Você está na página 1de 1

Consertando o Procedimento

1. Joo das Neves tomou conhecimento do contedo de um edital da Administrao Municipal de Mafra/SC, no ual constava ue somente pessoas com domic!lio em Santa Catarina poderiam participar do certame. "# $ssa e%i&'ncia no ( le&al, pois fere o princ!pio da competitividade e isonomia, o Joo pode at( impu&nar o edital.
2. O Municpio de Londrina/PR publicou um edital com vistas contratao de uma empresa para a construo de um hospital. Para a aquisio do edital as empresas devero pagar R$ 10.000,00 (dez mil reais).

o custo do edital deve ser limitado ao custo efetivo, essa atiutde fere os princpios da legalidade, isonomia e competitividade.
Na lei de licitaes e contratos 2. O Municpio de Londrina/PR publicou um edital com vistas contratao de uma empresa para a construo de um hospital. Para a aquisio do edital as empresas devero pagar R$ 10.000,00 (dez mil reais). 3. O Municpio de Recife/PE publicou edital para a contratao de empresa especializada em obras e servios de engenharia. No edital exigiu que os licitantes, para demonstrarem a capacidade tcnica, devero comprovar que um dos engenheiros possui especializao na Europa. 4. O Municpio de Porto Alegre/RS pretende construir novas caladas nas ruas da cidade. Para tanto publicou edital para a contratao de empresa de engenharia especializada, exigindo na habilitao que a empresa comprove que proprietria dos equipamentos e mquinas que ir utilizar. 5. O Municpio de Foz do Iguau/PR publicou edital para a contratao de empresa especializada em servios grficos. Exigiu na habilitao que os documentos sejam apresentados Comisso somente em original. Os documentos originais podero ser apresentados em original e fotocopia autenticada.o TCU admite que a certides sejam retiradas da Internet 6. O Municpio de Rio de Janeiro/RJ publicou edital para a contratao de servios de limpeza e conservao dos imveis pblicos. No edital, item habilitao, consta que a Comisso de Licitao poder exigir outros documentos alm dos elencados nos artigos 28 a 31 da Lei n 8.666/93. A Administrao no pode exigir outro documento, somente o que est no rol de documentos. Essa atitude fere o prncipio da legalidade. REFERNCIA BIBLIOGRFICA FONSECA, Luciae Schulz. Licitaes. 2ed. - Cuiab: EdUFMT, 2010. 136p.

Você também pode gostar