vendem produtos para festas, lojas de artesanatos ou de produtos personalizados, em pequenas lojas de bairro, etc. Mesmo trabalhando de maneira informal você poderá fazer excelentes negócios, pois quem trabalha com personalizações sabe que é comum quando efetua-se uma venda, ser estas em boas quantidades. Para quem dispõe de um maior capital, poderá montar uma pequena loja ou mesmo um kiosqui em shoppings, rodoviárias, aeroportos, locais de grande rotatividade de pessoas. Um empreendimento assim, além de se vender o produto por um preço mais caro no varejo permite fazer a captação de serviços em maiores quantidades e agregados a outros tipos de personalizações. Para a compra de materiais, equipamentos e insumos, em uma rápida busca na internet você encontrará os produtos e equipamentos disponíveis, para equipamentos e suprimentos.

equipamentos disponíveis, para equipamentos e suprimentos. Links úteis: PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e

Links úteis:

disponíveis, para equipamentos e suprimentos. Links úteis: PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

98

http://forum.wmonline.com.br

www.oserigrafico.com.br

Links de fornecedores:

www.metalnox.com.br www.quinprint.com.br www.estampariabrasil.com.br www.centerform.com.br
www.metalnox.com.br
www.quinprint.com.br
www.estampariabrasil.com.br
www.centerform.com.br

www.arthot.com.br

http://maquinasdetransfer.com.br/

http://www.compactaprint.com.br/

www.tintasparacartuchos.com

www.rimaq.com.br

www.novadampex.com.br

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

99

PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DESTA APOSTILA

Criação, pesquisa e elaboração Equipe Pegasus
Criação, pesquisa e elaboração
Equipe Pegasus

2008

Conheçam outros que dispomos acessando nosso site WWW.CURSOSPEGASUS.COM.BR

PEGASUS – Cursos, e-books, apostilas e manuais on-line Direitos Reservados – 2008 – Contatos: pegasus-net@hotmail.com

100